A Morte do Demônio (Evil Dead)

Desde que as primeiras imagens, trailers e informações a respeito da refilmagem do clássico cult de terror ‘Evil Dead’ foram sendo divulgadas, “A Morte do Demônio” rapidamente ganhou, para muitos, o status de uma das produções mais esperadas de 2013. Tanto para os fãs que se divertiram com o original quanto para a nova geração acostumada com tanto filme gore e doentio, a nova versão do clássico “Um Noite Alucinante” cumpre as expectativas e traz uma produção de horror digna de pregar o espectador na poltrona do cinema.

evildead-scream

Na trama acompanhamos cinco jovens (David, Eric, Mia, Olivia e Natalie) chegando a uma cabana remota no meio da floresta para passar uns dias. O intuito é tentar ajudar Mia (Jane Levy) a superar sua dependência das drogas e, além de seus amigos, ela precisará contar com a ajuda do seu irmão David (Shiloh Fernandez) que nunca esteve muito presente em sua vida. A descoberta de um livro há muito tempo esquecido acaba despertando uma presença demoníaca que pretende acabar com a vida de cada um deles.

Difícil não comentar sobre “A Morte do Demônio” sem fazer comparações com o clássico original “Uma Noite Alucinante” e, sem dúvidas, o que mais chama a atenção é que esta nova versão deixou o lado mais trash/cômico do original para caminhar por um lado mais sangrento. Os sustos são poucos, é verdade, mas depois que o barbudinho de camisa xadrez e óculos estiloso recita as palavras proibidas do livro dos mortos – provando de uma vez por todas que hipster só faz besteira – o filme se transforma numa sucessão inacreditável e bastante sanguinolenta de dor e sofrer. Tome desmembramentos, moto-serras, desfacelamentos, pregos na cara e por aí vai.

O cineasta uruguaio Fede Alvarez, que ficou famoso depois de lançar um curta em 2009, faz aqui uma ótima estreia em longas-metragens. Claro que seu trabalho ficou mais tranquilo por contar com os nomes de Sam Raimi (responsável pela obra original de 1981) e também de Bruce Campbell (o ator que viveu o emblemático Ash, protagonista da franquia clássica) na produção. Alvarez, que também participou da construção do roteiro, soube trabalhar muito bem com o jovem e pouco conhecido elenco além de deixar o medidor de tensão em alta durante quase todo o tempo. Há um cuidado na história que deve ser levado em conta também e que as vezes fazem falta em produções do gênero. Até mesmo os diálogos são bem trabalhados.

evildead-scary

Os jovens atores entregam atuações competentes e são até melhor atores do que eram os jovens do original (mais uma vez comparando) , ainda assim, ficou faltando um pouco do carisma do icônico Ash (se é que também caberia num filme que não nos deixa espaço para rir). Existe ainda uma reviravolta meio desnecessária envolvendo os irmãos mas que logo é deixada de lado para uma sequência final digna de orgulhar o grande Slayer.

A pegada mais visceral e sangrenta de “A Morte do Demônio”, que soube utilizar muito bem a censura de 18 anos, é muito bem vinda e, por mais que não seja um filme perfeito, desde já se consolida como uma das melhores produções de terror de 2013. Um banho de sangue e aflição para os fãs de horror se deliciarem nos cinemas.

***

  1. O filme possui algumas homenagens ‘escondidas’ ao clássico, os fãs mais atentos vão encontrar (inclusive depois dos belos créditos finais).
  2. Sim, a inicial do nome dos personagens forma a palavra DEMON.
  3. Se pudesse daria uma nota 4,5 de 5.

evil-dead_poster_brazilA Morte do Demônio (Evil Dead, 2013 – 91 min)
Terror, Horror

Dirigido por Fede Alvarez com roteiro de Fede Alvarez e Rodo Sayagues. Estrelando: Jane Levy, Lou Taylor Pucci, Shiloh Fernandez, Jessica Lucas, Elizabeth Blackmore, Jim McLarty, Lorenzo Lamas, Rupert Degas e Phoenix Connolly.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

25 Comments

  1. Saudosismo total. Ao assistir não há como não recordar do Cine Trash, transmitido pela Bandeirantes. Muito ketchup e cenas exageradas e absurdas!
    Bem produzido, mas acho que não vale o ingresso.

    Post a Reply
    • Achei este filme MUITO bem produzido também e acredito que, tanto pela diversão quanto pelo saudosismo, é uma daquelas obras que vale sim a ida ao cinema. Discordo de você apenas nesse ponto.

      Abração! 🙂

      Post a Reply
  2. Não sei se tenho estomago para encarar esse filme aí, não.

    Post a Reply
  3. Acho bem bacana o trabalho do Porra,man, realmente os posts são muito bons! Então parabéns pra vc Marcio Melo!Com relação a esse filme estou louco de vontade de vê-lo apesar de que quando eu ver eu vou acabar me arrepedendo!
    Mas Marcio segundo vc o seu time nunca ganhou nada, então por acaso vc é atleticano?

    Post a Reply
    • Fico feliz meu caro, de verdade. Tanto eu quanto todos que escrevem aqui só recebemos como troca por nosso ‘trabalho’ os elogios. Obrigado.

      Quanto ao meu time eu torço para um time perdedor de verdade, o grande leão da barra, o Vitória! Pelo menos chegamos novamente à primeira divisão, só não sei se dura 1 ano sem cair novamente hehehehe

      Post a Reply
  4. Jovem, eu estava esperando apenas sua análise para colocar esse filme na minha pauta. Pensei sinceramente que seria mais uma bomba, e pelo visto não é, graças a Deus. O único problema é que o cinema mais perto não exibe esse tipo de filme. Terei de esperar o dvd…

    Post a Reply
  5. O blog é seu man, você pode dar o que quiser e a nota que quiser.
    ehehehehehe
    Vou ver se assisto ainda essa semana.

    Post a Reply
    • A questão é, aí eu teria que botar um “meio controle” e porra, que trabalho daria de fazer a imagem, armengar… Por isso eu deixo a imagem com 4 controles mesmo, aproximo as vezes para baixo, as vezes para cima…

      Post a Reply
      • Porra man, fui assistir o filme ontem e achei sensacional. Mole seu que não deu 5 controles. E você ficou até o final dos créditos pra ver a cena escondida né? eheheheh

        Post a Reply
        • Não achei perfeito man, por isso aproximei para baixo e não para cima (4,5 controles é a nota hehehe).

          E quanto a cena escondida, só uma coisa: “Groovy”

          Post a Reply
  6. Eu concordo muito com o final. Acredito que o longa estará entre os melhores de 2013 no gênero até porque o pouco que vi para o futuro da categoria este ano a coisa está bem sombria. Acredito que o melhor já passou (Mama e este).

    Mais uma vez, no entanto, não consegui olhar de forma tão benevolente frente às mudanças para o original. O final não teve o mesmo impacto, dando a sensação que fora ali inserido apenas para servir para matar a sede dos fãs do primeiro.

    A perda da canastrisse não é bem-vinda e depõe contra o balanço de como a obra foi pensada. As opções de banhos de sangue com muita tinta guache ou groselha e sucrilhos não ficou a contento na minha opinião. Esperava mais, independentemente se foi por escolha da equipe ou por limitação de orçamento já que o filme contou com apenas 14 milhões de investimento.

    Tudo isso, porém, não faz do filme ruim, mas ele deixou a desejar sob minha perspectiva.

    Post a Reply
    • Não sei man, não é questão de benevolência, eu ficaria chateado mesmo se o final fosse aquele melodrama de irmão e gerigonças ressucitatórias… aí sim.

      Mas aquele final ao melhor estilo Rainy Blood de Slayer achei divertido DEMAIS.

      Abração!

      Post a Reply
  7. muito bom esse remake, só faltou ser engraçado como o original,mas como vc disse o filme não teve espaço pra isso por ser bem mais sério.enfim,muito legal esse remake,adorei o gore dele,sem falar que é muito bem feito.mas vc acredita que eu perdi a cena depois dos creditos? é foda,fui com uma galera,mas comopegamos uma sessão tarde da noite fomos embora apressados, todos nós,pena vc não poder me contar dando spoiler aqui né? foi triste 🙁

    Post a Reply
  8. vou correndo agora….

    Post a Reply
  9. Agora entendi porque alguns críticos falaram em continuação. Se inovarem no próximo que façam de uma forma mais adequada.

    Se chegar no 3 podem mudar tudo nele. 😛

    Post a Reply
    • Supostamente Bill, parece que Sam Raimi demonstrou interesse em fazer uma continuação da franquia clássica. Vamos ver se vai pra frente essa ideia…

      Post a Reply
  10. O filme é bom mas não daria 4 controles no maximo 3 a historia se perde um pouco e o final é no minimo sem graça.Gostei do horror em si.Houvi dizer qu farão o segundo filme espero que caprichem no roteiro.

    Post a Reply
    • Cara, eu gostei mais do final do que do início, acho que o filme começa devagar e tem um momento envolvendo os irmãos que quase estraga, mas depois que começa a chover sangue… Porra, Man! Achei bala demais.

      E quanto o roteiro eu prefiro um roteiro simples, enxuto e direto a ter um roteiro todo cheio de “engenharia” e que não funcione, o propósito aqui é esse mesmo, 5 jovens sendo aniquilados pelo demo.

      Bom, pelo menos eu entendi assim.

      Abração 🙂

      Post a Reply
  11. Na verdade eu fiquei um pouco decepcionado pq criei muita expectativa nele,um amigo meu disse que era tão bom quanto o antigo exorcista.Pensei Porra Man vai marcar historia então,a cena da chuva foi sencasional mesmo isso eu concordo.O que você acha desse novo filme Guerra Z vale a pena?

    Abração Marcio.

    Post a Reply
    • Seu amigo foi um Troll né? Exagero dele demais, provavelmente nunca assistiu “O Exorcismo” pra fazer uma comparação dessas, convenhamos.

      E expectativas muito altas as vezes acontece isso mesmo, a gente se decepciona um pouco. Fora que, você e qualquer um pode claramente discordar da minha opinião hehehe

      Porra, man, Guerra Mundial Z é um dos filmes mais esperados por mim neste ano. Acho que tem potencial para ser muito bom mas, como sou macaco velho, vou conter minhas expectativas para não quebrar a cara lá na frente.

      Grande abraço man!

      Post a Reply
  12. Contenha mesmo Márcio, pelo que ando vendo do Guerra Z será um blockbuster genericão. GOGOGO IRON MAN 3 HOJE!

    Post a Reply
    • Calma Bill, deixe de ficar morrendo de véspera. Vamos dar uma chance ao filme hehehehe

      Post a Reply
  13. eu goste, muito bem feito…um pouco forte mais deu pra aguentar….até que enfim um terror de verdade.. depois de anos só saindo porcarias de Exorcismos e Atividades Paranormais..

    Post a Reply
    • Isso, muito bom realmente. Acho que do gênero terror/gore foi o melhor que vi até agora neste ano.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Os 13 filmes mais esperados de 2013 - Porra, man! - [...] A Morte do Demônio (Evil Dead) - 2013 | Porra, man! says: [...]

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.