Adaptado do romance de Daniel Woodrell, “Inverno da Alma (Winter´s Bone)” leva até o cinema uma faceta americana pouco exibida e conhecida. Não fossem as 4 indicações ao Oscar (melhor filme, roteiro adaptado, atriz principal e ator coadjuvante) dificilmente veríamos passando em nossas salas e, confesso, de todos os 10 indicados ao prêmio de melhor filme deste ano foi o que menos me agradou.

A trama segue a difícil história de Ree Dolly (Jennifer Lawrence) que no alto dos seus 17 anos tem que tomar conta de sua família sozinha, seus dois irmãos mais novos e sua mãe que enfrenta problemas de saúde mental. Além de todos estes obstáculos, ela precisa encontrar seu pai que desapareceu de um julgamento onde ele colocou como garantia de fiança a casa em que eles vivem.

Com um início bastante investigativo e sombrio, como se estivéssemos em um daqueles bons filmes policiais, “Inverno da Alma” vai desenhando aos poucos tudo o que aconteceu. A excelente performance de Jennifer Lawrence já pode ser apreciada desde os primeiros minutos, hora se comportando como uma verdadeira mãe para os irmãos mais novos, hora dura e determinada com os ‘maus’ elementos que vamos conhecendo pelas redondezas. O trabalho de John Hawkes como coadjuvante (o tio da garota) é melhor apreciado mais na metade pro final da trama.

Ainda que possua excelentes atuações e seja um daqueles trabalhos perfeitos para os teóricos cinematográficos (acho que nem existe isso) se deliciarem, “Inverno da Alma” como entretenimento é praticamente nulo. O filme é tão denso que faz com que as cenas de clímax sejam completamente “sem alma”.

Definitivamente não é um trabalho que me agrada, talvez para os estudiosos de cinema e críticos profissionais seja mesmo um grande filme digno de estar entre as 10 melhores produções do ano, para mim, um analista de sistemas que escreve por mera ousadia sobre filmes neste modesto blog, acredito que a classificação “regular” condiz mais com o que (não) senti assistindo a esta obra.


 

Inverno da Alma (Winter’s Bone: Drama,  2010/2011 – 100 min)

Dirigido por Debra Granik com roteiro de Anne Rosellini e Debra Granik adaptando romance de Daniel Woodrell. Estrelando: Jennifer Lawrence, John Hawkes, Kevin Breznahan, Garret Dillahunt e Lauren Sweetser.

Related Posts with Thumbnails