Atividade Paranormal: Marcados pelo Mal

O primeiro filme da franquia “Atividade Paranormal” pegou muitos de surpresa e conseguiu fazer o essencial em uma produção de terror: assustar. Depois de inúmeras continuações e spin-offsMarcados Pelo Mal” chega aos cinemas tentando dar um pouco de sentido a história (ela existe?) presente nos filmes anteriores mas falha, miseravelmente, no primordial para uma produção do gênero já que não consegue assustar ninguém.

paranormal-activity-the-marked-ones

Só deve ser um cisco

Na trama somos apresentados a Jesse (Andrew Jacobs), um adolescente de descendência latina do subúrbio de Los Angeles que, certo dia, acaba acordando com uma estranha marca em seu corpo e começa a ser atormentado por forças misteriosas, pondo em risco não apenas à sua vida como também a de seus amigos e familiares que tentam ajudá-lo.

De fato assustar as pessoas atualmente tem se tornado um grande desafio mas “Marcados Pelo Mal” exagera na ruindade ao dedicar a maior parte de seus 84 minutos a momentos involutariamente cômicos. Não ajuda também o fato dos acontecimentos iniciais em torno do protagonista nos remeter a produções como “Poder Sem Limites” já que Jesse ao ser possuído por uma entidade demoníaca parece se transformar em um Super Sayajin. Da mesma forma não contribuem também os poucos sustos fáceis, previsíveis e bobos apresentados.

Apesar de todos os problemas, que pareceram não intimidar os mais de 300 mil espectadores que foram aos cinemas no Brasil assistir “Marcados Pelo Mal” no final de semana de estreia, um recorde, existem algumas (poucas) coisas até interessantes. A utilização do brinquedo Genius como “mesa de Ouija”, alguns tiros de escopeta e a cena que traz a mensagem clara para os jovens nunca esquecerem a camisinha (pode ser mortal), são as raras escolhas felizes dessa produção dirigida e roteirizada por Christopher Landon.

Champignon e Maria do Bairro

Champignon e Maria do Bairro

Existe ainda uma passagem no desfecho da trama que TENTA trazer algum sentido a tudo e, com isso, procurar alguma forma de dar uma sobrevivência à franquia, mas é muito pouco perante os inúmeros erros e infelicidades apresentadas nesta produção que só deve levar mesmo aos cinemas adolescentes que ainda não tiveram a oportunidade de saber o que é, de verdade, um filme de terror.

***

  1. Na sessão que fui um adolescente disse a namorada que foi o filme mais assustador que ele já viu. Pode-se concluir uma das duas coisas a saber:
    • Ele nunca assistiu um filme de terror de verdade ou…
    • Ele levará um pé na bunda da namorada se ela preferir namorar alguém mais valente

 


Ruim: Classificação 1 de 5

Atividade-Paranormal-Marcados-pelo-Mal-poster-brAtividade Paranormal: Marcados Pelo Mal (Paranormal Activity: The Marked Ones , 2013/2014 – 84 min)
Terror

Um filme de Christopher Landon com Andrew Jacobs, Jorge Diaz, Gabrielle Walsh, Renee Victor, Noemi Gonzalez e David Saucedo.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

12 Comments

  1. Essa franquia se perdeu, querendo continuar o sucesso dos dois primeiros.

    Post a Reply
  2. hahahahahaha,muito bom esse finalzinho,concordo com vc,que cara retardado.e não é querendo ser sabe tudo não,mas apesar de eu nem ter assistido essa bomba nuclear já dá pra ter idéia de como é ruim só pelo trailer.

    eu não sou contra continuações de filmes,tem vários que tem boas seguências,mas essa franquia não precisava de nenhuma,até porque o primeiro filme foi bom,na minha opinião,mas um pouco superestimado.

    e outra coisa,não sei como tem gente que se assusta com filmes de fantasmas e dêmonios hoje em dia,os filmes de antigamente são bem mas eficazes que os de hoje,povinho idiota……

    Post a Reply
  3. Nunca entendi o alvoroço em torno dessa porcaria. O interessante nisso tudo é ver como é difícil desfazer uma imagem depois que ela se cristaliza no imaginário das pessoas. Seja para o bem ou para o mal.

    Post a Reply
    • Só tinha assistido o primeiro dessa franquia e, na época, achei um filme bem ‘eficiente’ e que cumpriu o prometido. Esse daqui é só perda de tempo mesmo. Do restante eu não posso comentar com propriedade mas, acredito, que não deva fugir muito do que foi apresentado neste “Marcados Pelo Mal”

      Post a Reply
  4. Esse namorado tava de brincadeira, só pode, rs. O filme é bobo, e ainda não consegui entender por que eles gravam tudo da vida deles. Não há uma justificativa plausível como nos demais. O quinto filme da série já está previsto para o final deste ano, então, ainda tem muita exploração por aí…

    Post a Reply
    • Esqueci de comentar isso Amanda, o motivo real da filmagem. Como já está no 6º filme da franquia (se contarmos todos e incluir Tóquio) eu imaginei que essa explicação já desistiram de dar e se tornou algo “natural” na franquia.

      Bom para GoPro que segue faturando horrores não é mesmo?

      Post a Reply
  5. Atividade Paranormal 1 + A Bruxa de Blair + Quem quer ser um Milhonario + Carrie = Marcados Pelo Mal

    Post a Reply
    • Só não entendi a relação com Quem quer ser um Milionário hehehe

      Post a Reply
  6. Nem queira entender 🙂

    Post a Reply
  7. Ainda assisto esses filmes de terror por teimosia, devido a carência de bons filmes do gênero nos últimos anos. Por isso tenho procurado e encontrado filmes fora do grande mercado comercial.

    Post a Reply
  8. Os caras vão fazer filme disso até o dia que der 1 dólar de lucro. Eles devem ter comprado o kit “filming for dummies” e depois foi só lucro.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.