The Runaways – Garotas do Rock

The Runaways – Garotas do Rock (The Runaways – Drama, Biografia:  2010 – 106 min)

Direção e roteiro por Floria Sigismondi. Estrelando: Kristen Stewart, Dakota Fanning, Tatum O’Neal, Michael Shannon, Stella Maeve, Scout Taylor-Compton, Alia Shawkat, Riley Keough, Johnny Lewis e Brett Cullen.

O que acabou chamando mais a atenção no filme “The Runaways – Garotas do Rock” não foi a história sobre a primeira banda de rock formada apenas por garotas, mas sim as presenças de Kristen Stewart e Dakota Fanning. De fato a história é mais centrada nas personagens que as duas interpretam, Joan Jett e Cherie Currie, e não sai muito do ‘lugar comum’ de filmes do gênero, ainda assim, gostei do que vi.

Numa época em que o rock era dominado pelos homens (meados dos anos 70) surge então a primeira banda do gênero formada apenas por meninas. A partir de Joan Jett (Kristen Stewart, Eclipse, Adventureland) o produtor Kim Fowley (Michael Shannon) vê potencial e leva a frente a ideia juntando algumas garotas. A banda é fechada com a entrada da vocalista Cherrie Curie (Dakota Fanning, Eclipse, Heróis).

A bem da verdade a trama acaba sendo centrada mais em Cherie Currie, umas vez que é baseada em sua biografia. Joan Jett, que eu particularmente conhecia mais do que a Cherie, não tem o mesmo desenvolvimento mas aparece bem mais do que as outras integrantes da banda que são apenas coadjuvantes.

Apesar de ter em mãos um material bastante interessante, acaba que “The Runaways” se perde algumas vezes em clichês de filmes do gênero. Toda aquela historinha de banda de rock, drogas, desentendimentos e a velha briga por causa do sucesso exacerbado da vocalista.

O grande trunfo do filme está mesmo nas boas interpretações de Kristen Stewart, que está muito parecida com Joan Jett e ainda na presença bastante desinibida de Dakota Fanning que, se não parece muito com a Cherie original, pelo menos não tem vergonha de usar roupinhas provocantes, gritar nos vocais e até beijar a Kristen. Mas o destaque no elenco fica mesmo com o Michael Shannon, que faz um excelente papel como o insano produtor Kim Fowley.

Apesar de ficar devendo em dramaticidade, “The Runaways – Garotas do Rock” consegue entreter com boas performances do elenco e uma história interessante. Trata-se de um bom filme e, mesmo que não tenha retratado de forma fiel todo o caos e anarquia que rodeou o sucesso meteórico destas garotas, vale a pena ser visto por amantes do gênero.

Veja também:

Para quem já viu o filme, assista ao vídeo abaixo com a apresentação original da banda no japão. Perceba como a Cherie era bem mais “mulher” (apesar da idade ser a mesma retratada no filme) do que Dakota e como Kristen ficou muito parecida com a Joan Jett:

Ramon Prates também fez uma crítica do filme, leia clicando aqui.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

16 Comments

  1. Olha que coisa cara, acabei de postar sobre o filme em meu blog, hahahaha. Gostei do resultado final do filme, mesmo seguindo a risca das cinebiografias. Kristen está mesmo muito parecida e Dakota também, só achei ela nas primeiras cenas fracas mas depois melhorou. Shannon é o grande destaque. Com certeza!

    Post a Reply
  2. Pena que não deu pra ver no cinema, mas é divertido.

    Post a Reply
  3. Marcio, obrigado por novamente linkar-me. Só da uma corrigida no nome (faltou o “que”). Abraço.

    Post a Reply
  4. Alan, o nome disso é sintonia hehehe. Dakota é fraca dramaticamente no filme mesmo. Achei divertido.

    Ramon, uma pena, e pelo visto teremos que baixar Scott Pilgrim, foda!

    Doug! Tranquilo man, eu sabia que tinha o “que” na hora de digitar comi uma palavra, que lapso hehehe. Abraço

    Post a Reply
  5. Eu curti os trailers e teasers. Realmente acho que deve valer a pena.

    Post a Reply
  6. Eu acho que o filme foi exatamente como a história da banda: superficial, e não pense q é uma coisa ruim, pq a banada durou realmente, muito pouco.. foi intenso mas não profundo,… e o filme passou isso pra mim!
    e sinceramente a kristen é muito ruim, é só tu ver outros filmes dela e descobrir q ela é SEMPRE desse jeito, ela pode ate ter ido bem fazendo a jett pq tem um jeito parecido.. mas é sempre aquilo ali.
    Agora dakota não, essa me impressiona seeeempre, ela até ontem fazia menininhas em filmes, agora ela ta fazendo uma mulher, e muito bem feita, pq ela ficou muito linda, sexy,atraente… CARAM, eu amei a dakota, o filmee valeu pela cherie 😀

    Post a Reply
    • A Dakota é melhor atriz que a Kristen, nisso concordo contigo, mas neste filme Dakota ficou devendo um pouco e não vi nada de ruim na senhorita Stewart neste filme.

      Mas o que quis dizer é que foi um filme muito “leve” para uma época tão louca e intensa quanto os anos 70, ainda mais no meio do rock.

      Valeu pelo comentário Amanda, um abraço 🙂

      Post a Reply
  7. Não curti tanto a dakota cantando, ela não tem a voz tão grave como a da cherry, mas ainda assim ficou bacana, achei ela praticamente impecável qto a expressão corporal, praticamente idêntico!
    A kristen estava otima, Shannon nem se fala!

    Post a Reply
  8. eu assisti esse filme porque gosto de filmes que falam história de bandas principalmente de bandas de Rock que é meu estilo favorito!!!

    Post a Reply
  9. Confesso que esperava muito mais do filme, mas de fato as duas tem quimica e consegue transmitir veracidade ao roteiro. Abraço

    Post a Reply
    • Eu não esperava nada demais, sabia que iriam “pegar leve” e tudo mais com as mocinhas, mas achei divertido no geral.

      Post a Reply
  10. o q e orrivio eu vou vumitar dorrrrr

    Post a Reply
    • orrivio mesmo é ter que tentar ler o que você escreveu e tentar imaginar em algum sentindo para este arremedo de “palavras” escritas erradas e que, quando imaginadas de forma correta, não produzem nenhum sentido semântico.

      []´s

      Post a Reply
  11. Filme muito centrado em clichês e estereótipos tanto de filmes do gênero como hollywoodianos em geral, o que ameniza é que talvez não tem jeito pra sair disso, mas sei lá. Não se parece muito que está passando na época citada. Fatos importantes não foram mancionados e outros nem tanto foram realçados (por serem sensacionalistas e encaixarem-se no mencionado clichê), o que passa a ideia de que elas eram apenas um grupinho adolescente de vida curta e sucesso meteórico. As atrizes principais tiveram atuação razoável, Kristen mais que Dakota, sendo que esta última parecia uma princesinha se drogrando esse contraste não ficou bom, ressalte-se o Shannon como produtor, envolvente e muito engraçado. Filminho tipo comédia-adolescente ao estilo de porkys e american pie, o que é uma pena porque eles tinham um material e tanto pra explorar. Agora o que interessa: Tem algum documentário real sobre a banda

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 1 (The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 1) | Porra, man! - [...] esperado casamento entre Edward Cullen (Robert Pattinson) e Bella Swan (Kristen Stewart, “The Runaways – As Garotas do Rock“)…
  2. Dakota Fanning nua em Very Good Girls | Porra, man! - [...] Crepúsculo” e até chegou a fazer uma cena em que beijava a atriz Kristen Stewart em “The Runaways –…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.