A cartilha básica das comédias românticas é mais antiga que o próprio cinema, é definitivamente um gênero que não me agrada muito e constantemente procuro evitar. “Amizade Colorida (Friends With Benefits)” não deixa de, no final das contas, seguir a fórmula padrão deste tipo de produção, mas a ótima química dos protagonistas e as boas sacadas apresentadas no filme fazem a diferença.

Na trama conhecemos uma “caça talentos” interpretada por Mila Kunis (“Cisne Negro”) que está tentando fisgar um designer/blogueiro famoso interpretado por Justin Timberlake (“A Rede Social”) para um emprego numa revista conhecida. Ela ganhará um bonito bônus caso ele aceite, mas para isso terá que convencê-lo a trocar a pacata Los Angeles pela agitada Nova York. Uma amizade entre os dois surgem e, tendo em vista todos os desencontros e desilusões amorosas que os dois enfrentaram em suas vidas, eles decidem ter a genial ideia de começarem a fazer sexo, mas sem compromisso, apenas por prazer.

O pensamento que os dois possuem é que um relacionamento sério só iria trazer prejuízos, afinal, sempre que envolve sentimentos começa a dar errado. O ritmo inicial é bem ágil com diálogos e situações bastante divertidas, tudo devidamente contextualizado com o mundo atual, a dinâmica que a tecnologia nos proporciona hoje em dia não é ‘ocultada’ na história como fazem diversas produções, ela está presente e faz parte dos acontecimentos de maneira muito interessante. Além destes aspectos o filme consegue brincar com o próprio gênero em que ele se encaixa, e como é bom rir dos clichês (que quando bem inseridos não fazem mal) e tirar sarro de toda as ‘baboseiras’ manjadas que obras assim nos fazem aguardar.

Fica evidente que nada disso daria tão certo não fossem as ótimas atuações de Mila Kunis e Justin Timberlake (apagando um pouco seu fiasco em “Professora Sem Classe”). Os dois estão muito à vontade nos papéis, tantos nas cenas de humor quanto nas partes mais calientes. As cenas de sexo provocam sem serem de mau gosto e também divertem sem soarem “galhofas”. Fora isso, ainda contamos com um bom trabalho no elenco de apoio.

No final das contas “Amizade Colorida” consegue agradar tanto o público feminino quanto o público masculino. Mas, mesmo com seu jeito modernizado e atualizado, não deixa de ser mais uma jornada de duas pessoas que vão de encontros, separações e desencontros até a conciliação final (se alguém disser que isso é spoiler pode fazer o favor de desaparecer). E quando uma comédia romântica nos faz torcer, ou quanto nada relevar, o tão famigerado ‘final feliz’ nos entretendo e arrancando boas risadas, é porque é mesmo daquelas raras produções do gênero diferenciadas e que merecem um certo destaque.


Amizade Colorida (Friends with Benefits, 2011 – 109 min)
Comédia, Comédia Romântica

Um filme de Will Gluck com roteiro por Keith Merryman, David A. Newman, Will Gluck e Harley Peyton. Estrelando: Mila Kunis, Justin Timberlake, Patricia Clarkson, Jenna Elfman, Bryan Greenberg, Richard Jenkins, Woody Harrelson, Emma Stone e Andy Samberg.

Related Posts with Thumbnails