Crítica | Ford vs Ferrari

Em tempos em que os maiores lançamentos do cinema são reboots ou blockbusters prontos para infinitas continuações, “Ford vs Ferrari” chega correndo por fora e entrega uma experiência interessante e recompensadora para aqueles que vão ao cinema. Pode até não ter tanto apelo quanto os outros grandes lançamentos, mas as boas atuações, a história bem contada (e fechada em si) e a direção acertada, juntas, trazem emoção, diversão e dramaticidade na medida certa.

A trama se passa em meados da década de 60 onde conhecemos Carrol Shelby (Matt Damon, Elysium). Ex-piloto, ele se torna projetista de carros para tentar levar a Ford a fazer frente com a Ferrari nas famosas 24 horas de Le Mans. Em meio às inconvenientes interferências corporativas, Shelby entende que só existe um piloto capaz de realizar esse feito, Ken Miles (Christian Bale, Trapaça) que é uma pessoa bastante difícil de lidar.

Vroooommmmm

Ford vs Ferrari marca a terceira parceria entre os atores Matt Damon e Christan Bale e isso fica evidenciado em tela. A química entre os dois rendem bons momentos e ajuda a contar a história de maneira bastante crível. Cada um deles possui seus próprios demônios a serem combatidos e essa jornada já é, por si só, interessante. Méritos para os atores mas também para James Mangold (Logan), que soube dirigir muito bem o elenco.

Só que de fato o que realmente contagia são as cenas de corrida. A forma como tudo é orquestrado e montado é impressionante. Som, imagem e atuações, juntas, nos levam a sentir como se estivéssemos dentro dos carros. Cada acelerada, cada frenagem e, principalmente, cada troca de marcha nos transportam para as curvas e retas que vão surgindo à frente dos protagonistas.

Não é um filme imperdível, é verdade, mas Ford vs Ferrari não decepciona. Por mais que alguns coadjuvantes pareçam estar atuando no automático e o roteiro não seja nenhuma obra prima da sétima arte, a história tem o seu charme e também a carga dramática necessária para prender sua atenção por mais de 2 horas. E isso, por si só, já é um grande feito em tempos em que foco e atenção já parecem coisas do passado.


3 de 5 Controles

Ford vs Ferrari (Ford v Ferrari)

Direção: James Mangold
Roteiro:
 Jez Butterworth, John-Henry Butterworth e Jason Keller
Elenco: Christian Bale, Matt Damon, Caitriona Balfe, Jon Bernthal, Noah Jupe, Tracy Letts e Josh Lucas
Gênero: Ação, Biografia, Drama
Ano: 2019
Duração: 152 minutos

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

2 Comments

  1. um diretor responsável por um filem do calibre de Logan merece meu respeito. este parece ser uma experiência agradável, ainda mais para quem gosta de automobilismo. e a dupla matt damon e christian bale chama a atenção.

    de qq forma, devo esperar um meio alternativo pra assistir.

    Post a Reply
  2. Não é um filme urgente ou necessário mesmo, mas acho que ele é um respiro em meio ao que o cinema tem oferecido ultimamente.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.