A Felicidade Não Se Compra (It’s a Wonderful World) – 1946

Classificação 5 de 5

It's a Wonderful Life - PosterA Felicidade Não Se Compra (It’s a Wonderful World, 1946 – 130 min)
Drama.

Dirigido por Frank Capra, roteiro de Frances Goodrich, Albert Hackett, Frank Capra, Jo Swerling e Michael Wilson, baseado em uma história de Philip Van Doren Stern. Elenco Principal: James Stewart, Donna Reed, Lionel Barrymore, Thomas Mitchell e Henry Travers.
.

.

.

.

Há anos eu digo que não gosto de Natal, porque, exatamente, eu não sei, mas eu não gosto. Apesar disso, eu sou, digamos, profissional aqui dentro desse blog e, já que estamos na época do ano em que as atenções se dividem entre o nascimento de Jesus e os presentes do Papai Noel, resolvi trazer para vocês o filme que é apontado como o maior clássico natalino de todos os tempos, It’s a Wonderful Life.

It's a Wonderful Life - Imagem 1

O filme conta a história de George Bailey (James Stewart), um homem altruísta e muito generoso que enfrenta graves problemas financeiros na véspera de Natal. Seu bom caráter faz com que ele seja muito querido por todos, que rezam aos céus para que o ajudem, o que faz com que o anjo Clarence (Henry Travers) seja mandado para lhe mostrar a vida maravilhosa que tem.

Se esse texto tivesse uma limitação de caracteres, como o Twitter, eu descreveria It’s a Wonderful Life apenas com três palavras: “uma agradável surpresa”. Como eu disse, não gosto de Natal, mas o filme é tão bom que gostei até dos momentos de magia, com a presença implícita do famigerado “espírito natalino” e tudo o mais. A história é interessante desde os primeiros minutos e culmina com um “milagre de Natal” muito bem bolado. O filme em si só fica um pouco estranho no momento do diálogo celestial que convoca Clarence para ajudar George, que representa os anjos como estrelas falantes (só vendo), mas que, como dura pouco tempo, não estraga o conjunto da obra.

Dizem que este é o filme preferido do currículo de Capra, e eu não duvido, afinal ele foi nomeado a 5 categorias no Oscar, dentre elas a de melhor direção (melhor filme, melhor ator, melhor diretor, melhor edição e melhor som).  Dentre essas indicações, outra surpresa interessante, além da boa história, é a presença de um jovem e talentoso James Stewart, esbanjando talento como sempre, mas dessa vez sem estar sob a direção de Hitchcock.

It's a Wonderful Life - Imagem 2

Pra quem gosta de Natal, It’s a Wonderful Life é um filme indispensável, e pra quem não gosta, também é. Além do clima natalino esse grande clássico traz uma história muito interessante, mostra o lado positivo da vida e a importância que cada um de nós têm para o mundo que nos rodeia. Com certeza uma boa pedida para essa época do ano…mas só para aqueles que se comportaram bem durante o ano.

“Lembre-se, George: nenhum homem é um fracasso quando tem amigos”
– Clarence

Related Posts with Thumbnails

Author: Elvis José Alves

Um velho com pouco mais de 20 anos, estudante de Direito, admirador da sétima arte e antiguidades (geralmente ao mesmo tempo), roteirista e Jedi de fim de semana. Passa o tempo livre assistindo filmes e séries, escrevendo e adiando as coisas realmente importantes.

Share This Post On

2 Comments

  1. valeu a dica ,mas já passa tanto filme de natal nessa época que eu nem aguento mais,esse falso clima de fraternidade e união me enoja e por isso tbm acho natal um saco,aliás sou bem chata quando se trata dessas festas em geral,só gosto do hallowen,deve ser porque sou gótica hahaha.mas enfim,sou meio do contra mesmo.

    Post a Reply
  2. linda historia a desse filme.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.