twd-mid-season-4

The Walking Dead, mid-season da 4º Temporada

A primeira metade da 4º Temporada (mid-season) de The Walking Dead finalmente nos trouxe tudo o que era esperado desde a mid-season da temporada passada, o embate entre Governador x Rick e a batalha na prisão.

.

Alerta de Spoilers! Obviamente o texto conterá alguns spoilers sobre o que aconteceu na série até este episódio. 

.

Finalmente!

Lembro que a terceira temporada, a metade inicial, vinha numa crescente muito forte desde que apresentou Carl tendo que lidar com o parto de sua mãe e, posteriormente, tendo que matá-la – aquele foi um dos meus episódios favoritos de toda a série – e, na sequência, apresentando o Governador e sua cidade querendo acabar com a prisão. Pena que a metade final da 3º temporada ficou enrolando, enrolando, até o último episódio para finalmente termos o combate. Só que quando ele chegou, não foi tudo aquilo que muita gente esperava.

TWD_408_GP_0802_0032

O Governador fugiu e o seu destino ficou suspenso no primeiros episódios desta 4º temporada. Primeiro acompanhamos a turma tendo que lidar com uma doença infecto-contagiosa e até mesmo a expulsão de Carol do grupo. Seguimos então com dois episódios centrados no personagem do Governador que serviram muito bem ao propósito de dar um “histórico” e um embasamento bem legal para as suas “origens” e tudo o mais. Parecia que ele era um novo homem não é mesmo? Claro que não, só acreditou nele quem quis (ou dormiu com ele).

Lá e de volta outra vez!

Por mais que alguns tenham ficado chateados com o destino traçado daqui em diante na série, por ser uma repetição de outros acontecimentos já vistos no primeiro acampamento como também na fazenda de Hershel, sobreviver ao apocalipse é isso mesmo. Em um mundo infestado de zumbis o que mais se tem a fazer a não ser procurar um local seguro, ficar lá até onde der e novamente procurar outro local seguro?

TWD_408_GP_0730_0463

A destruição da prisão veio em boa hora, já estávamos muito acomodados com as suas facilidades e acho que este ‘loop infinito’ em The Walking Dead é o que move a série. Ou se encerra a série de forma mágica, com alguém descobrindo uma cura e pondo fim aos zumbis na terra, ou de alguma outra forma os humanos retomam o seu planeta ou, como é aqui o caso parece, seguimos tentando sobreviver até morrerem todos e, quem sabe, uma nova série no mesmo universo com outros personagens surja lá na frente.

As grandes perdas!

Claro que a maior perda foi mesmo a de Hershel, seu personagem além de muito querido era o perneta mais rápido do velho Oeste e, de certa forma, era a razão que vinha faltando a Rick. A nova filha do governador também se foi na melhor maneira “quem procura acha”, afinal a menina cavou tanto que encontrou o seu tesouro.

400px-TWDS04P22E o Governador? Michonne pondo a espada dentro dele (lá ela, lá nele!) poderia ser de uma forma mais sádica talvez (quem sabe furando o outro olho, não aquele que você está maldosamente pensando) mas serviu para por fim ao personagem que vai embora de forma digna. Sei que ainda tem gente achando (talvez torcendo) que ele não tenha morrido, mas até a sua amante com o revolver pondo o fim no seu sofrimento já deu o recado.

E a pequena Judith? Será que ela morreu mesmo? Existe uma possibilidade remota de alguém tê-la carregado (alguém que estivesse sangrando) para longe dali. O certo é que ter um bebê com tudo o que promete vir pela frente vai ser complicado e talvez por um fim na sua existência, ou quem sabe, dando um “sumiço” nela até as coisas se acalmarem novamente (e mostrarem que alguém a resgatou) seja a melhor saída.

Quem sobreviveu? Onde estão?

A metade final desta temporada vai se resumir a isto, quem foram os sobreviventes finais e para onde foram. Provavelmente esta 4º temporada deve se encerrar com eles achando um novo local para se manterem. E eu, se fosse a AMC, encerraria na quinta temporada e deixaria quem sabe para um futuro uma possível retomada, como novos personagens sem nenhuma ligação com os quadrinhos para que a equipe possa tomar algumas liberdades criativas sem ter que ficar ouvindo mimimi dos amantes das HQs.

***

E você, gostou do final dessa metade da 4º temporada? Comente aí que The Walking Dead só vai voltar em fevereiro!

Related Posts with Thumbnails

13 thoughts on “The Walking Dead, mid-season da 4º Temporada”

  1. Então, gostei mesmo mais desda temporada do que de qualquer outra. Pode parecer loucura, mas achei que traduziu mais o clima dos quadrinhos com aquela história da gripe, do que qualquer outra tentativa de trazer uma história que já existe na hq pra tv.

    E mudou o showruner não foi? desde que começou a história do governador que eu comentei, tá recontando direitinho, tá concertando, e deu certo. Fiquei satisfeita.

    E to bem esperançosa, e acho mesmo que tem que deixar o quadrinho de lado e criar histórias novas pq pra mim, é quando o seriado funciona melhor, mas tem personagens do quadrinhos que já vão entrar, o bando da Rosita e tal, então acho que vamos encontrar pelo menos os canibais.

  2. Não tem como não ter reclamação de quem leu os quadrinhos. Para não ter teria que mudar o nome. A merda que eu acho é usar uma fonte criativa e alterar ela para pior na maioria das vezes, como fizeram com TWD. Se quer fazer uma coisa e não quer comparações ou exigências referenciais que seja algo próprio.

    1. Não vejo dessa forma de alterar para pior porque simplesmente não acho que seguir o mesmo rumo seja o melhor caminho. Gosto da série apesar de claramente ela ter o seus pontos baixos, mas no geral uma série bem acima da média.

  3. gostei desse episódio,tão bom quanto o primeiro dessa temporada fraca.nunca pensei que criticaria uma de minhas séries preferidas,mas ultimamente twd está enrolando muito pra acontecer as coisas,tá muito família e as coisas tem que ficar mais tensas,independentemente de está parecida ou não com a hq,se continuar assim concordo com vc,de que tem que acabar na quinta temporada essa porra,mas só espero que no fim de tudo isso eles expliquem quem e o quê acasionou esse apocalipse zumbi,porque senão explicar direito vai ficar parecendo um lost da vida aff. foi mal Marcio,estou impossível hoje hahaha.

  4. Márcio. Tomra rumos criativos diferentes é uma coisa. Fazer aberrações como destruir uma personagem foda como a Andrea é nos quadrinhos entre outras decisões é algo completamente sem noção.

    É algo semelhante que PJ está fazendo em o Hobbit. Só que ao menos lá ele tenta para somar, mesmo que não seja necessário. Em TWD o cara faz para reduzir.

    1. Depende, você só vê o lado ruim das mudanças ou inovações. Me conte qual o melhor Shane, o da série ou da HQ? Tem nem o que comentar. Outra, Daryl não tem na HQ e é sensacional.

  5. Eu era um dos que estavam um tanto cansados do mais do mesmo, mas todo o episódio acontecia algo interessante pra me fazer relevar. Acabou sendo repetitivo esse lance de invadir a prisão, mas a história é essa mesmo. O legal é que a intensidade foi no limite nesse episódio, que encerrou o ciclo de uma maneira muito boa.

    Realmente triste o Hershel morrer, havia se tornando o meu personagem preferido.

    Quanto a morte do Governador, talvez não tenha sido tão dolorosa fisicamente como ele merecia, mas psicologicamente o cara se f…: na hora exata em que mata o Hershel aparece aquela menina que ele gostava prestes a virar zumbi, toma um golpe da rival michonne e quem finaliza o processo é a mulher que ele também gostava. Ou seja…

    Quanto a mudanças da HQ… estou pouco me lixando, amigo. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Se preocupar com isso é ser CHATO e nada mais.

    1. Complementando o que você comentou no final, e tem mais, sempre tem a possibilidade de continuar apenas lendo as HQs e deixar a série de lado.

      Quando um seriado está ficando ruim pra mim, eu largo de mão sem dó. A vida é muito curta para se stressar com coisas que deviam, na verdade, estar nos distraindo e divertindo hehehe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>