Minha Mãe é uma Peça

O enorme sucesso nos teatros foi a motivação principal para trazer  para os cinemas a obra “Minha Mãe é uma Peça”, criação do ator Paulo Gustavo que além de ser o protagonista da história assina o roteiro nesta comédia que entrega exatamente o esperado, boas risadas.

Na trama do filme acompanhamos a história de dona Hermínia (Paulo Gustavo) que após ouvir uma conversa entre seus filhos (Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo (“Faroeste Caboclo“)) com seu ex-marido (Herson Capri) e sua nova e fútil namorada (Ingrid Guimarães, “De Pernas pro Ar”) por descuido deles, resolve sair de casa e ficar uns tempos com sua tia (Sueli Franco) desabafando todas as suas angústias e sofrimentos de ser mãe e também recordar os bons tempos do passado.

paulo-gustavo-durante-filmagem-do-longa-minha-mae-e-uma-peca-em-estudio-na-zona-portuaria-do-rio-novembro2012-1354110298327_956x500

A verdade é uma só, não fosse o talento do ator Paulo Gustavo interpretando a mãe/dona de casa hiperativa e MALUUUUCA dona Hermínia esta produção dificilmente funcionaria. Como filme , “Minha Mãe é uma Peça” deixa a desejar em alguns aspectos mas o show que Paulo Gustavo dá em sua atuação faz valer todo o filme. Ainda existe espaço para uma daquelas lições batidas (mas sempre válidas) sobre o que é ser mãe e a relação com os filhos já nos momentos finais que serve para fechar a história de maneira digna e do jeito que o público alvo de produções deste gênero tanto gosta.

Se o principal em uma comédia é fazer o espectador rir, acredito que mesmo sendo uma obra que não tenha muito o que oferecer além de um show de piadas e situações inusitadas, “Minha Mãe é uma Peça” trata-se de uma opção válida e interessante para aqueles que querem ir ao cinema dar algumas boas risadas, nada além disso.

***

  1. Resolvi aproximar a classificação para cima (daria 2,5 estrelas de 5) por medo de dona Hermínia aparecer para gritar comigo com aquela sua voz estridente e esganiçada.
  2. Existe uma cena nos créditos com mãe real do ator Paulo Gustavo que é muito engraçada e nos faz entender o porquê dele dedicar uma peça de teatro e um filme a ela.
  3. Agradecimentos especiais ao Salvador Norte Shopping pelo convite para assistir ao filme durante o lançamento de sua revista.

minha-mae-e-uma-peca-o-filme-official-poster-banner-promo-poster-nacional-27abril2013-01Minha Mãe é uma Peça (2013 – 85 min)
Comédia

Um filme de André Pellenz com Paulo Gustavo, Ingrid Guimarães, Herson Capri, Mariana Xavier, Rodrigo Pandolfo e Sueli Franco.

.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

7 Comments

  1. O texto é bem escrito e a atuação de Paulo Gustavo vale o filme.
    E é melhor que grande parte das comédias nacionais no cinema.
    Assista o programa dele no Multishow: 220 voltz. Você vai curtir.

    Post a Reply
  2. Hmmmm eu tava esperando você falar desse filme pra saber se via o não. Acho que vou esperar sair em dvd.

    Post a Reply
  3. É isso, o filme é fraco, mas Paulo Gustavo é ótimo humorista e acaba nos conquistando. E a mãe dele parece mesmo mais maluca que a personagem. Kkkk

    Post a Reply
  4. Cruuuzeess..†††††††††††

    Post a Reply
  5. Eu achei divertidíssimo e recomendo!

    Post a Reply
  6. Estou curioso para ver (ainda)

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.