Minions

Os Minions são divertidos, fofos, atrapalhados e adoram bananas. Apresentados como coadjuvantes dos filmes ‘Meu Malvado Favorito‘ (1 e 2), chegou a vez dos pequenos amarelinhos ganharem o seu próprio filme solo. Que eles eram engraçados todos já sabiam, mas a grande questão é se eles tinham mesmo condições de dar conta do recado em uma aventura própria e a verdade é que, mesmo sendo um animação que vai claramente perdendo sua força à medida que vai avançando, o carisma que eles carregam transforma a aventura deles em busca de um grande vilão para servirem em algo prazeroso de se assistir.

minions-2015

A trama acompanha os Minions desde o início de sua existência até o ano de 1968 na Inglaterra quando finalmente parecem ter encontrado uma grande vilã para servirem, a Scarlett Overkill (que no Brasil ganhou uma boa dublagem da Adriana Esteves). Para agradar a sua nova mestra, Stuart, Kevin e Bob vão atrás de roubar a coroa da rainha Elizabeth sem saber em que enrascada eles estão se metendo.

O início do filme, que já foi praticamente todo contando nos trailers, é muito bom e bastante divertido, mas infelizmente o roteiro não é tão acertado e nem consegue manter um bom ritmo até o desfecho da história. Os Minions acabam se valendo, na maior parte do tempo, de trapalhadas e confusões que devem agradar mais em cheio os pequeninos do que de situações mais inteligentes e que sirvam para agradar diversas idades, algo que outras animações concorrentes já vem fazendo tão bem nos últimos tempos.

O que não falta aqui são momentos de muita fofura, principalmente quando envolve o jeito peculiar que eles usam para se comunicar e se relacionar com os demais personagens, sejam grandes figuras públicas britânicas, inimigos ou até mesmo um ratinho de esgoto.

minions overkill

Ainda que esteja um pouco aquém de outras animações mais inspiradas, Minions traz alguns momentos bem divertidos e algumas boas sacadas envolvendo alguns costumes ingleses e algumas referências à cultura pop mundial. Para completar o pacote ainda temos a melhor coisa dessa produção, a sua trilha sonora Rock´n´Roll que vai do The Doors aos Beatles enquanto os amarelinhos estão aprontando altas confusões do barulho. Não é imperdível, mas no geral é até divertido e capaz de arrancar alguns risos até mesmo dos que envelheceram cedo demais para achar graça de algumas bobagens inofensivas.

***

  1. O diretor Pierre Coffin fez a voz de todos os 899 Minions do filme.
  2. O Minion Bob possui Heterochromia Iridium, traduzindo, ele tem uma mutação genética que o faz ter os 2 olhos em cores diferentes.
  3. Agradecimentos especiais a Amanda do CinePipocaCult por ter disponibilizado convites para as crianças soteropolitanas assistirem ao filme.

minions posterMinions (2015 – 91 min)
Animação, Comédia

Dirigido por Kyle Balda e Pierre Coffin com roteiro de Bryan Lynch. Vozes (no original): Pierro Coffin, Sandra Bullock, Jom Hamm, Michael Keaton, Allison Janney, Steve Coogan, Jennifer Saunders, Geoffrey Rush e Steve Carell.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

10 Comments

  1. Vou ver se consigo assistir só porque tem cópia legendada aqui em Brasília, mas não sei se vou conseguir ver ainda essa semana. Aí se sair de cartaz a sessão legendada já era. hehehehe

    Post a Reply
    • Esse filme é o que a dublagem menos incomoda, primeiro porque os Minions possuem o seu próprio dialeto e sobra pouca coisa a ser “dublada” e segundo porque a principal vilã ganhou uma boa dublagem da Adriana Esteves.

      Ficou boa mesmo.

      Post a Reply
  2. O link das crianças soteropolitanas foi o melhor, rsrsrs. Disponha. 😉

    É isso que falei, o filme é divertido, a trilha é mesmo ponto alto. Mas, acho que a narrativa se perde no meio. De qualquer maneira, vale a brincadeira.

    Post a Reply
    • Vale sim a brincadeira, ainda mais indo em grupo hehehe

      Post a Reply
  3. Não me surpreendeu. Já esperava que ficasse devendo no filme solo, haja vista a palhinha dada no segundo Meu Malvado Favorito no qual eles ganham mais espaço e o filme decai um pouco frente ao primeiro justamente por causa disso.

    É legalzinho e fica por aí. A trilha realmente eleva o nível um pouco.

    Post a Reply
    • O Meu Malvado eu só vi o primeiro pra falar a verdade.

      Post a Reply
  4. ri bastante no trailer, mas suspeitei que o roteiro não seria dos melhores!

    de qualquer forma, cumpre bem o papel e a trilha é um belo bônus.

    ps: deu boa a foto hahah

    Post a Reply
    • Valeu pela trilha sonora e pela reunião da galera que gerou essa foto e outras mais hahaha

      Post a Reply
  5. Então Marcio nunca assisti um filme desses minions, vou ver se pego um dia para ver. E o Wxterminador não vai assistir? Eu vi ontem e achei muito bom muito melhor que o de 2009, acho que você vai gostar bastante.

    Post a Reply
    • Ainda não consegui ver, mas pelo visto parece ser divertido mesmo o Exterminador.

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.