No ano de 2007 o grande Forest Whitaker e seu ‘lazy eye’ levou o Oscar de melhor ator com este excelente filme dirigido por Kevin Macdonald que é adaptado do livro escrito por Giles Foden que conta a história de um brutal ditador que comandava a Uganda na década de 1970. Trazendo ainda uma grande atuação de James McAvoy e tendo conquistado além dos Oscar outros 36 prêmios, da minha Lista de Filmes a Assistir este era o mais “vergonhoso” habitante. Porque demorei tanto de vê-lo? Coisas da vida e da falta de tempo.

A visão que temos da África nesta produção, na época (e acredito que até hoje), foi bastante diferenciada do que era acostumado a se ver por aí. Existe um claro trabalho de minimizar as barbaridades que Amim realizou no mundo real, necessárias para deixar a obra “acessível” para um público mais amplo nos cinemas, ainda assim, todo o trabalho neste quesito é muito bem realizado. A atuação premiada de Whitaker combinada com a também bela atuação McAvoy (“O Procurado”) são a força motriz de “O Último Rei da Escócia”. Fora isso, ainda temos a participação (discreta) da eterna agente Dana Scully (Gillian Anderson) da série “Arquivo X”.

Sedução pelo poder, corrupção, traição, jogos de interesses e a realidade africana como raras vezes foi apresentada nas telas do cinema são motivos mais do que suficientes para fazer você, caro amigo ET que nunca assistiu a este filme, correr atrás do prejuízo.

 

PS: Este texto é uma “Pocket Resenha”, conforme nova resolução minha para dar vazão aos filmes que ainda tenho que comentar.

PS2: Com o tempo prometo melhor meu poder de síntese.

PS3: Opinem assim mesmo ok? Deixem de preguiça! Já basta a minha de escrever.

 


O último rei da Escócia (The last king of Scotland, 2006 – 121 min)
Drama

Dirigido por Kevin Macdonald com roteiro de Jeremy Brock baseado em livro de Giles Foden. Estrelando: Forest Whitaker, James McAvoy, Kerry Washington, Gilliam Anderson e Simon McBurney.

Related Posts with Thumbnails