Z Nation, a melhor pior série de Zumbi

Existem algumas coisas que são tão ruins e tão ridículas que acabam se tornando extremamente divertidas a depender do ângulo que você encare. A série Z Nation se enquadra exatamente no contexto que os americanos adoram chamar de “guilty pleasure“, ou como é chamado por aqui “prazer culpado“. É um seriado tão absurdo, tão trash e tão Classe B (quiçá C) que acaba sendo muito divertido.

Ambientada 3 anos após um Apocalipse Zumbi ter destruído o país, Z Nation acompanha um grupo de sobreviventes que acabam entrando numa ‘missão’ de ter que transportar um sujeito que é a chave para a cura da epidemia dos Zs de Nova York até a Califórnia, onde existe um laboratório esperando o sangue desse sobrevivente que foi testado em um experimento e não morreu após ser mastigado por 8 zumbis, ou seja, seu sangue pode ser a chave para a cura.

Waaaaaaaaaaaaaaaalllllllllltttt!!!!

A trupe!

Obviamente a série pegou carona no sucesso de “The Walking Dead”, mas ao contrário do grande show da AMC, Z Nation, que é do canal SyFy e produzida pela mesma turma que fez “Sharknado” (e tem uma piada em um episódio sensacional que se refere a este filme), segue um lado mais maroto, mais bem humorado e, claro, sem toda aquela carga dramática até porque é um apocalipse absurdo, com atores de qualidade questionável e algumas situações que são impossíveis de serem levadas a sério. São tantas que vou listar aqui algumas coisas:

  • Zumbinado – Sim, um tornado de Zumbis em que a personagem ainda faz a linda piada e diz: “Pelo menos não são tubarões“.
  • Comerciantes do Apocalipse – Tem uma turma que anda em um carro, as vezes um caminhão, vendendo artigos para matar zumbis. Logo no primeiro episódio a ruivinha do grupo compra um bastão com espetos de ferro feito de latas de cerveja. Sim, isso mesmo.
  • Festival do apocalipse – Tem um episódio que a turma vai até uma espécie de rancho com um bar no estilo velho oeste participar de um festival que, entre outras coisas, tem uma competição de tiro ao alvo com zumbis. O vencedor leva uma metranca .50!
  • Bebê zumbinado – Tem um episódio com um bebê do mochila de criança tal qual na refilmagem de “Madrugada dos Mortos” do grande Romero por Zack Snyder.
  • Possui uma própria linha cronológica do Apocalipse, as datas são ditas como “AZ” e “DZ” (antes ou depois dos Zs na versão traduzida claro)
  • Zunami – Sim, uma Tsunami de Zumbis. Uma multidão incontrolável de zumbis vem chegando prum local e são tantos que levantam uma poeira que parece uma verdadeira onda do apocalipse.
  • Zumbi chapado – Em um espiódio o Doc do grupo que é um verdadeiro coroa das dorgas, num momento de vida ou morte resolve dividir um cigarro do capeta com um zumbi. Sim, o Z fica chapado!
  • Rádio do Apocalipse – Tem um agente da NSA que fica no pólo gelado que além da missão de guiar o grupo utilizando rádios, satélites, internet e tudo mais (sim, tudo isso funciona ainda hahahha) ele resolve, geralmente no fim dos episódios, fazer um especial do apocalipse que é transmitido via rádio com direito a informativos, músicas e até dedicatórias de amor.
Uma ruiva com um bastão para explodir cabeças de Zumbis? Claro.

Uma ruiva com um bastão para explodir cabeças de Zumbis? Claro.

Estas são apenas algumas das coisas inacreditáveis (e divertidas) que o roteiro alucinado da série traz e que, devido a boa audiência que recebeu nos EUA em 2014, foi trazida para debaixo do cobertor da Netflix que inclusive já garantiu uma segunda temporada.

Sem o peso do suspense e horror de outras produções do gênero como a já citada “The Walking Dead“, Z Nation caminha numa linha complicada porque se for analisada com um pouco de sobriedade (se você tem mais de 18 anos e bebe recomendo assistir aos episódios embriagado, eles ficam ainda melhores) é um seriado bem ruim, com atores fracos, histórias sem pé nem cabeça (literalmente), motivações loucas e uma mistureba das coisas mais macarrônicas que produções B ou trash possam trazer.

A Rádio do Apocalipse

Cidadão Z

É uma merda mas é engraçada, e é isso que faz de Z Nation uma diversão leve e que vai reservar, para os que embarcarem na onda, algumas boas risadas mesmo que ofenda a quase todo o instante a inteligência de qualquer um que não seja um zumbi.

***

  1. Claro, pode ser apenas uma merda e eu estar rindo enquanto os atores e produtores estão levando tudo isso que estão fazendo a sério. Isso seria preocupante, mas tendo em vista que está nas mãos das mesmas mentes geniais que trouxeram Sharknado ao mundo…
  2. Os nomes dos episódios também são um show à parte.
  3. Um (único) ponto forte em relação à The Walking Dead, a série possui um objetivo “final”. Se vão nos enrolar por anos e nunca chegar lá, são outros 500, mas pelo menos existe um norte.
  4. Se fosse fazer uma analogia com comida, Z Nation é aquela mistureba que você faz pegando várias sobras de comidas da sua geladeira e mesmo lhe dando azia e lhe reservando um lugar no trono horas depois, é gostosa.
  5. Qual a sua série “prazer culpado“?

 

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

28 Comments

  1. com tantos seriados bons por aí e tão pouco tempo não sei se terei coragem de encarar este, apesar de ter achado alguns desses momentos que você citou bem engraçados. quem sabe um dia…

    quanto ao guilty pleasure, acho que Do Over pode se encaixar aí. http://www.imdb.com/title/tt0317364/

    Post a Reply
    • É complicado mesmo, só para desocupados mesmo. Estava de férias e aproveitei a Netflix hehehe

      Post a Reply
  2. Até fiquei com uma curiosidade mórbida, mas to com muita coisa acumulada pra assistir.

    Post a Reply
    • Tem na Netflix, quando sobrar um tempo é só dar play.

      Post a Reply
    • Pois bem, eu não vou falar muito dessa série pq estou no final da primeira temporada. Pelo que eu vi aqui nos comentários gente comparando TWD com Znation não faz nenhum sentido. O TWD se passa numa trama, ao meu ver, de enrolação, por que cada episódio que passa(Vão chegar os defensores da série mas tudo bem) eles não sabem o que fazem, ou mal se perguntam como vão parar com o apocalipse com alguma cura, só saem para matar zumbis e outros humanos. Talvez por que tem que seguir tal roteiro para “satisfazer” o público. O Z nation retrata muito bem como é durante o apocalipse ( sem enrolação) pode ser que a cada temporada fugiam um pouco do roteiro, mas tentavam nos mostrar o que estava acontecendo ali e buscavam a cura. Resumindo ( na minha opinião deveria ter continuidade), cada diretor que escreve uma série de zumbi tende-se a retratar o que aconteceria realmente num apocalipse zumbi sem enrolação ou estereótipos. Agora vamos ver no que vai sair do back Summer, que é relativamente igual ou quase igual ao Z nation.

      Post a Reply
      • Concordo Lucas.
        Até que enfim alguém que consegue enxergar com a ótica de um telespectador.
        O enredo de Z nation é bem mais coeso e coerente. Confiram e me falem.

        Post a Reply
  3. Ah, cara..nao me leve a mal. tem, coisas trashs que são lgais..tipo o filme do machete e outros do gênero, mas essa série aí é ruim demais! Tu devia estar bem encachaçado quando viu..é muito podree!

    🙁

    Post a Reply
    • Tudo depende do espírito e da proposta. Vou anotar a dica, bêbado ficará ainda melhor!

      Post a Reply
  4. Olha a primeira temporada é muito boa,e não difere de filmes em que existe zumbis modificados.O drama é muito bom,a cenas de zumbis são muito interessantes até porque nos mostra uma visão de situações diferentes.Já a segunda temporada esta um pouco mais trash mas não ruim .É claro que o tom da primeira temporada faz mais o meu gênero.Mas eu estou gostando ,talvez porque gosto muito de trash também.

    Post a Reply
    • Eu também gostei muito dela pelo tom trash, é uma série para se divertir sem se importar muito com “seriadade” e “drama”, para isso existe Walking Dead

      Post a Reply
    • Pra quem gosta de merda, essa série é quase uma fossa!

      Post a Reply
      • Existe uma diferença entre merda e trash, ela é sutil. Filmes como Sharknado são apreciados não pela profundidade, mas sim pela zueira. E acho que é isso que Z Nation abraça.

        Post a Reply
  5. olha pra falar a verdade eu gostei da originalidade do seriado, um ponto forte em relacao a twd e que os episodios nao sao “enrolados” twd ate parece DBZ kkkk quanto a internet e satelites ate faz sentido ja que estes equipamentos funcionam praticamente sozinhos, e o poder que o “salvador” esta ganhando esta deixando mais interessante ainda rsrsr

    Post a Reply
  6. Eu estou gostando da série…..apesar de alguns… Tipo: zumbi chapado pelo maconha do Doc, morri de rir daquilo..kkkse os zumbis sob efeito do viagra… Mds.

    Post a Reply
    • É isso Gabriel, a série não se leva a sério e, por isso mesmo, é divertida para quem embarca nela. Já está em qual temporada?

      Post a Reply
  7. Vai tomar no cú seu arrombado! Znation é melhor do que essa merda de the walking dead que só tem episódio com enchição de linguiça!!! E znation tem uma historia foda! Que post lixo!

    Post a Reply
    • Só se for no seu Israel 🙂

      Quanto a série, você leu mesmo o que escrevi? Acho que não né? Se leu realmente não entendeu?

      []´s

      Post a Reply
  8. kkkkkkkkkkk Z NATION é tão bom que tem nota 6 do imdb enquanto TWD tem nota 8,5. Pra quem tem um bom tempo livre da pra assistir de bom. No mais…vai de gosto mesmo.

    Post a Reply
    • Claro, eles levam em consideração os gastos com a produção. E séries de comédia tendem a não ganhar prêmios igual séries de drama.

      Ao menos Z Nation cumpre a proposta de ser uma série de comédia e ação, e não faz o que TWD faz, que é enrolar pra uma cambada de trouxa assistir e deixar os produtores ainda mais ricos.

      Post a Reply
    • O carinho nos comentários, sempre bem vindo

      Post a Reply
  9. eu assisti a série, realmente é muito diveritda de assistir, tem capitulo pra la de ciativos no sentindo comico…. agora o final foi de matar….affff

    Post a Reply
  10. TODOS MORRERAM MESMO????

    Post a Reply
  11. MANO CAGARAM O FINAL DA SERIE ,NAMORAL,TAVA MASSA ATE O ULTIMO EP PQP

    Post a Reply
  12. Eu li tudo, umas 2 vezes, porém sim a série abraça uma grande parte, digamos que “cômica”, porém é top, mtas risadas com o Doc, Cidadão Z, o Murphy e tals. Mas tipo, eu estive lendo alguns comentários e tive que comentar também, (isso que vou dizer não é para o cara que fez esse POST, são para aqueles que comentaram), só pq vc curte TWD, não quer dizer que tenha que desmerecer essa série, pode ser que a maioria dos “desocupados” curtem e assistem, eu por exemplo, trabalho pra carai e msm assim, chego em casa e vou assistir. A série realmente é boa sim, não é escrota, alguma pessoas deveriam respeitar opiniões, e fazerem críticas construtivas como o cara que postou o post fez.

    Post a Reply
  13. Algumas partes da série parece interessante, porém na grande maioria das vezes é desgastante…

    Post a Reply
    • Talvez por ser uma série muito extensa acabe dando essa sensação realmente.

      Post a Reply
  14. Sinceramente, Z Nation está melhor do que T.W.D. .
    Não vejo nenhuma incoerência na série, já que se trata de uma ficção envolvendo zumbis. Com certeza tem mais ação e suspense do que T.W.D., porque os zumbis são mais velozes, agressivos, além de possuírem zumbis de espécies diferentes.
    T.W.D. se perdeu quando o asiático Glenn morreu. Ele roubava a cena quando aparecia.Tinha mais perfil de líder do que Rick.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.