Tempos de Violência (Harsh Times, Ação: 2005/2006 – 129 min)

Direção e roteiro de David Ayer. Estrelando: Christian Bale, Freddy Rodrígueze Eva Longoria.

Depois dos mais recentes trabalhos do ator Christian “Batman” Bale, fiquei interessado em acompanhar a sua carreira e decidi colocar em minha lista de filmes a assistir alguns de seus trabalhos mais antigos. Seguindo esta trajetória o filme “Tempos de Violência (Harsh Times)”, que apareceu por aqui em 2006, marca mais uma bela atuação de Bale que, no final das contas, acaba sendo mesmo o destaque numa trama que não é lá muito interessante e original.

Acompanhamos aqui a estória de Jim Davis (Christian Bale, “O Operário”, “Inimigos Públicos”), um ex-combatente no Iraque que, como vários outros em sua situação, está tendo dificuldades de se recuperar dos traumas. O que ele almeja a todo custo é voltar a trabalhar na polícia, entretanto, acaba se envolvendo na verdade numa onda de crimes e violência, o que faz com que seu antigo amigo Mike Alonzo (Freddy Rodriguez) acabe seguindo os seus passos.

David Ayer, roteirista do premiado filme de 2001 “Dia de Treinamento”, marcou aqui a sua estreia na direção e acabou fazendo um bom trabalho. No elenco temos a presença forte de Christian Bale interpretando muito bem seu personagem (pra variar) e um belo trabalho regular de Freddy Rodriguez. A linda Eva Longoria aparece apenas para servir como colírio para os olhos masculinos.

Trata-se de um filme bem clichê e que tem como ponto positivo mesmo a atuação de Christian Bale que, apesar de nesta obra não ser nada de espetacular, acabou servindo como mais um bom motivo para ser escolhido como o “novoBatman. Outro destaque é que esta obra está na ‘leva’ dos primeiros trabalhos a falar sobre os traumas causados aos que participaram da guerra no Iraque.

De todos os filmes que assisti com Bale este foi o mais fraco até aqui, ainda assim é um bom filme. Não é de forma alguma daqueles trabalhos bastante inspirados ou imperdíveis. Só é recomendável assisti-lo caso esteja passando na Tv e você não tenha nada melhor para fazer no momento. De qualquer forma é menos um, na minha interminável lista de filmes a assistir.

Related Posts with Thumbnails