Não é todo mundo que curte um musical e, confesso, também não tenho muito amor por obras deste tipo, mas de vez em quando surge alguma coisa interessante e “Rock of Ages” me fisgou por se prestar a homenagear o Rock´n´Roll, em especial a fase que eu mais gosto e “participei”, os anos 80 e 90. Falha ao tentar romantizar/dramatizar (desnecessariamente) a história, mas para todos aqueles que sabem que o rock não morreu existem várias ‘apresentações’ e momentos bastante divertidos.

Na trama uma jovem garota do interior (Julianne Hough) ‘esbarra’ com um garoto (Diego Boneta) que trabalha no bar/casa de shows Bourbon na Sunset Strip. Ambos estão correndo atrás de seus sonhos de virar um grande cantor e ter fama, coisa que Stacee Jaxx (Tom Cruise, “Missão Impossível”) já vivencia muito bem.

Antes da primeira imagem ser exibida já somos recepcionados com “Paradise City” do Guns N`Roses e, a partir daí, é uma sequência sem fim de grandes sucessos do rock, dando espaço inclusive para algumas baladinhas – como More The Words do Extreme, uma de minhas canções favoritas (sim, sou brega) – e muitas delas em versões bastante interessantes e que são extensões dos diálogos entre os personagens.

O elenco está bem, tem um outro que fica fora de ritmo mas no geral não tem do que reclamar, Paul Giamatti (“A Minha Versão do Amor”) dá uma palhinha e Zeta-Jones mostra flexibilidade e desenvoltura, mas é Alec Baldwin (“Para Roma com Amor”) e Russel Brand (“O Pior Trabalho do Mundo”) que fazem parte do momento mais ALEGRE de todos. Na linha de frente os jovens Diego Boneta e a absurdamente linda Julianne Hough atuam até bem, uma pena que o roteiro dado a eles seja tão clichê e boboca e os personagens dos dois acabem sendo a pior coisa do filme. O grande destaque fica sem dúvidas com Tom Cruise, da última vez que o vi tão SURTADO foi em “Trovão Tropical”. Simplesmente espetacular sua performance. Alguns rockeiros ainda fazem pontas durante algumas cenas que apenas os mais atentos devem reconhecer.

Mas nem tudo é perfeito, “Rock of Ages” tem uma historinha central que segue aquele estilo chato e enfadonho das comédias românticas com a dupla jovem, muito melodrama e uma situação forçadinha que deve ser IGNORADA por quem o esta assistindo, assim o filme fica MUITO melhor.

No final das contas “Rock of Ages” é diversão garantida para todos aqueles que amam o Rock’n’Roll, aquele estilo que pode ter sofrido com a música pop e todas as modernidades atuais mas que nunca vai morrer, portanto, caso seja este o seu som, coloque uma moeda na jukebox, arranje um tempinho e vá cantar nos cinemas grandes e inesquecíveis sucessos.


Rock of Ages – O Filme (Rock of Ages, 2012 – 123min)
Musical


Dirigido por Adam Shankman com roteiro de Justin Theroux, Chris D’Arienzo e Allan Loeb. Estrelando: Tom Cruise, Julianne Hough, Diego Boneta, Alec Baldwin, Russell Brand, Catherine Zeta-Jones, Paul Giamatti, Malin Akerman, Bryan Cranston, Mary J. Blige e Constantine Maroulis.

Related Posts with Thumbnails