Trapaça (American Hustle)

Na corrida para apresentar os filmes que vão concorrer ao Oscar de 2014 aqui no Brasil, “Trapaça (American Hustle)” desembarca em nossos cinemas com o peso das dezenas de indicações e premiações recebidas nos grandes festivais de cinema mundo afora. Isso pode prejudicar um pouco ao criar expectativas exageradas, mesmo assim, o cineasta David O. Russell comprova mais uma vez o seu talento neste ótimo, bem humorado e divertido filme que traz grandes atuações.

American-Hustle-trailer-large

Na trama vamos acompanhar a história de um apaixonado casal de vigaristas (Christian Bale e Amy Adams)  mestres na arte de fazer dinheiro enganando pessoas desesperadas. Depois de serem pegos pelo FBI, eles são obrigados a cooperar com o agente Richie DiMaso (Bradley Cooper) que acaba envolvendo a todos no perigoso mundo do tráfico de influências e da máfia no estado de Nova Jersey.

Este é o segundo trabalho do cineasta David O. Russell (“O Lado Bom da Vida“) que recebe indicação nas 4 categorias de atores no Oscar, o que acaba demonstrando a sua habilidade no trabalho com o elenco, repetindo mais uma vez ainda a parceria com os atores Bradley Cooper (“Se Beber Não Case 3“) e Jennifer Lawrence (“Jogos Vorazes“), dentre outros. Além de trazer uma direção bem segura e acertada, ele divide a escrita do roteiro, que é muito bom e traz uma trama bem bolada, com Eric Warren Singer.

Bela pança senhor Bale

Bela pança senhor Bale

O início é um pouco monótono e arrastado, principalmente na parte em que os protagonistas Irving Rosenfeld (Christian Bale, “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge“) e Sydney Prosser (Amy Adams, “O Homem de Aço“) vão narrando em segundo plano a história dos dois, desde como se conheceram e se apaixonaram até quando os dois começam a parceria no mundo da ‘trapaça’. Não demora muito e o filme mostra ao que veio, a história começa a se desenrolar e traz ótimas e hilárias cenas de humor, com algumas interpretações que fazem jus às indicações ao Oscar, até mesmo a de Jennifer Lawrence que, por mais que possa ser contestada por estar fazendo o “mesmo papel” que fez em “O Lado Bom da Vida“, entrega uma atuação bem convincente com o que foi proposto para a sua louca e imprevisível personagem.

Só que os grandes destaques nas atuações estão em Christian Bale, que adicionou ao seu corpo uma bela pança (deve ter engordado umas 40 toneladas para fazer este papel) e, em especial para Amy Adams e seus seios sempre querendo pular para fora dos super decotes de seus vestidos (aliás, diga-se de passagem o figurino está excelente e junto com os cenários e a ótima trilha sonora nos transporta muito bem para a época em que a história se passa). Amy Adams está simplesmente espetacular. Já o elenco coadjuvante conta ainda com boas atuações de Bradley Cooper, que consegue nos fazer ter pena de seu personagem em determinada parte, e também Jeremy Renner (“Os Vingadores“) que interpreta o famoso “rouba mas faz” com grande entusiasmo. Isso sem contar nas demais participações especiais muito bem encaixadas na história.

american-hustle

Talvez todas as indicações ao Oscar e demais premiações (e indicações a outros diversos prêmios) possa aumentar muito as expectativas de quem vai ao cinema assistir “Trapaça” esperando ser um filme tão contundente como, por exemplo, “Gravidade“, que também concorre a 10 Oscar, mesmo assim é fácil (para os que não tem o coração em trevas) se divertir, dar boas gargalhadas, se embalar com as músicas da excelente trilha sonora e torcer pelos pilantras do início ao fim neste ótimo filme.

***

  1. Além de Bradley Cooper e Jennifer Lawrence, David O. Russell repete antigas parcerias com Christian Bale e Amy Adams (“O Vencedor“) e ainda com Robert De Niro (“O Lado Bom da Vida“).
  2. Aquela cena entre Jennifer Lawrence e Amy Adams(AQUELA, você que assistiu sabe qual), foi ideia de Amy Adams. Danadinha.

Ótimo: Classificação 4 de 5

trapaçaTrapaça (American Hustle, 2013/2014 – 138 min)
Comédia, Drama, Suspense

Dirigido por David O. Russel com roteiro de David O. Russel e Eric Singer. Estrelando: Christian Bale, Amy Adams, Bradley Cooper, Jeremy Renner, Jennifer Lawrence, Robert De Niro, Jack Huston e Michael Peña.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

13 Comments

  1. Ainda com um exagero de indicações ao Oscar, é muito bom filme!

    Post a Reply
    • Mas são indicações e não prêmios, aposto que não vai ganhar muitas estatuetas

      Post a Reply
  2. Sei lá Marcio, mesmo que indicações não sejam premios, ja são um grande merito recebe-las, merito grande demais. Não estou dizendo que o filme é ruim(tanto que nem o vi), mas a julgar pelo trabalho anterior de O.Russel,O Lado Bom da Vida( que não foi nada demais, e nem sei porque concorreu a melhor filme), espero apenas um filme comum com boas atuações.

    Post a Reply
    • Sim, e realmente o peso das 10 indicações pode acabar comprometendo a diversão. Assista ele sem grandes expectativas, é divertido, é bem atuado. Vale a pena.

      Post a Reply
  3. Concordo com o Leonardo. Assim como “O Lado Bom da Vida”, trata-se de um bom filme, divertido e ponto. Vejo com exagero o número de indicações. A recriação dos anos 70 e a trilha sonora são interessantes, meio parecido com o trabalho feito em Argo.

    Com relação aos outros concorrentes a melhor filme, os únicos que me surpreenderam foram “Gravidade” e “Her”. “Inside Lewlys Davis” é interessante e ficou de fora da lista. E boto fé em “Nebraska”, que ainda não assisti.

    “O Lobo de Wall Street” é muito bom, mas não é nada de novo, como “Dallas Buyers Club”. E “12 Anos de Escravidão” é aquele dramalhão histórico feito p/ ganhar Oscar, bom, mas não esperem do Steve McQueen um “Hunger” ou “Shame”.

    “Capitão Phillips”… é melhor assistir o dinamarquês “Hijacking”, tb do ano passado e sobre o mesmo tema.

    Post a Reply
  4. to querendo ver esse filme, mais por conta do Christian Bale porque curto os seus filmes, mais não sou fã do diretor..só aguardando pra baixar em Bluray porque não estou tão ansioso pra ve-lo nos cinemas…

    Post a Reply
  5. É um ótimo filme que vale mais pelas atuações porque a história é um pouco “light” considerando o tema abordado. E eu nem achei o início chato e monótono como vc citou.

    Post a Reply
  6. não vi ainda,mas verei.rapaz,é incrível como o Bale faz tudo por um papel,a cada filme ele está ou gordo ou bem magro,mas a grana que ele deve ganhar compensar haha.

    Post a Reply
  7. É bem por aí Márcio. Minha análise ficou próxima da sua. Achei um filme superestimado e até lancei uma dúvida sobre a razão de tantas indicações.

    Post a Reply
  8. Sem dúvida que é bem divertido, tem um roteiro bem amarrado e uma Amy Adams mais do que espetacular. Mas não me empolgou tanto a ponto de eu querer rever tão cedo… Esperava um pouco mais!

    Post a Reply
    • Também não me deixou o fator “review” mas eu, sinceramente, fui sem esperar muita coisa apesar das 10 indicações. Aposto que vai levar pouquíssimas ou até nenhuma estatueta no Oscar.

      Post a Reply
  9. pense num filminho chato e arrastado, não gostei, o elenco é de primeira e as atuações são boas.. mais o filme é horrível…

    Post a Reply
    • Achei arrastado só o início, o resto do filme eu me diverti bastante.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave) - Porra, man! - […] de 2014, “12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave)” segue coladinho com “Gravidade” e “Trapaça” na lista dos…
  2. Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1 | Crítica do filme. - […] se inicia momentos após o desfecho do filme anterior, quando Katniss (Jennifer Lawrence, “Trapaça“) detona com a 75º edição…
  3. Sniper Americano (American Sniper) - Crítica do Filme - […] autobiográfico, a trama acompanha a trajetória de vida de Chris Kyle (Bradley Cooper, “Trapaça“), um típico texano que após…
  4. Grandes Olhos (Big Eyes) - Novos ares para Tim Burton? - […] trama acompanha a história real da pintora Margaret (Amy Adams, “Trapaça”) uma mulher talentosa que em 1950, após ‘largar’…
  5. Vingadores: A Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron) - Porra, man! - […] elenco ‘antigo’ o destaque fica, pasmem, com o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner, “Trapaça”) que encontra o seu espaço e…
  6. Crítica | Ford vs Ferrari - Porra, man! - […] Shelby entende que só existe um piloto capaz de realizar esse feito, Ken Miles (Christian Bale, Trapaça) que é…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.