The Returned, a cópia barata de Les Revenants

A preguiça dos americanos em ler legendas em filmes ou séries é tamanha que, costumeiramente, eles preferem fazer as suas próprias versões com seus atores e sua língua máter a ter que se aventurar a acompanhar alguma produção original de outro país. A mais recente produção que segue esta máxima se chama “The Returned”, uma cópia barata da excelente série francesa “Les Revenants”.

A história acompanha os moradores de uma pequena cidade entre montanhas que é posta de ‘pernas pro ar’ quando algumas pessoas mortas no passado começam a retornar para os seus lares e suas antigas vidas como se nada a elas tivesse acontecido. Tal fato extraordinário (e assustador ao mesmo tempo) começa a trazer alguns problemas, por mais que sejam em certo ponto ótimas notícias a vida das pessoas seguiu adiante e, tanto os que ficaram quanto os que retornaram, precisarão se adaptar e entender tudo isso.

The Returned

O maior problema em “The Returned” não é simplesmente por repetir uma história já contada em “Les Revenants“, o maior problema talvez esteja no elenco onde poucos se salvam. Algumas atuações são bem ruins, ainda mais se compararmos o personagem Victor, e ele é apenas um dos vários exemplos. Alguns rostinhos conhecidos ajudam mas não salvam. Além de tudo isso, pelo menos analisando o episódio piloto, todo o clima e atmosfera da série ‘original’ – na verdade ela é por sua vez baseada em outra obra também – não são bem captados.

O grande trunfo da versão americana está mesmo na produção executiva do seriado que está a cargo de ninguém menos que Carlton Cuse, criador do fenômeno “Lost” e mais recentemente da série “Bates Motel“. Ele tem a companhia ainda do Raelle Tucker que foi um dos responsáveis por “True Blood“. O quanto isso vai influenciar positivamente a série como um todo ainda é cedo para dizer.

A partir do dia 10 de março de 2015, sempre um dia após o episódio ser exibido no canal americano A&E, semanalmente a Netflix irá disponibilizar um episódio da série. Este modelo vem sendo seguido por novas produções do canal como “Better Call Saul” e, por mais que fuja do ‘padrão’ do serviço de stream que geralmente disponibiliza toda a temporada de uma vez só, não deixa de ser interessante e ajuda a agregar mais valor a assinatura por mais que deixem ansiosos alguns usuários do serviço.

mark_pellegrino_the_returned_a_l

Talvez  os que não conhecem a aclamada série francesa que serviu como base possam se interessar e até gostar de “The Returned“, uma vez que sua premissa é instigante e os mistérios e problemas que o retorno de pessoas falecidas à suas antigas vidas trazem consigo acompanham situações e discussões muito legais, tanto no campo prático quanto no campo espiritual, mas mesmo assim, se você assistiu e se interessou por este seriado, aconselho FORTEMENTE a assistir “Les Revenants”. Não irá se arrepender.

***

  1. Assisti na Netflix quase em ‘real time’ porque estou de férias. Não é um #ad, queria eu ganhar uma assinatura vitalícia como seu Sílvio!
  2. A única vantagem que enxergo por agora em “The Returned” é a continuidade da história, uma vez que “Les Revenants” parou na primeira temporada há séculos e ainda não saiu de lá!
  3. Depois de alienígenas e da zaga do Vitória, espíritos e fantasmas são as coisas que mais me dão medo, nem sei o que faria se passasse pela mesma situação de alguns dos personagens dessa série. E você?
  4. O piloto não me deixou com uma boa sensação, mas queria a opinião de alguém que não assistiu “Les Revenants” para saber.
Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

79 Comments

    • Qual seria? Espero que não caia numa pegadinha…

      Post a Reply
      • Me refiro à mania americana de fazer remake de coisa estrangeira, não pode ver um brinquedo bom que tem que arranjar um “melhor”

        Post a Reply
        • O maior problema aqui nem é a questão do remake, que temos alguns bem feitos e interessantes por aí, mas é que sequer alteraram as cenas, é tudo uma cópia carbono barata.

          Post a Reply
  1. rapaz, fiquei bastante interessado em ir atrás da original ‘Les Revenants’… mas esse lance de não ter conclusão não me animou muito. é uma temporada com 8 episódios e só?

    Post a Reply
    • Não é que não vai ter conclusão, ainda não teve mas supostamente vai sair esse ano ainda a 2º temporada da série francesa 🙂

      Post a Reply
      • A segunda temporada da série original, Les revenants, está sendo gravada e tem data prevista para estréia no segundo semestre deste ano. Assisti aos oito episódios da primeira temporada, e recomendo, com certeza, a quem interessar assistir. Ainda não assisti The returnet, mas depois de ler seu texto, confesso que fiquei com vontade, nem que seja apenas para uma comparação, embora duvido que será melhor, ou mesmo, tão boa quanto.

        Post a Reply
        • Vale a pena dar uma conferida em The Returned, nem que seja para passar o tempo até a segunda temporada de Les Revenants ser finalmente lançada.

          Só não posso garantir que vá gostar do que verá…

          Post a Reply
    • Les Revenants é muito melhor. Dá medo, tensão. Já a americana nem medo dá. Sem contar a trilha sonora de Les Revenants que é maravilhosa e uma das músicas dá até arrepios

      Post a Reply
      • Realmente Keila, The Returned na verdade tem uma vibe mais comercial.

        Post a Reply
  2. Qual o nome da música que toca no início?

    Post a Reply
    • A música de abertura? Eu não sei, pior que a série tem poucas informações na web

      Post a Reply
      • É a que a menina tá ouvindo no ônibus.
        Realmente são poucas informações.

        Post a Reply
      • O nome da música é Welcome Home quem canta é Radical Face.

        Post a Reply
        • Bacana Daniel, tá complicado mesmo, a série tá no início e pelo visto pouca gente tá acompanhando.

          Post a Reply
    • Simplesmente essa série é a cópia de Les Revenants, tudo igualzinho só que pior.

      Post a Reply
  3. O que mais entristece são os atorss. Além do citado Victor, que não ta assustando ninguém que não tem mistério, Camille deveria ser rebelde e esperta, mas no remake… tadinha. Não vamos nem falam em Simon e Julie… HAHAHAHA O drama francês é bem instigante. O clima de suspense e o mistério de cada personagem me deixava sem ar. Caraca!Era uma boa trilha sonora, neste aspecto há de se reclamar e muito da The returned. Espero que eles consigam o público que não apreciou a francesa. Espero mais ainda a segunda temporada de Les revenants, que já foi anunciada pro outono. 🙂

    Post a Reply
    • É isso mesmo Marcelo, este remake americano deve e muito quando comparado com a série francesa. Também me sentia assim, sem ar e no clima mesmo de todo o mistério.

      A série americana se sobreviver a primeira temporada, supostamente em uma segunda temporada iria trilhar o seu próprio caminho.

      Que venha a segunda temporada de Les Revenants

      Post a Reply
  4. Gente, cadê o mistério dos personagens? A rebeldia de Camille? Tudo deixa a desejar nesse remake, do cenário a trilha sonora.

    Post a Reply
    • O mistério dos personagens? Tem uma cena em que Victor olha de relance pra vizinha da Dra Han que é de chorar, de rir.

      Post a Reply
  5. Eu achei the return tão boa qto a francesa…até pq é igualzinha em tudo. Tiraram coisinhas do tipo a menina entrar no bar atras do cara e tão novinha já beber…e deixaram mais dinamica…a francesa é beeeem lenta. Mas o problema é q a francesa teve só uma temporada…quem sabe agora essa de continuidade.

    Post a Reply
    • Sim, as produções europeias geralmente tem um ritmo mais cadenciado do que estamos acostumados a ver nas produções americanas, onde é tudo muito mais ágil, ainda assim, até mesmo pelos atores prefiro a série francesa.

      Ainda é muito cedo para dizer algo mais concreto sobre The Returned, vamos torcer para que consiga uma segunda temporada

      Post a Reply
  6. Mania de americano que quer copiar por falta de idéia inovadora e criativa, pela segunda vez vejo que os franceses se sairão melhores na produção.
    Les Revenants me cativou de uma forma tão grande que fiquei chateado só de saber que há apessoas que preferem copiar tudo ao incentivar a produção, o mesmo aconteceu ao saber que The Untouchable seria gravado na América do Norte.
    Assiti o pilto e já me bastou, prefiro continuar no aguarde pela Season 2 do original e gastar tempo com “remake” fajuto.

    Post a Reply
    • Supostamente, se esse remake der “certo” a segunda temporada vai caminhar sem copiar a série Francesa. Veremos!

      Post a Reply
  7. O que e aquele garoto chamado Victor?

    Post a Reply
    • Um ator mirim muito ruim, uma pobre criança que foi enganada provavelmente por seus pais que acham que ele pode atuar.

      Post a Reply
  8. Porra, man!
    Faz anos que não apareço por aqui (mesmo!), rsrs vc não deve nem mais lembrar de mim, mas anyway…

    Cara, eu sou muito fã de Les Revs, aquela série é muito fodástica. A atmosfera, o ritmo, a fotografia toda num ‘fog’ supertenso, e os personagens, que além de profundos e bem construídos, nos deixavam sempre na ponta da poltrona, pois eram meio imprevisíveis.
    Na verdade, eu jurava que o remake americano tinha sido aquela tal de “Ressurection” (tem alguma coisa a ver?), e nem tinha conhecimento desta “The Returned”. Preguiiiça dessa preguiça estadunidense… Devo assistir só pra rir dos equívocos, rsrs.

    Parabéns pelo site, as usual!

    ;-P

    Post a Reply
    • Lembro de todo mundo que comenta (ou comentava) com frequência aqui no blog Well 🙂

      Acho que vale assistir nem que seja para relembrar como Les Revnants foi sensacional. E quanto nada acaba passando o tempo até a tão esperada e demorada segunda temporada

      Post a Reply
      • Pois é, cara, depois de quase três anos, eu já estava desencantado de que fosse realmente haver a segunda temporada (“Deve ser excentricidade de europeu, fazer uma temporada só”, eu pensei hahaha), mas graças a vc e ter vindo aqui descobri que a 2ª tá pra sair esse ano ainda! Putz, isso é que são boas notícias! XD

        Post a Reply
        • Supostamente em setembro. Oremos >=)

          Post a Reply
  9. Eu não assisti a versão francesa, e pretendo muito ver após o fim da 1ª temporada da versão americana. Assisti os 4 primeiros episódios seguidos, e fiquei na bad porque não tinha mais. Achei uma série muito boa, acho que é comum quando assistimos qualquer “remake” compararmos com o original, mas como não vi acredito que tenha potencial.

    Post a Reply
    • Quando você assistir o original, por mais que continue gostando do remake americano vai entender o porquê do espanto da gente que viu primeiro Les Revenants.

      A série é completamente copiada essa primeira temporada, as mesmas cenas, as mesmas falas, os mesmos personagens, os mesmos nomes… tudo igual. Só com uma diferença, os atores franceses eram melhorzinhos e tem um clima de suspense muito maior, tem uma neblina constante na cidadezinha que já te arrepia só de imaginar.

      Quem está acompanhando apenas a série americana sem saber é fácil realmente gostar porque a história é muito instigante realmente, não é a toa que a série original francesa ganhou inúmeros prêmios e foi copiada agora.

      Post a Reply
  10. Olha, acho uma tremenda palhaçada essa mania de querer parecer culto, onde sempre se julga o original como melhor e se desmerece a readaptação. É bem verdade que eu não assisti “Les Revenants”, mas pude assistir a versão do Netflix e digo: A série é espetacular! As atuações são excelentes sim e ajudam a criar a atmosfera cheia de suspenses. Então, por favor, desconsiderem esses artigos de pseudo-críticos espalhados pela internet e apenas assista a série sem pré julgamentos.
    Um abraço à todos!

    Post a Reply
    • “Desconsiderem esse artigo de alguém que viu as duas séries e pode compará-las e deu a sua opinião, e aceitem a minha que não vi a outra e não sei que é tudo uma cópia carbono.”

      Grande abraço 🙂

      Post a Reply
      • Desculpe, amigo, mas isso que vc escreveu é mero sofisma. Ter visto as duas séries não te dá, necessariamente, base para fazer um bom julgamento. Aliás, pode influenciar devido à parcialidades.
        Vc já começa o artigo dizendo que é uma cópia barata. Depois diz que há atuações bem ruins e poir aí vai. Nada disso é verdade. Vc tem total direito de achar uma série pior em comparação à outra (afinal, gosto é gosto), mas não deveria depreciar a versão americana apenas porque acha o original melhor. Eu, por exemplo, não poderia de maneira nenhuma dizer que a série “Metástasis”, uma adaptação colombiana de “Breaking Bad”, é melhor que a versão americana, pois acho a original superior em todos os aspéctos. Por outro lado, tenho que reconhecer que foi uma adaptação muito bem produzida. Eu jamais sairia lançando pedras apenas porque considero a original infinitamente superior.
        Abraços e mais imparcialidade no próximo julgamento!

        Post a Reply
        • Imparcialidade é algo que, infelizmente, não vai encontrar aqui amigo. É um blog pessoal e as opiniões são bem parciais.

          Post a Reply
          • OK! Assim sendo, vc corrobora meu primeiro comentário e nem sequer havia necessidade do seu sofisma. Nada mais precisa ser dito.
            Abraços!

          • Necessidade de querer parecer ‘culto’ e ‘certo’ em uma opinião utilizando palavras como ‘sofisma’, para se referir a uma suposta falácia ou querer transparecer que sou “metido” por que vi uma série que poucos viram e utilizei isso para denegrir “The Returned” também não existe.

            Sugiro que você veja a série Les Revenants, nem que sejam 2 episódios e veja como é tudo copiado da original, nem mesmo mudaram falas ou olhares em cenas, só que muito do que tornou a série francesa tão premiada e falada foi perdido nessa tradução americana.

          • Então, infelizmente vc não pegou o ponto aqui. Eu não insinuei que a série original não é boa. Tenho lido várias críticas e acredito que ela seja mesmo melhor. Eu só critiquei sua posição extremamente depreciativa com relação à vesão americana. Certo, é uma cópia, por assim dizer, e quem assistiu à original vai estranhar (assim como eu estranhei demais a série “Metástasis” e suas cenas e falas quase idênticas às de “B. Bad”.), mas é uma produção de muita qualidade e bem executada.

            Resumindo o que eu quis dizer: Tudo bem achar a série original anos luz à frente e recomendá-la, inclusive. Mas não ahei legal que, para isso, vc precisasse detonar a versão americana, que está muito longe de ser uma série ruim.

  11. É mais ou menos o que comentei no último parágrafo do texto, mas tudo bem, não vamos nos alongar.

    O texto não é simplesmente uma depreciação completa da série, tem os pontos fortes também comentados e não é um totalmente depreciativo, dizendo que a série é ruim e que nada nela se salva.

    A segunda temporada vai ser melhor de ser analisada já que seguirá o seu próprio caminho e deixará de ser uma cópia carbono.

    Post a Reply
  12. Olha, eu assisti the returned pela netflix e amei, sou louca por twd, supernatural, greys anatomy, bones, American Horror entre vários…não sabia mesmo que era um remake. Até meu marido que não curte série gostou…é questão de gosto mesmo, vou divulgar a série para os grupos que participo e vou caçar a série original pra ver como é :3

    Post a Reply
    • É uma boa pedida mesmo para quem tem Netflix essa série, a outra original só baixando.

      Na Netflix atualmente a melhor série que estou assistindo é a nova do Demolidor.

      Post a Reply
  13. The Returned não é um Remake de Les Revenants? Não entendo essas críticas reclamando que são muito parecidas, galera, é um remake. ahahha

    Ainda não tive a oportunidade de assistir Les Revenants, mas pretendo em breve, quanto a The Returned, to gostando bastante.

    Post a Reply
    • Não é uma reclamação, apenas comparei as duas séries.

      E temos remakes excelentes, que não apenas copiam tudo, mas seguem seu próprio caminho. E é isso que vai tornar The Returned mais interessante na segunda temporada, porque é quando ela vai começar a seguir seu próprio caminho mesmo sendo um remake.

      Post a Reply
  14. Achei que a série teve um começo muito bom. Estava totalmente preso e só queria mais e mais.
    Mas a cada novo episódio me desprendia, e comecei a achar tudo muito previsível e realmente sem graça.
    O drama que tentam criar é totalmente sem “sal”. Os personagens são tão vazios e não demonstram a verdadeira emoção que a cena representa.
    O personagem Simon é o que mais me irrita, depois é a “pobre” coitada da Julie.
    O menino, Victor, é outro também sem graça.
    A trilha sonora só me irrita… rsrsrs

    Não fazia ideia que tinha um remake, mas tentarei assistir para ver se realmente é tão boa quanto essa.
    Parei no 4º ou 5º episódio da versão americana e não sei se aguentarei assistir até o final.

    Post a Reply
    • Acho que independente da qualidade do remake ou da série original que, sempre é bom lembrar, por sua vez é um remake de um filme, a história é interessante e reserva os mistérios.

      Ainda acho que as atuações em The Returned são ruins, não todas, mas boa parte não se compara a Les Revenants.

      Dê uma chance a série francesa.

      Post a Reply
  15. Fiquei feliz em saber que alguém concorda comigo na parte de “O maior problema talvez esteja no elenco onde poucos se salvam.” Pra mim o elenco é péssimo.

    Post a Reply
    • Também acho bem fraquinho, tem até uns 2 ou 3 que se esforçam mas num geral as atuações ficam devendo. De qualquer forma a história mantém o interesse na série num nível bom

      Post a Reply
  16. Eu não assisti o original francês, aliás, nem sabia que não era original. Como não tinha nenhuma expectativa, eu gostei muito! A série me prendeu, acho a produção muito bem feita ea história muito legal. Nota 10!

    Post a Reply
    • Que bom, e no final das contas é isso o que importa não é mesmo? Agora é aguardar a segunda temporada 🙂

      Post a Reply
  17. Assisti “Les Revenants” e gostei muito, porém achei que a série se perdeu completamente nos dois últimos episódios. Não é de estranhar que essa segunda temporada (mega atrasada) aparentemente será a última. Quanto ao remake é muito difícil pra alguém que assistiu à excelente original achar alguma graça. É óbvio que a pessoa ficará comparando com a original e achando defeitos em quase tudo. O elenco por exemplo não é ruim (a maioria, pelo menos). Eles apenas estão dando uma personalidade própria aos personagens, não tentando copiar as atuações dos franceses. O Victor é péssimo nas duas séries (bem pior na americana, realmente). Muita gente aqui criticando a série pelo jeito só viu o piloto.
    Só agora no sexto episódio é que comecei a gostar do remake. A maior razão de eu estar assistindo é que a versão americana pode acertar onde a francesa errou e seguir um rumo melhor, quem sabe (e eu espero) melhorando muito na segunda temporada.

    Post a Reply
    • Sem dúvidas isso é um ponto a favor, a questão da continuidade.

      Se a série francesa se perdeu nos últimos episódios, a americana seguirá (até o fim desta temporada) pelo mesmo caminho.

      O bom é que a americana deve ganhar uma sequência e seguir o seu próprio caminho e a francesa também irá chegar na segunda temporada ainda este ano.

      Post a Reply
  18. Estou assistindo a The returned no Netflix, não vi a original, mas posso dizer que ruim, não é.
    Ok, é uma cópia. Mas se foi feita, houve anuência dos detentores dos direitos originais, não se faria um plá?io não autorizado desse tamanho (pelo que dizem o roteiro é igual).
    A produção não foge de uma típica série americana, e o drama fica mais na sua cabeça por imaginar o que vc faria se um parente seu morto entrasse pela sua porta, do que pelas atuações propriamente ditas.

    Entretanto se a série original vai continuar, resta descobrir se haverão dois caminhos diferentes, um em cada versão…Seria uma sacada sensacional !E particularmente não vejo sentido em ter duas séries, tão próximas assim no que tange episódios gravados, sendo idênticas em roteiros, rodando somente em idiomas diferentes.
    É esperar pra ver…

    Ps: Fiquei curioso pra assistir Les Revenants, mas baixar, me preocupar com legenda, sincronização, etc é chato demais…

    Post a Reply
    • Sim, para quem “está chegando agora” é muito mais vantagem ver logo a série gringa, o mistério por si só sustenta o interesse.

      Assisti ‘Les Revenants’ numa era pré-netflix, hoje em dia não sei se teria visto.

      Post a Reply
  19. Por favor, em que estado americano é gravado o seriado? Alguém sabe informar a cidade/estado?

    Post a Reply
    • Pelo que li na Wikipedia parece que é gravada numa cidade francesa chamada Annecy e outras várias localidades.

      Geralmente esses seriados e filmes não se restringem a um único lugar.

      Post a Reply
  20. Tem uma série americana fazendo remake de uma européia(francesa)…
    Hmmmm…. vou criticar a americana e endeusar a francesa sem nem ver direito até o final para parecer mais descolado criticando os ”estadonidense”… ! FIM.

    Post a Reply
    • Se está se referindo ao meu texto amigo, saiba que vi a série francesa e comentei (conforme link) muito antes de sequer saber que iriam fazer um remake gringo.

      Abraço.

      Post a Reply
  21. Assisti a primeira temporada de The Returned sem saber que era um remake, me apaixonei pela trama, fiquei feliz que existe algo que eu gosto numa versão ainda melhor. É tipo colocar calda extra numa sobremesa que eu á amava <3 To curiosa pelo Les Revenants. Vou começar a ver hoje =D

    Ps: Eu tenho muito medo do Victor de The Returned (sério que vocês não se assustam?) Prevejo o quanto vou me apavorar vendo Les Revenants #muitomedo.

    Post a Reply
    • Talvez por ter visto primeiro a americana, o impacto seja menor, mas assista pelo menos 1 ou 2 episódios só para ver como é tudo muito igual.

      Pelo menos agora a segunda temporada de The Returned vai seguir seu próprio caminho.

      Post a Reply
  22. Quem não gostou da série é só não assistir. Simples assim.

    Post a Reply
    • Isso. E todos seguimos felizes nesse universo 🙂

      Post a Reply
  23. Eu particularmente estou gostando de the returned, não assisti a versão francesa, então não tenho base para comparar, mas to gostando.. acho que as atrizes que fazem camille e lena não são boas, não atuam bem, maaasss… fazer oq, eu acho que o garoto que faz o victor atua bem sim, pelo menos eu senti medo daquele olhar dele.. rs
    Vou procurar assistir a versão francesa!

    Post a Reply
    • Agora que terminou a primeira temporada, “The Returned” vai seguir seu próprio caminho, isso vai ser muito interessante.

      Post a Reply
      • ué.. já terminou a primeira temporada? com 10 episódios??

        Post a Reply
        • A série francesa só tiveram 8 episódios, 10 foi até muito já que eles estavam seguindo estritamente as cenas, falas e arcos de Les Revenants.

          Agora é aguardar a 2º temporada e enquanto isso pegar outra pra assistir. Na Netflix tem várias outras interessantes

          Post a Reply
          • pooooxa.. já tava esperando o episódio 11… rs, fazer oq!
            Já to vendo The Killing 🙂

          • A última que vi na Netflix foi Demolidor, a melhor série que vi lá até agora.

  24. Terminei de assistir The Returned no Netflix ontem. Já sabia que era um remake, mas como assisto Netflix mais do que TV ultimamente, assisti sem medo de perder tempo, pois a sinopse realmente me chamou atenção. Adorei a série. Longe de ser a melhor que vi no Netflix (concordo com você sobre ser “O Demolidor”), mas achei muito boa. Sobre o elenco, achei alguns péssimos, mas não achei todos ruins, pelo contrário. A trilha sonora deixa muito a desejar, mas de resto gostei muito.
    Fiquei feliz ao pesquisar e saber que Les Revenants é quase uma unanimidade sobre ser uma produção perfeita, estou disposto a assistir, e espero que eles não percam a mão na segunda temporada.

    Não acho “saudável” comparar o original com um remake, estou acostumado a ler discussões pífias desse tipo sobre The Walking Dead… Talvez por isso, qualquer crítica nesse sentido, me soa semelhante a comparar a série de TV com as histórias em quadrinhos, o que não faz sentido. Ou quando um crítico de cinema detona um filme que é adaptação de um livro… “Ah, o livro é infinitamente melhor”… Pois é, e meu dedo polegar é mais bonito que a digital impressa no meu RG. Óbvio.
    Se eu tivesse que fazer um remake de um filme ou série, sem dúvidas usaria tudo que acho bom do original e acrescentaria coisas que na minha cabeça complementam a ponto de dar certo sem comprometer a essência.
    Se é pra copiar um texto, acho que vale a pena escrever um pouco fora da linha, usar um lápis, ao invés de caneta, pular uns trechos, resumir outros, etc. Uma cópia idêntica não tem sentido… Há mais personalidade em ser inferior do que em ser idêntico.

    By the way, sondando sinopses por aí, parece que The Returned deu uns passos a mais que Les Revenants na história, isso é sinal que a segunda temporada americana será totalmente (ou quase) independente da francesa?

    Post a Reply
    • Muita gente tem adorado a série e como falei no texto, era o esperado por se tratar de uma história com uma premissa bastante interessante. Alguns atores apenas deixam a desejar e toda a ‘comparação’ foi realizada com base nos primeiros episódios que são IDÊNTICOS em tudo à série francesa. Se você for assistir você vai compreender o que estou falando, não acrescentar nada é dose.

      Só que ‘The Returned’ nos episódios finais e inclusive no desfecho dessa primeira temporada, deu alguns passos ‘próprios’ e começa a se distanciar da série “original” (comentei isso no texto, a série francesa não deixa de ser um remake já que é baseado num filme de 2004).

      Acho que esse distanciamento da série original vai fazer muito bem à série da Netflix, principalmente em sua vindoura segunda temporada.

      Ainda acho que Les Revenants trabalha melhor com o clima e ambientação de mistério e suspense, mas “The Returned” não é uma série ruim ou desprezível por isso e, vendo os caminhos que estão se abrindo aqui acredito que tem tudo para ter uma segunda temporada ainda mais interessante do que essa primeira.

      Grande abraço e obrigado pelo excelente comentário 🙂

      Post a Reply
  25. Eu anda assistindo The Returns é o Remaker do seriado Francês. OBS: Amo assistir dublado, vejo nada demais os americanos fazer isso ficou muito bom o Remaker. E não é copia barata ficou muito bom, aposto que é melhor que original.

    Post a Reply
    • Você nem assistiu a outra série e já aposta que ela é pior? É o tipo de opinião que nem dá pra levar a sério meu caro.

      E olhe, não acho nada demais gostarem da versão americana, muita gente está amando e isso não faz ninguém melhor ou pior. São apenas opiniões divergentes.

      Ps: Vamos treinar a ortografia e escrita. Grande abraço.

      Post a Reply
  26. Eu achei legal, só com a mary elizabeth winstead no elenco já ganhei cada minuto assistido nem pretendo ver a versão francessa!

    Post a Reply
    • Se você já curtiu essa versão realmente nem precisa assistir a outra porque é igual, é capaz de você achar chata porque é uma cópia.

      E nos últimos episódios a versão americana começou a seguir o seu próprio caminho, a segunda temporada mesmo não vai ter mais nenhuma amarra com a original. Tá prometendo.

      Post a Reply
    • Não acredito que você disse isso, apesar de ter muitas cenas idênticas, a série original, A versão americana não têm o mesmo clima melancólico da série francesa, eu sei que isso tem haver com várias questões que não ou potua aqui, ,as um questaão evidente é por que os americanos fazem remakes porque eles querem adptaar séries e filmes de sucesso para dentro da cultura amercanas o que algumas vezes dão certo e na maioria dá errado.As interpretações dos atores franceses são melhores. Estou tentanto terminar a versão amereicana, teu acho chata, tou na esperança de que final seja melhor que Les Revenants, a questão da barragem desapareceu na série da Netflix. Quero vê como eles vão terminar.

      Post a Reply
  27. Assisti The Returned no Netflix ano passado, gostei da primeira temporada, não vi a segunda. Não sabia que era uma cópia de uma série francesa, agora que li seu artigo, acho que vou atrás da francesa para ver.
    Eu confesso que até hoje não assisti a nenhuma produção francesa (filme ou série) que não me desse sono, simplesmente detesto a lentidão em que as tramas se desenvolvem nas produções francesas. Normalmente o que eles fazem em 2 horas poderia ter sido feito em 20 minutos, isso simplesmente me desespera. Dá vontade de levantar, ir dar uma volta por aí e voltar quando aconteça alguma coisa. Mas já que a série foi elogiada aqui no artigo e tantas pessoas estão comentando que é ótima, vou atrás para ver se gosto.

    Post a Reply
  28. Já vi as duas versões e adorei a versão americana e muito melhor não vou ficar criticando a francesa só por ser pior, e a atuação do Victor americano e melhor da muito medo dele.

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Fear The Walking Dead - 1x06: The Good Man - POCILGA - […] Existe uma sequência na cozinha que é incrível, a verdadeira cozinha do inferno com lutas impressionantes e muita brutalidade,…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.