Depois da Terra (After Earth)

Depois de não agradar muito com seus trabalhos mais recentes, o outrora idolatrado por todos M. Night Shyamalan resolveu aceitar trabalhar em um projeto com um roteiro que não foi escrito (originalmente) por ele pela primeira vez em 20 anos de carreira e o resultado disso é a aventura de ficção científica “Depois da Terra (After Earth)” estrelado por Will e Jaden Smith (que a divulgação fez tanta questão de destacar em detrimento ao nome do diretor) e que, ao contrário do personagem principal, trilha um caminho bastante seguro.

1108146 - After Earth

Na trama acompanhamos pai (Will Smith, “Homens de Preto 3”) e filho (Jaden Smith, “Karatê Kid”) que sofrem um acidente espacial e acabam caindo no planeta terra 1000 anos após a humanidade o ter abandonado por falta de condições de vida. Passado um milênio a Terra se “adaptou” a ser “anti-humanos”, os animais e a natureza evoluíram e sobreviver vai ser uma luta árdua para Kitai que contará com a ajuda de seu pai como guia para recuperar um sinalizador, necessário para localizá-los e resgatá-los, que está distante alguns quilômetros de onde caíram.

O roteiro segue, do início ao fim, um caminho bastante previsível de jornada de amadurecimento e autodescoberta do jovem Kitai que é interpretado com uma certa competência por Jaden Smith, garoto que ao meu ver tem potencial apesar de vez ou outra suas expressões de raiva e frustação parecem um pouco caricatas. Já o seu pai, o novo nepotista do cinema, deixa a desejar e atua de forma pouco convincente. Existem alguns outros coadjuvantes mas que aparecem tão pouco que nem dá pra comentar muito sobre eles.

1108146 - After Earth

Apesar de trazer uma trama sem muitas surpresas, fato que vai contra o que Shyamalan fazia de forma tão emblemática em seus primeiros e grandes trabalhos como por exemplo “O Sexto Sentido”, “Sinais”, “Corpo Fechado” e “A Vila” (um dos meus filmes favoritos de sua filmografia),  e também de não ser ainda a produção que fará com que novamente o indiano caia no gosto geral do público e da crítica, “Depois da Terra” cumpre a proposta de entregar alguns minutos de bom entretenimento e diversão.

***

  1. Sim, eu e mais 10 pessoas em todo o planeta adoram o filme “A Vila”, convivam com isso.
  2. Se Shayamalan segue sua fórmula de reviravoltas e mistérios reclamam que perdeu a graça, se faz um filme “normal” reclamam que falta reviravoltas e mistérios. Decidam-se.
  3. Em alguns momentos é possível ver elementos do velho Shyamalan como o uso da cor vermelha para indicar que o perigo é iminente.
  4. Não sejam chatos, o momento mãe águia gigante foi lindinho.
  5. Shyamalan trabalhou em Avatar que foi adaptado de um desenho, mas um o roteiro foi escrito por ele.

afterearth_articleDepois da Terra (After Earth, 2013 – 100 min)
Ficção Científica, Aventura

Dirigido por M. Night Shyamalan com roteiro de M. Night Shyamalan, Gary Whitta e Will Smith. Estrelando: Jaden Smith, Will Smith, Sophie Okonedo, Zoë Kravitz, Glenn Morshower, Sacha Dhawan e Jaden Martin.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

20 Comments

  1. Man, Shyamalan fez o Avatar que era adaptação do desenho que também não era ideia dele. Corrige isso aí. Aqui a história é de Smith, mas o roteiro é dele.

    E eu assisti ontem e achei bem meia boca. Gosto bastante dos filmes de Shyamalan, mas esse pra mim foi o mais fraco dele.

    Post a Reply
    • Avatar foi uma adaptação de um desenho sim, realmente, mas o roteiro foi escrito por ele já aqui o roteiro foi escrito por Will (que inclusive ‘deu pitacos’ na atuação do filho) e o outro maluco e Shyamalan só fez alterações (poucas) no roteiro depois. Então é a primeira vez que ele trabalhou em um roteiro que não foi escrito (originalmente) por ele.

      Acho que o filme mais fraco dele pra mim ainda é “O Fim dos Tempos”, ali é insuperável.

      Post a Reply
  2. Também concordo com a opinião sobre o filme A Vila.
    Eu achei genial.

    Post a Reply
  3. “O Sexto Sentido”, “Sinais”, “Corpo Fechado” e “A Vila”

    Gosto muito dos 4, principalmente Sinais…

    Mas o cara vem colecionando erros desde então… para mim o pior é a Dama na Água.

    De qualquer forma, como fã de sci-fi e admirador do Shyamalan (apesar de tudo) vou ver de boa vontade e com esperanças de gostar

    Post a Reply
    • A Dama N´água é realmente fraco mas eu até não o acho de todo o ruim, tem um lado que ele utilizou o filme como forma de resposta/protesto as duras críticas que vinha sofrendo e etc… Para mim seus piores trabalhos são ‘Avatar’ e ‘O Fim dos Tempos’ que é literalmente o fim hehehe.

      Tinha esperanças que com este filme ele finalmente trilharia a retomada de seu sucesso, até porque tem aquele outro filme “Demônio” eu acho o nome, que tem uma turma num elevador e coisa e tal que ele ajudou a produzir e já tinha sido razoavelmente interessante. Enfim, não foi desta vez que ele resgatou sua carreira mas achei apenas um filme ‘óbvio’ e razoavelmente divertido.

      Temo que as pessoas hoje insistam muito no fato de ou é maravilhoso ou é uma merda, vivemos num mundo sem meio termos. Enfim, assista sem maiores expectativas e talvez você aproveite alguma coisa hehehe

      Post a Reply
  4. Desculpa Márcio, mas nessa daí não tem como concordar contigo. Dizer que ele interpretou com certa competência é um insulto a outros talentos mirins como Chloe Grace, Elle Fanning e Dakota, quando ainda adolescente.

    O moleque é muito ruim e é um dos muitos motivos que o filme é bem ruim.

    Post a Reply
    • Precisa se desculpar não man, de boa hahahah

      Bom, eu concordo que ele deixa a desejar em algumas partes como eu citei, mas não acho ele um ator ruim e nem vi sua atuação como o grande problema do filme. O pai dele atua bem pior, no automático até. Jaden é bem esforçado e se joga nas cenas, acredito no futuro dele.

      Post a Reply
  5. Então… deu pra divertir, mas não foi tão grandioso como prometido hahahaha por isso dei 2 estrelinhas =P

    Post a Reply
    • Acho que qualquer classificação entre 2 a 3 estrelinhas, nada além disso (nem para cima ou para baixo) é uma classificação válida para este filme. Realmente não tem nada de grandioso nele.

      []´s 😀

      Post a Reply
  6. Caras e bocas, é só isso que Will e seu filho fazem o filme inteiro.
    O filme é muito fraco e tosco, um roteiro com emoção no ralo e efeitos
    visuais pobres. Sinceramente, Shyamalan foi a coisa menos errada do filme.

    Post a Reply
    • Pelo menos em um ponto a gente concorda, não fui de todo “errado” hahhaha.

      Grande abraço!

      Post a Reply
  7. gostei da sua crítica ,e assim como vc eu tbm aprecio alguns trabalhos do shyamalan,eu ainda não vi esse filme,mas verei sim,só que em casa 🙂

    Post a Reply
    • É isso Vanessa, é o tipo de filme indicado mesmo para assistir em casa 🙂

      Post a Reply
  8. desde “A Dama da Agua” que eu num acredito mais em nenhum filme de shyamalan, Esse cara perdeu minha confiança…ele tem que voltar pros filmes de suspense e terror, o que ele mais sabe fazer melhor…esse negocio de filme pra criança que ele ta fazendo num tá com nada….

    Post a Reply
      • acabei de assistir..achei legal, esse é o primeiro filme bom do Shyamalan desde “A Vila”…

        Post a Reply
        • É isso é legalzinho mesmo. Vamos torcer que ele volte a ser o velho Shyamalan agora que já pegou algum confiança.

          Post a Reply
  9. Shyamalan é, sem dúvida bom cineasta, mas não sei o que aconteceu, especialmente para dar-lhe a oportunidade de Jaden Smith, ou talvez não sabe nada não funciona bem, mas o fato de que pai e filho deixam atrairía telespectadores, eu acho é por isso que eu fiz isso! De qualquer forma, não é um filme que iria jogá-los fora!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.