Dead Shadows

Lançado em 2012, “Dead Shadows” vem sendo exibido em alguns festivais internacionais e já tem previsão para aparecer aqui no Brasil (provavelmente em home video) em 2014 e trata-se de uma ficção científica de horror (numa pegada que lembra o estilo HP Lovecraft) produzida e criada na França. Contando com uma premissa interessante e cheia boas intenções, é uma pena que o resultado final seja bastante prejudicado por conta do escasso orçamento e também da falta de talento.

Apocalypse party dead shadows

Na história conhecemos Chris (Fabiam Wolfrom) que 11 anos após ter presenciado o terrível assassinato de seus pais, no mesmo dia que o cometa Harley ‘visitou’ o planeta terra, leva a sua vida de nerd com suas inabilidades sociais enquanto um novo cometa promete passar próximo ao nosso planeta novamente e assusta boa parte da população.

Chega a noite (e o tal cometa também), as pessoas começam a agir bastante estranho e a escuridão (que ele tanto teme desde quando era criança) toma conta das ruas. Após conhecer a sua sensual (e nariguda, aliás, todas as atrizes aqui possuem belas napas de narizes) vizinha (Blandine Marmigère), Chris é convidado para uma festa estranha com gente esquisita, e o tema é o fim do mundo. Interessado na garota ele vai a tal festa e é lá que as coisas começam a fugir do controle. As pessoas começam a agir bastante fora do normal e parecem estar possuídas com um espírito assassino.

8-1-filtered

A parte “terror” do filme conta até com uma maquiagem razoável, já a parte dos efeitos especiais conta com um CGI que se não é dos melhores pelo menos dá o recado. As pessoas vão se transformando numa espécie de zumbis misturado com demônios, algo desse nível. Uma força (alienígena) se apodera das pessoas que começam a ter enormes garras (e outros itens pontudos que não vou mencionar aqui porque é um blog de família apesar do nome). É aí que entra em cena o vizinho de Chris (John Fallon, “Corrida Mortal”) com seu arsenal de armas, tacos de baseball e uma espada para, juntos, tentarem sobreviver ao verdadeiro inferno que tomou as ruas de Paris.

Com um orçamento visivelmente limitado, “Dead Shadows” começa apenas ruim, mas a medida que o tempo passa vai piorando. As atuações são até esforçadas e toda a premissa e ideia do filme é até bacana, diria que pela coragem (e ideia) valeria até 4 ou 5 controles, mas infelizmente o resultado final não é bom, na verdade sendo franco, é bem ruim.

Claire-1-filtered

***

  1. Apesar da minha triste classificação, só pela premissa e até mesmo pela vontade dos envolvidos em entregar algo interessante, “Dead Shadows” merece ser assistido por quem curte o gênero horror ou quer apenas dar algumas risadas vendo algo ‘trash’.
  2. Rola um pouco de nudez no filme, inclusive tem uma “mulher-aranha” numa das cenas finais.
  3. Não são bem Zumbis alienígenas, mas é algo próximo disso.
  4. Assista o trailer abaixo…

 


Ruim: Classificação 1 de 5

Dead Shadows posterDead Shadows (2012 – 75 min)
Horror, Ficção Cinetífica

Dirigido por David Cholewa com roteiro de Vicent Julé. Estrelando: Fabiam Wolfrom, John Fallon e Blandine Marmigère.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

5 Comments

  1. O trailer é bacana até, pensando dentro desse gênero meio trash aí. Achei que ia rolar pelo menos dois controles. Bom… tá com 4 no IMDb e comentários nada encorajadores. haha

    Esse é pros fortes.

    Post a Reply
  2. interessante,apesar da sua nota ser baixa isso deve ser um trash bem bacana,eu já tinha visto esse filme nos sites que eu frequento,mas nunca cheguei a assistir de fato,agora acho que darei uma chance pois gosto de filmes assim,valeu a dica 🙂

    Post a Reply
    • É isso Vanessa, merece ser assistido por quem curte o gênero apesar da minha nota, até mesmo porque as ideias apresentadas são bacanas e deu pra ver que a galera que produziu queria entregar uma obra muito melhor, infelizmente a falta de grana e apoio complicaram as coisas um pouco. Mas assista.

      Post a Reply
  3. Os efeitos especiais do filme são dos melhores apesar de ser um filme trash…as francesas são narigudas mas são gostosas a cena da mulher- -aranha-alien-gostosa também impressiona…. o roteiro do filme é perdido com final fraco mas razoável…

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.