V Olhar de Cinema em Curitiba – Os Premiados
jun21

V Olhar de Cinema em Curitiba – Os Premiados

16 de junho de 2016 Com uma seleção de filmes instigantes, que só contou com títulos inéditos no brasil, o festival internacional de Curitiba se reafirmou como uma das mais importantes vitrines do cinema independente no país. Dirigido por José Luís Torres Leiva, o longa-metragem chileno O VENTO SABE QUE VOLTO À CASA, que fala sobre a filmagem de um desaparecimento 32 anos depois, foi escolhido como o melhor filme da mostra...

Read More
Porra, Man, No V Olhar de Cinema em Curitiba
jun14

Porra, Man, No V Olhar de Cinema em Curitiba

Diretamente de Curitiba, nosso correspondente Diogo Berni comenta sobre os filmes que está assistindo no V Olhar de Cinema.  Passos (Kroki) De Karolina Zaleszczuk, Polônia, 2015. Por vezes um empurrão na vida pode ser deveras exagerado e consequentemente desastroso. O que acontece nesta obra polonesa é mais ou menos isso, mas vamos aos fatos, pois com eles meus argumentos serão desnecessários, ou não. Crítico de cinema (deve) ser frio...

Read More
Amores Inversos
jun06

Amores Inversos

Amores Inversos, dirigido pela Liza Johnson com Kristen Wiig e Guy Pearce , EUA, 2013. Não sei por que o filme não foi bem recebido pela crítica e “para variar” discordo da maioria da classe e dou no mínimo quatro estrelas ao filme, e não duas, como deram a maioria dos especialistas que tem o rabo preso aos grandes jornais e sites nacionais, caso que acarreta muitas vezes não poder escrever o que sente, mas sim o que o seu empregador...

Read More
Respire
jun05

Respire

Respire, dirigido pela estreante Mélanie Laurent, França, 2015. A melhor ilustração que podemos ter desta obra fílmica seria o jargão popular: “De quem com ferro fere, com ferro será ferido”. Entretanto seria um crítico Spoiler se mostrasse o porquê de tal jargão ser ideal para resumir o filme; E como quero que todos assistam esta obra, não contarei o seu final, apenas darei algumas opiniões para motivá-los. Seguinte: Hipocrisia de...

Read More
O Amor é estranho
maio19

O Amor é estranho

O Amor é estranho, dirigido e roteirizado pelo virtuoso Ira Sachs , EUA, França, 2014. Tenho para mim que os filmes vistos em festivais de cinema nem se quer se dão o trabalho de esperar que estes venham para o circuito comercial, pois como estes ganham os principais editais cinéfilos dos seus países e regiões, tais seletos filmes se sustentam pela grana dos editais, pois suas obras têm, uma forma mais comprometida com a sétima arte,...

Read More