Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love)

As discussões em torno daquela coisinha louca e estúpida chamada amor (e também tudo o que vem incluso no pacote, relacionamentos, separações, etc) rendem ao cinema diversas histórias. Algumas exploram o lado mais cômico, outras adicionam doses extras de açúcar e criam aqueles romances melosos e, não menos presente, temos os que dramatizam o amor nas telas, tentando trazer a ficção para algo mais próximo à nossa realidade. E “Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love)” é daqueles poucos filmes que conseguem equilibrar de maneira satisfatória estes três gêneros (comédia, drama e romance), trazendo uma história que diverte, ‘ensina’ e que até faz a gente relevar/torcer pelos clichês.

A trama segue a história de Cal (Steve Carell, “Uma Noite Fora de Série”) que recebe sem esperar um pedido de divórcio de sua esposa (Julianne Moore, “Minhas Mães e Meu Pai”) que o traiu com um colega de trabalho (Kevin Bacon, “X-Men – Primeira Classe”). Precisando rearrumar a sua vida, ele acaba conhecendo um verdadeiro conquistador (Ryan Gosling, “A Garota ideal”) que promete o transformar em um pegador nato como ele, fazendo com que Cal mude não só seu visual, mas suas atitudes como homem.

O roteiro é inteligente ao não ficar apenas centrado na história do marido quarentão e sua busca por voltar ao “mercado de trabalho”, temos ainda outras histórias envolvendo seu filho (Jonah Bobo), a babá (Analeigh Tipton), e por aí vai. Glenn Ficarra e John Requa dividem a direção de maneira muito segura e conseguiram trabalhar bem com todo o elenco, que conta com nomes importantes não só na ‘linha de frente’ com Steve Carell (sempre apresentando um excelente timing para a comédia), Julianne Moore (que até mesmo quando parece funcionar no automático não decepciona) e o versátil Ryan Gosling como também nos papéis coadjuvantes, trazendo nomes muito interessantes como Marisa Tomei, a toda linda da Emma Stone (“A Mentira”) e até mesmo o grande Kevin Bacon.

Por conta de toda a química entre os atores, que muitas vezes conseguem passar a mensagem com apenas um gesto ou expressão, a história consegue passear muito bem entre os gêneros, tem a hora de rir, a hora de refletir e, principalmente, rola o lance da identificação. Eu, particularmente, me identifiquei muito com o personagem principal, sei que isso não é lá muito bom até porque tive promessas de levar vários tapas na cara. Sem contar que casais que estão com o relacionamento um pouco “balançados” devem assumir o risco ao assistir “Amor a Toda Prova” e torcer para que a identificação venha mais para o final da história.

Em uma das melhores cenas o personagem de Carell comenta “Que Clichê!”, e de fato o filme não deixa de ter uma boa dose de situações manjadas, decisões um tanto quanto incoerentes dos personagens e até aquelas coincidências incríveis, mas não é nada que atrapalhe o ritmo do filme. Nada melhor quando você vai ao cinema e vê algo que lhe arranca boas risadas sem esquecer que você possui um cérebro e que não quis deixá-lo do lado de fora ou trocá-lo por um saco de pipocas.


Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love, 2011 – 118 min)
Comédia, Romance, Drama

Dirigido por Glenn Ficarra e John Requa com roteiro de Dan Fogelman. Estrelando: Steve Carell, Ryan Gosling, Julianne Moore, Emma Stone, Analeigh Tipton, Jonah Bobo, Marisa Tomei e Kevin Bacon.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

15 Comments

  1. Ah, Man, tô doido pra ver esse filme… Mas cadê que ele chega na minha cidade? Nem ‘A Árvore da Vida’ deu o ar da graça por aqui 🙁

    Post a Reply
  2. Pois é, um filme inteligente, que equilibra bem os gêneros e nos faz torcer pelo cluchê, hehe. Gostei muito também.

    Post a Reply
  3. Esse tá na minha lista mas só vou ver na terra do caolho. Outro da minha lista e na linha chick flick é o Missão madrinha de Casamento (bridesmaids) que tá todumundo comentando bem.

    Post a Reply
    • E é? Tô por fora desse Missão Madrinha de Casamento, pelo nome eu não assistiria, mas vou dar um saque

      Post a Reply
      • Assisti com a patrôa … é aquela coisa. cooorrrrrrre negada. prestou não.

        Post a Reply
  4. O trailer não me empolgou muito, mas o elenco e as críticas me deixaram com vontade de assistir. Só não sei se vou conseguir ver no cinema.

    Post a Reply
  5. Quatro controles!
    Então parece promissor! Vou conferir!

    Att,
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    Post a Reply
  6. Bom filme mesmo! o Steve Carell e a Julianne Moore estão ótimos como sempre. Vlw pela recomendação Márcio.

    Post a Reply
  7. Gostei do filme só o final que achei besta,só não dei excelente pelo final que é sempre mais do mesmo.

    Post a Reply
  8. ótimo Filme..uma Comedia Fantástica..muito bem divertida…Steve Carell está sensacional nesse filme…ele atua bem pra caramba….vale muito a pena Assistir..e quem gosta de comédia Romântica vai Adorar mais ainda…

    Post a Reply
    • Isso mesmo meu caro, essa é daquelas comédias com romance que valem muito à pena. Diversão garantida!

      Post a Reply
  9. Relutei muito pra assistir mas agora me obrigo a voltar aqui e dizer: vale os quatro controles. O filme é ótimo e me surpreendeu!

    Post a Reply
    • Pode confiar em Steve Carell ele sabe fazer humor e ainda com o novo queridinho do cinema e da mulherada Ryan Gosling as chances de darem certo aumentam.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo - Crítica do Filme | Porra, man! - [...] em um ponto próximo de colisão não deu certo. Em meio ao caos, dois estranhos (Steve Carrell, “Amor a…
  2. O Verão da Minha Vida (The Way Way Back) - Porra, man! - […] de Duncan (Liam James) que vai passar o verão na casa do insuportável namorado (Steve Carell, “Amor a Toda…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.