[VILÕES] Patrick Bateman – Psicopata Americano 2001

Sempre que o Christian Bale está em um filme eu o coloco automaticamente no topo da minha lista de prioridades. Algumas produções eu gosto, outras eu me pergunto como ele foi parar naquela furada… mas meu interesse pelos trabalhos de Bale começou quando assisti pela primeira vez Psicopata Americano.

Patrick Bateman é um homem bem sucedido, bonito, inteligente e muito competitivo. A real figura de um yuppi de Wall Street. A diferença entre ele e os outros jovens executivos endinheirados é um traço da personalidade: Patrick é um psicopata.

Logo que o filme começa podemos ver um homem metódico, disciplinado, metrosexual, incrivelmente cuidadoso com o próprio corpo e com sua imagem perante ao espelho. Na verdade o que instiga Patrick não é o que ele vê reflexo mas sim o que os outros deveriam ver. A úncia coisa que importa para ele é o que as pessoas devem achar que ele é! Não importa se ele é rico, bem sucedido, bonito, todos precisam corroborar isso. O reconhecimento é o que o move. Podemos ver isso em uma cena maravilhosa onde acompanhamos um embate entre cartões de visita.

O caráter de Patrick é totalmente distorcido. Aquilo que ele é por fora é oposto ao que é por dentro e podemos perceber isso nas cenas de tortura e morte protagonizadas por ele. A maneira que ele espanca um morador de rua me lembrou uma cena do filme Laranja Mecânica mas com o passar do tempo entendemos que Patrick e Alex são muito diferentes. O narcisismo do nosso vilão chega ao ápice quando ele faz sexo com uma mulher enquanto se olha no espelho fazendo caras e bocas. Seu quase teatro poderia ser cômico se não fosse trágico quando elimina seu rival com um golpe de machado ou quando trucida prostitutas com uma serra elétrica.

ZONA DE SPOILER 

(Para ler é só marcar o trecho em branco logo abaixo)

 O mais incrível em Patrick é que ao final do filme, nos damos conta que tudo que vimos ali foi fruto da imaginação dele. As mortes sangrentas, a conversa com o detetive, toda esta parte onde ele coloca em prática seu traço psicótico foi na verdade aquilo que ele gostaria de ter feito… mas não fez. Isso deixa Patrick muito mais real e próximo de todos nós. Quantas pessoas já imaginaram como seria se vingar de alguém? Eliminar um rival? Tudo bem que matar uma pessoa nunca passou pela minha cabeça, nem de brincadeira, mas ficar no campo da idéia e não da prática é muito mais plausível para a maioria das pessoas. Mas é bom lembrar que não é porque ele não fez todo aquele banho de sangue que o torna menos perigoso. Patrick Bateman é um psicopata, uma bomba relógio. Ele só não explodiu por conta das implicações de suas atitudes.

Eis um verdadeiro psicopata americano.

Related Posts with Thumbnails

Author: Dani Vidal

Dani Vidal (@danividal) é formada em Relações Públicas e autora do blog Feminina. Apesar de não dispensar um terror recheado de zumbis, chora copiosamente com um bom drama. Acho que nossa postura com a sétima arte é como se achar técnico de futebol. Ninguém é especialista mas todo mundo tem uma opinião e adora criticar a escalação.

Share This Post On

4 Comments

  1. Filmaço.

    Post a Reply
  2. adoro esse filme,e que aTuação maravilhosa essa do Cristian Bale neste filme,fiquei horrorizada com o personagem dele ,o pior é que tá cheio de gente igual a ele por aí neste mundo,que medo. e Dani,se não tiver mas ninguem comentando neste post fique tranquila,pois eu e o fred krueger,duas presenças ilustes já marcamos presença hahaha…..

    Post a Reply
  3. porra errei,coloquei ilustes no lugar de ilustres,como sou leza,foi mal galera hahaha.

    Post a Reply
  4. Vou caçar este filme, me interessei muito!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.