A Rede Social (The Social Network)

Baseado em fatos reais e recentes, só isso bastaria para trazer a minha atenção para o filme “A Rede Social (The Social Network)” que conta a história sobre os bastidores da criação do Facebook com um olhar mais apurado sobre a controversa figura de Mark Zuckerberg e também do brasileiro Eduardo Severin. Apesar de não ser lá muito empolgante como obra de entretenimento, o grande cineasta David Fincher (O Curioso Caso de Benjamin Button, Zodiáco) mostra habilidade em conduzir a trama de maneira a prender sua atenção do início ao fim.

Caso você seja de marte ou ‘mano dos orkut’, o Facebook trata-se da maior rede social do mundo e fez de Mark Zuckerberg BILIONÁRIO aos 23 anos de idade. O filme é baseado no livro de Ben Mezrich que conta a história da criação da rede social que envolveu farras, sexo, drogas e traições. Não sei bem até que ponto podemos levar as coisas apresentadas aqui como verdade, mas, não tenha dúvidas, trata-se realmente de uma história muito curiosa.

A trama segue a vida de Mark Zuckerberg (Jesse Eisemberg, Zumbilândia) um nerd estudante de Harvard que, com o auxílio (basicamente financeiro, pelo menos foi o que apresentaram aqui) de Eduardo Severin (Andrew Garfield) começa a criar uma rede social primeiramente destinada a estudantes da universidade. A grande questão é que essa ideia foi concebida por outros três estudantes que o convidaram para programar/criar o tal ‘site’. Enquanto se esquiva com desculpas, ele une várias ideias, cria as suas próprias também e faz sozinho o “The Facebook”.

Claro que todas as “traições” e “vinganças” que o desajustado Zuckerberg apronta (sem altas confusões do barulho dessa vez) gera primeiro queixas e depois indiciações judiciais. Aqui entra o dedo (lá ele) de David Fincher, que soube conduzir algo tão batido e monótono com inteligência utilizando a conhecida fórmula de ir e vir na ordem cronológica do tempo, misturando os debates judiciais com os acontecimentos.

Do elenco podemos destacar Jesse Eisemberg que já foi até comparado com Michael Cera. Acredito que ele perca em carisma mas ganha em talento em relação à Cera. Serviu ainda para conhecermos o novo Homem-Aranha Andrew Garfield que faz o brasileiro ‘Wardo’. Fora ele temos Armie Hammer que faz dois irmãos gêmeos, os Winklevoss. Por último destaco ainda Justin Timberlake (que continua a me surpreender como ator) fazendo Sean Parker, um dos fundadores do Napster (primeiro programa de compartilhamento grátis de músicas online) que logo enxergou potencial no “The Facebook” que virou apenas “Facebook” por sua dica.

Por falar de algo tão atual como redes sociais, geração web 2.0 e todos os problemas e benefícios relacionados a essa exposição online que vivenciamos agora, “A Rede Social” se torna realmente um trabalho interessante e que vale a pena ser visto. Se não conseguir te divertir, pelo menos vai lhe render alguns momentos de reflexão.

PS: Acesse meu perfil no Facebook, solicite minha amizade (online ainda é gratuita) e seja feliz.


A Rede Social (The Social Network: Drama, Biografia – 2010, 117 min)


Dirigido por David Fincher com roteiro de Aaron Sorkin, baseado no livro de Ben Mezrich. Estrelando: Jesse Eisenberg, Andrew Garfield, Rashida Jones, Brenda Song, Justin Timberlake, John Getz, Dakota Johnson, Mark Saul e Brian Palermo.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

16 Comments

  1. Acabei de ler o livro esta semana, e estou curioso para ver esse filme. Sei que ele ja estreiou la fora, mas aqui, esta previsto para a próxima sexta. Quero assisti-lo na estreia, mas verei minhas possibilidades.
    Pelo que pude comparar entre a sua resenha e o livro, aparentemente a adapitação foi rigorosa. Me resta esperar até chegar aos cinemas. Fiquei curioso, como você o assistiu antes?

    Post a Reply
    • Fala ai Felipe!! bele?
      O livro que vc esta falando eh sobre o facebook? qual o nome dele?
      abs

      Post a Reply
  2. Espero muito desse filme, principalmente por causa do Fincher (diretor de um dos meus filmes favoritos, “Clube da Luta”).

    Post a Reply
  3. esse filme é bem interessante de se ver, a forma como a historia é contada tira toda a monotonia do filme

    o filme não tem nada muito exagerado em relação a sexo drogas e rock n roll então creio que a maior parte dela seja realmente veridica

    e a atuação dos 3 personagens principais do filme (justin, o homem aranha e o eisemberg) foram muito dignas com destaque ao eisemberg

    Post a Reply
  4. me empolguei justamente por causa de clube da luta, nada mais.

    Post a Reply
  5. Felipe, e eu to curioso pelo livro! Vi antes por um acaso do destino, digamos uma pré-estreia ninja 😛

    João, Fincher tem um curriculo invejavel, eu só destaco geralmente no post os filmes que comentei aqui, Clube da Luta é um clássico.

    Luiz, concordo com seu comentário. É isso mesmo que acho do filme.

    Larissa, Fincher consegue deixar a trama bem interessante, nas mãos de outro cineasta seria uma chatisse tremenda. Assista.

    Alan, não achei excepcional mas é interessante, vale a pena ser visto.

    Post a Reply
  6. Quero muito ver esse filme, quem sabe no próximo fim de semana.

    Post a Reply
  7. To ansiosa pra ver esse filme! Ando falando ate que bem dele…

    Curti teu blog! Mó legal falar de cinema sem se preocupar em ser super certinho e profissional. E ainda aguento gnt criticando falando que dou minha opniao pessoal no meu blog. Claro ué! hehehehehe

    Qdo puder aparece la no Le Matinée!

    Abs!

    Post a Reply
    • Natalia, que bom que gostou. Eu já desencanei dessa turminha ‘intelectual’ que fica reclamando de meus textos pessoas e superficiais. A minha proposta é escrever simples mesmo e tem dado certo 🙂

      Já tô assinando o feed do seu blog, adorei também.

      ´[]´s

      Post a Reply
      • Fala Marcio!! tranquilo?

        seu blog é maneiro! estava a procura de um que falasse com total imparcialidade sobre o cinema e afins! bacana sua iniciativa!
        abss

        Post a Reply
        • Elton, obrigado pelo elogio procuro escrever sem seguir as críticas de outros lugares, as vezes se batem porque alguns filmes são quase unânimes, mas a Rede Social por exemplo não achei excelente, gostei, mas excelente pra mim falta um pouco ainda…

          Post a Reply
    • Thiago eu gostei do filme, mas achei ele superestimado. Não entendo quando o vejo entre a lista dos melhores do ano.

      Post a Reply
  8. um filme muito bom,com um roteiro bem escrito,e envolvente,uma trilha sonora mediana mas que cai bem pro filme,e com uma ótima atuação do ator jesse eisemberg.eu daria nota 9

    Post a Reply
    • Eu realmente não gostei tanto assim de “A Rede Social”, mas sua nota corresponde mais com a opinião da maioria das pessoas que assistiram Mike.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tweets that mention Crítica: A Rede Social (The Social Network) | Porra, man! -- Topsy.com - [...] This post was mentioned on Twitter by Marcio Melo and Mosaico Cultural, Porra,man!. Porra,man! said: A Rede Social (The…
  2. Participe do Concurso Cultural Supernatural e concorra a 5 box da série | Porra, man! - [...] minha crítica do filme “A Rede Social (The Social Network)” que fala sobra a criação do [...]
  3. Os atores de maior destaque de 2010 | Porra, man! - [...] já no finalzinho, interpretou Mark Zuckerberg o jovem bilionário criador do Facebook no filme A Rede Social de David…
  4. E a colé de merma desse Oscar 2011? | Porra, man! - [...] em indicações foram os filmes “O Discurso do Rei“ (12), “Bravura Indômita” (10), “A Rede Social” (8) e “O…
  5. O Espetacular Homem-Aranha (The Amazing Spider-Man) | Porra, man! - [...] algumas mudanças. Existe uma pequena pincelada no passado do jovem Peter Parker (Andrew Garfield, “A Rede Social”) e falando…
  6. Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres (The Girl with the Dragon Tattoo | Porra, man! - [...] há mais de 40 anos e nunca foi solucionado. Uma garota hacker chamada Lisbeth (Rooney Mara, “A Rede Social”)…
  7. Crítica: O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro - […] do primeiro filme da (nova) franquia, vamos acompanhar Peter Parker (Andrew Garfield, “A Rede Social“) tendo que lidar com…
  8. 50 Tons de Cinza (Fifty Shades of Grey) - Um filme inofensivo - […] trama conta a história da jovem Anastasia Steele (Dakota Johnson, “A Rede Social”), uma estudante de literatura com 21…
  9. Amaldiçoado (Horns) - Porra, man! - […] ajudar muito. E se as atuações de alguns coadjuvantes como por exemplo o Max Minghella (“A Rede Social“) ou…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.