Crítica | Watchmen 1×05 – Little Fear of Lightning

Até quem não está gostando tanto de Watchmen aprovou Little Fear of Lightning, o quinto episódio desse seriado comandado por Damon Lindelof. Alguns até exaltaram a experiência de forma efusiva dizendo tratar-se da melhor coisa na TV em 2019.

Bom, permitam-me nadar contra a corrente. Apesar da óbvia qualidade técnica, da trilha sonora escolhida a dedo e da competente atuação de Tim Blake Nelson, em nenhum momento do episódio me senti realmente investido na história e o final ficou longe de me impressionar.

O episódio é todo centrado em Looking Glass – o seu passado, seus traumas e sua importância no caso do chefe Crawford. Quem leu a HQ vai rapidamente se localizar nas primeiras cenas. Acompanhamos o momento chave do plano de Adrian Veidt na perspectiva de Looking Glass. Ele foi um dos que escaparam, mas esse acontecimento chocante vai influenciar negativamente a toda sua vida. E isso é algo natural, afinal uma LULA gigante alienígena foi responsável por eliminar metade da cidade de Nova York. Mas será que foi isso mesmo que ocorreu?

Ao seguir uma pista da Sétima Kavalaria ele vai dar no meio do esconderijo deles e aí a maneira como ele vê o mundo será alterada. Agora ele sabe que a lula gigante foi um plano de Veidt. Nada de aliens. Isso tem um impacto tremendo para Looking Glass que então decide entregar Angela.

Se você sente uma conexão com o personagem de Looking Glass as chances de gostar do episódio são boas. Particularmente, ainda não vi o apelo relacionado a ele. Os diálogos por vezes expositivos, a monotonia para chegar em um ponto supostamente surpreendente e um cliffhanger meio forçado me impediram de achar o episódio nada mais do que regular, assim como o seriado como um todo até agora.


Related Posts with Thumbnails

Author: brauns

Um despretensioso comentarista de filmes e seriados. Fã de Kubrick, Spielberg e Kurosawa, nomes que me ajudaram a perceber o enorme potencial do cinema.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.