O início do fim de uma das maiores (e melhores) franquias do subgênero “jovem adulto” já criadas para o cinema, “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 (The Hunger Games: Mockingjay – Part 1)”, deixa a ação um pouco de lado para tratar de temas mais ‘cerebrais’. Talvez por esse motivo seja (até aqui) o filme menos “empolgante” da franquia, mas verdade seja dita, segue abordando temas ‘complexos’ de maneira muito interessante como poucas produções do gênero conseguem.

A história se inicia momentos após o desfecho do filme anterior, quando Katniss (Jennifer Lawrence, “Trapaça“) detona com a 75º edição dos ‘jogos vorazes’ e é levada para o Distrito 13 após o seu distrito (o 12º) ser destruído pela capital. Mesmo com a cabeça toda voltada para Peeta (Josh Hutcherson, “Ponte para Terabítia“), que acabou sendo capturado pelo pessoal da capital, ela recebe a presidente do Distrito 13 Alma Coin (Julianne Moore, “Sem Escalas”) que tenta convencê-la a se tornar o símbolo de um levante para a revolução contra o governo opressor da Capital de Panem.

jogos-vorazes-a-esperança-parte-1

A trama desta primeira parte de “A Esperança” abre alguns caminhos (e questionamentos também) bastante interessantes, um deles é a forma como o ‘jogo da mídia’ é utilizado aqui. Se antes acompanhávamos a Capital utilizando-se dela para ‘enganar’ e seguir controlando ao seu bel prazer a população, agora é a vez do ‘pessoal da revolução’ utlizar a mídia a seu favor. Toda a sequência onde são vistos os esforços para tornar Katniss o símbolo da revolução (o Tordo) são muito bem conduzidos e, algumas partes como por exemplo quando JLaw canta uma canção, chegam a arrepiar.

O elenco conta com algumas novas carinhas e segue com ótimas atuações, com um destaque que carrega um grande pesar que é a atuação do ator Philip Seymour Hoffman, que faleceu faltando uma semana para suas filmagens terminarem. A chegada da Julianne Moore e Natalia Dormer (a Margaery Tyrel de Game of Thrones) também são muito bem vindas e mostram novas e fortes personagens femininas que não apenas a protagonista que, convenhamos, aqui está mais contida e em alguns momentos poderia se doar um pouco mais.

Saem as cores berrantes da Capital e entra a ‘montonia cromática’ de um distrito militar e igualitário. Esses detalhes mais ‘artísticos’ e do trabalho com figurino aliados a mais um excelente trabalho na parte técnica e nos efeitos especiais, contribuem e muito para dar o tom e ditar o ritmo necessário para colocar o espectador (mais uma vez) dentro do contexto proposto pela obra adaptada da metade inicial do terceiro e último livro escrito pela Suzanne Collins.

a-esperanca-parte1

É complicado avaliar algo dilacerado ao meio como “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1”. Não à toa é o filme mais curto da série. O enfoque dado aqui infelizmente tirou um pouco da ação que, com toda a certeza, deverá ficar guardada para a segunda parte desta franquia que segue trazendo importantes reflexões para o espectador mal acostumado com produções que solicitam a ausência de pensamento e, só por isso, já vale o seu tempo e dinheiro.

***

  1. A revolução do “povo” contra o “governo opressor” começar pelo distrito 13 é mais um plano dos petralhas.
  2. Natalie Dormer raspou de verdade metade da cabeça para fazer a icônica personagem que acompanha Katniss nas ‘filmagens’ do levante revolucionário.
  3. O ator que faz o Gale, Liam Hemsworth, deveria ser mais forte por ser irmão do Thor…
  4. Minha classificação flutou entre 3 e 4 controles, mas como Katniss só atirou uma flecha durante todo o filme, resolvi ser certeiro que nem ela e aproximar pra cima.

Ótimo: Classificação 4 de 5

20141020-Esperança-7Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 (The Hunger Games: Mockingjay – Part 1 2014 – 123 min)
Aventura, Ficção Científica

Dirigido por Francis Lawrence com roteiro de Danny Strong e Peter Craig adaptando romance escrito por Suzanne Collins. Estrelando: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Donald Sutherland, Philip Seymour Hoffman, Julianne Moore, Willow Shields, Sam Claflin, Elizabeth Banks, Jena Malone, Stanley Tucci e Natalie Dormer, Elden Henson.

Related Posts with Thumbnails