Crítica | Watchmen: 1×03 – She Was Killed By Space Junk

Este She Was Killed By Space Junk foi o melhor episódio de Watchmen até o momento e foi mais um indício de que o seriado está seguindo na direção certa, apesar de muita coisa ainda não estar clara. Que bom, eu diria. Afinal, mistérios de qualidade costumam ter a capacidade de deixar o público realmente investido em uma história.

Desta vez senti que estamos mesmo no mundo de Watchmen. Obviamente, a presença de Laurie foi essencial para isso. Considerando o que conhecíamos dela na HQ, percebemos que ela evoluiu bastante como pessoa. Está mais segura, decidida e inteligente. Só confesso que ainda não consegui entender os motivos que a levaram a assumir o nome do pai. Quem leu a HQ sabe que isso é um tanto estranho considerando quem foi o pai dela.

O fato é que ela faz parte de uma divisão da policia responsável por prender todo e qualquer vigilante. E como ficou evidente na sequência do banco ela não está para brincadeira. Mas convenhamos que a maneira que usaram para enganar o herói fantasiado foi bem sacana. Ele só queria defender os outros e vai acabar atrás das grades.

Laurie foi responsável por cenas engraçadas neste episódio, como quando ela faz uma referência ao Dr. Manhattan e sua mania de andar com o bilau azul de fora. Isso sem falar quando ela tirou da bolsa um enorme e obviamente azulado dildo para relaxar após um dia estressante.

E parece que em breve vamos ver o Dr. Manhattan ou foi isso que o a cena final deu a entender. Ele está por perto.

Laurie recebeu a missão de ajudar a polícia de Tulsa na busca pelo assassino do chefe Crawford. E ela já notou várias coisas estranhas relacionadas a morte dele, como a presença de marcas de uma cadeira de rodas no local do crime. Para descobrir mais ela iria exumar o corpo, mas um atentado a bomba no enterro tirou qualquer chance disso acontecer.

Pode ser um tanto difícil que Laurie e Angela se unam nessa investigação, mas acredito que isso irá ocorrer de alguma forma.

E Adrian Veidt segue como um dos grandes mistérios deste Watchmen. Ele continua com suas invenções, mas estamos longe de saber o que ele pretende. Ele é considerado o homem mais inteligente do mundo e mesmo assim parece que existe alguém capaz de dominá-lo. Será mesmo?

She Was Killed By Space Junk nos apresentou a uma personagem original que já me conquistou, ofereceu momentos de humor eficiente e deu mais nuances para a intrigante trama principal.

Agora sim, empolgou!

Related Posts with Thumbnails

Author: brauns

Um despretensioso comentarista de filmes e seriados. Fã de Kubrick, Spielberg e Kurosawa, nomes que me ajudaram a perceber o enorme potencial do cinema.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.