O Garoto de Liverpool (The Nowhere Boy)

Será que ainda existe algo não apresentado sobre os integrantes da maior e melhor banda que o mundo já presenciou? Talvez apenas Ringo Starr tenha algo mais a ser mostrado para o mundo, pena que quase ninguém se importe com isso. Mesmo sem novidades ou relatos curiosos e não divulgados, a vida dos Beatles sempre geram interesse, sejam em documentários, livros ou filmes como “O Garoto de Liverpool (Nowhere Boy)” que explora uma parte da história de vida de um deles, John Lennon.

A trama do filme segue a vida de Lennon ainda na adolescência e foca a questão mais familiar, com os problemas que teve com sua mãe e toda a história de ter sido criado por sua tia Mimi que foi também quem deu sua primeira ‘guitarra’. Acompanhamos também os contatos iniciais dele com a música, como aprendeu a tocar e ainda a formação de sua primeira banda e posteriormente como ele conheceu pessoas importantes (só um pouco né?) como o grande Paul McCartney.

Quem conhece mais a fundo a história deste beatle sabe que ele teve uma juventude bastante transgressora, ele era bem “revoltadinho”. No filme ainda vemos ele surfando num ônibus e fazendo uma ou outra peripécia, mas tudo é apresentado num modo mais “light” do que deva ter sido a realidade.

Coube ao “Kick AssAaron Johnson interpretar John Lennon mas, apesar do esforço, ele deixa um pouco a desejar e até a falta de maiores semelhanças físicas não conta ao seu favor. O melhor trabalho de elenco fica mesmo para Kristin Scott Thomas que interpreta de forma muito segura e emocionante (apesar de no início da história sua personagem ser muito austera) Mimi. Julia, a mãe problemática de Lennon, é interpretada pela atriz Anne-Marie Duff de forma apenas “ok”.

A trilha sonora composta por excelentes canções (como não podia deixar de ser 😛) e todo o belo trabalho na parte técnica que soube deixar a trama interessante até o fim, faz de “O Garoto de Liverpool” um bom filme e que vale a pena ser visto. Pena que lhe falte algo para sair da coleção de “apenas mais uma biografia” para ser considerado um grande filme sobre a vida do músico, poeta, louco, transgressor e, porquê não, gênio, John Lennon.



O Garoto de Liverpool (Nowhere Boy – Drama, Biografia: 2009/2010 – 98 min)

Dirigido por Sam Taylor Wood com roteiro de Matt Greenhalgh. Estrelando: Aaron Johnson, Anne-Marie Duff, Kristin Scott Thomas, Thomas Sangster, David Threlfall, Josh Bolt e Sam Bell.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

8 Comments

  1. Eu fui ver esse filme só por causa de minha mãe e me surpreendi, o filme é realmente bom. E o cara pode não ter tão parecido com John, mas a atuação dele está muito boa. E o filme foge um pouco dos clichês de filmes biografia.

    Post a Reply
  2. Jota, assista que vale a pena.

    Ramon, eu discordo um pouco de você, achei a atuação dele fraquinha.

    Post a Reply
  3. Puts Marcio, esse filme me lembrou mais uma novela do tipo Eramos Seis do que uma cinebiografia, mas como sou “menina”eu gostei, hahahaha

    Falando serio agora, teve pontos que deixaram a desejar, e apesar da trilha sonora maravilhosa (coisa que foi facilitada pela epoca) achei meio exagerada tocar musica durante quase o tempo todo.

    To fazendo resenha dela, logo sai la no “bRog”.

    Abs!

    Post a Reply
    • Poxa, quer dizer que porque eu gostei e sou homem estou em descrédito né? hehehe

      Eu também achei que tiveram pontos que deixaram a desejar, mas o saldo final foi levemente positivo.

      Eu assino seu blog, assim que sair comentarei lá :*

      Post a Reply
  4. É isso, brother. Bonitinho o filme e tal. Achei meio fraquinho. Agora a cena da morte da mãe de John é mto boaa!

    ;*

    Post a Reply
    • Sim, essa cena é realmente muito bem feita, mas no geral é isso que você falou, apenas mais um filme bonitinho, bonzinho, de biografia de cantor.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tweets that mention Crítica: O Garoto de Liverpool (The Nowhere Boy) | Porra, man! -- Topsy.com - [...] This post was mentioned on Twitter by Marcio Melo. Marcio Melo said: RT @porra_man: O Garoto de Liverpool (The…
  2. Os atores de maior destaque de 2010 | Porra, man! - [...] Contato « O Garoto…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.