Rango

Excelente: Classificação 5 de 5

A Industrial Light & Magic (ILM) foi fundada a 30 anos por ninguém menos que George Lucas e neste período foi responsável pelos efeitos especiais de grandes produções. Gore Verbinsky por sua vez foi o responsável pelos três primeiros  “Piratas do Caribe” da Disney e ficou a seu cargo a ‘estreia’ da ILM em um filme de animação nos cinemas e, Porra, Man!, é de arrepiar a qualidade gráfica, visual e todos os ‘bichos’, os personagens, são impecáveis. Pode até não ter uma história impressionante, mas é engraçado, divertido e “Rango” já se coloca como uma seríssima ‘ameaça’ na ‘disputa’ entre a Dreamworks e a Pixar.

A aventura segue a história do camaleão Rango, que seguia tranquilamente com sua vida solitária de animal doméstico até parar no deserto do Mojave. Ao se deparar com o povo local ele começa a fazer o que sabe de melhor, “atuar” e inventar histórias dizendo ser uma perigosa lenda do deserto. Claro que “altas confusões” surgem a partir de suas invenções e “baratinos“. A trama segue então essa jornada em que ele precisa descobrir a sua verdadeira identidade.

O camaleão ator Rango tem a voz de ninguém menos que Johnny Depp (parceiro de Verbinsky na franquia “Piratas do Caribe”) dentre vários outros bons atores no elenco de vozes (isso no original). O convite que recebi foi para ver a versão dublada, ainda que no geral a dublagem esteja muito bem feita, tem aquela história de “ambientar” os sotaques para a ‘nossa realidade’ que pode incomodar um pouco, fica um lance meio caipira mesmo, mas que não atrapalha.

Algumas cenas são inspiradas em grandes sucessos como Star Wars – prestem atenção na caçada em busca da água roubada e toda a perseguição aérea – e funcionam muito bem. Trata-se mesmo de uma grande homenagem aos chamados “Western Spaghetti”. Temos pistoleiros, bandoleiros (aquela bandinha das corujas é incrível) e lendas do faroeste também (tá bom, alguns só fingem ser)

Os personagens são muito interessantes e carismáticos, as apresentações são simplesmente fantásticas e hilárias (a cena do bar é demais). Existem algumas pequenas passagens que poderiam ser mais ‘resumidas’ e também o interesse romântico de Rango com Feijão (voz de Isla Fisher no original) talvez pudesse ser melhor trabalhado, mas isso é tipo querer achar algum ponto negativo numa obra inundada de acertos.

Talvez o que chame mais atenção seja mesmo a impressionante qualidade gráfica, mas “Rango” é muito mais que isso, é uma aventura capaz de divertir as crianças e, eu diria, até mais os adultos que gostam de filmes do gênero. Pode até não ter toda a carga de emoção e genialidade das histórias da Pixar, mas com toda certeza se a ILM continuar nesse ramo tem tudo pra abalar as estruturas de um reinado que até então era difícil de ser alcançado, e o melhor, tudo isso com apenas uma bala, afinal, a gente precisa prestar mais atenção nas metáforas.


Rango (Animação, Comédia, Aventura: 2011 – 107 min)

Um filme de Gore Verbinsky com vozes (no original) de: Johnny Depp, Isla Fisher, Abigail Breslin, Bill Nighy, Stephen Root, Ray Winstone, Beth Grant, Ned Beatty, Harry Dean Stanton, Alfred Molina e Timothy Olyphant.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

17 Comments

    • Deve rolar, eu não tive escolha porque fui convidado pruma pré-estreia. Parece que só vai estrear dia 04 ou 09 de março.

      Post a Reply
  1. Olá…

    Nossa to super anciosa pra conferir este filme…esse camaleão é figura!
    Realmente concordo com vc, a globo que já passa o reality show todo dia, poderia ter dado prioridade ao oscar…Esse bbb fala sério, piada, eu acho que quem vê não tem coisa melhor pra fazer (nada), mas gosto é gosto.

    Parabéns..vai dançar o frevo…já ensaiou os passos??Sortudo vc ein…Depois posta umas fotos aqui…

    até mais!

    Post a Reply
    • Valeu Gil, ensaiei nada, vou é pagar mico lá no Recife 🙂

      Abração!

      Post a Reply
  2. Já vi o trailer dessa animação umas 500 vezes antes de sessões de cinema. Confesso que não me empolguei de fato. Devo conferir mesmo assim, já que merece “5 controles”.

    Abs.

    Post a Reply
    • Bom, eu particularmente achei mesmo excelente. Western “animado” ficou bem e mesmo que vc não goste tanto quanto eu aposto que irá quanto nada se impressionar pela qualidade gráfica da animação.

      Post a Reply
  3. Deve ser o protagonista mais feio de uma animação
    Mas não por isso menos simpático, como exige a função
    Um camaleão metido a artista, que não sabe quem é
    Tal qual sua espécie, define: “posso ser quem eu quiser”

    Se depara no meio do nada, “Poeira” é nome sugestivo
    Com conversa fiada vira herói: “matei sete com um tiro”
    Daí parte o enredo, com sede, cheio de confusão
    Divide as atenções com uma caipira, seu par: Feijão

    A água é como petróleo: quem a possui tem poder
    Talvez complexo para um menor de 10 anos entender
    Algumas oscilações entre bom e regular: perdoáveis
    Cenas de ação e perseguição impecáveis, impagáveis

    No original, a voz de Johnny Depp é sem dúvida atração
    É ele quem dubla o principal personagem, o camaleão
    Não por acaso, nos Estados Unidos, é líder de bilheteria
    Em um fim de semana arrecada o dobro do que se esperaria

    Por ser infantil, claro, a lição de moral tem que existir
    Mentira tem perna curta e o herói tem que se redimir
    Adultos que gostam de animação podem ir sem problema
    Só uma sugestão: bebam água antes de entrar no cinema

    http://noticiaemverso.com
    twitter: @noticiaemverso

    Post a Reply
  4. Pena que deu sono antes da sessão e cochilei em algumas partes (não por culpa do filme), mas realmente tem bons momentos. Fiquei impressionado com a perfeição de Rango e dos outros. A fotografia na cena do deserto à noite, com Rango e Feijão, é fantástica. Imaginei como ficaria bom como wallpaper do meu notebook. =D

    E fiquei até o fim dos créditos só pra curtir a música final.

    Post a Reply
  5. Porra man, vc viu dublado, sacanagem!
    Espero que quando estrear mesmo tenha cópia legendada.

    Post a Reply
    • Fazer o que? Fui convidado para a pré-estreia e era dublado, infelizmente. To achando difícil surgirem cópias legendadas…

      Post a Reply
  6. Johnny Depp é o cara meu véi..adoro filmes com ele mesmo quando ele Dubla!!

    Post a Reply
  7. Realmente o filme é muito bom Márcio e lamento você não ter conferido a verssão com a dublagem original, Depp estava fantástico mesmo. Eu darai destaque também as presençanas de Alfred Molina e Bill Nighy que vão muito bem. Acho que Rango é um alento para quem espera ver mais estúdios produzindo animações de qualidade.
    Abraços!

    Post a Reply
    • Quando sair em Bluray ou na tv de repente eu vejo a versao legendada, fui convidado pra ver com mais de 1 semana de antecedência nao tinha como recusar. Mas a dublagem nao afetou muito nao, so me incomodei com o sotaque caipira, mas a dublagem estava muito boa.

      abração

      Post a Reply
  8. õi meu nome é gilvan e ai professor clebe estou bem em sua metéria.
    ciências é a matéria melhor do mundo…kkkkkkkkkk
    bjs escola joão prado.

    Post a Reply
  9. o filme ranbo é muito engraçado, que tras de volta os tempos do velho oeste é umfilme muito legal.

    Post a Reply
  10. olha esse filme é bom

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.