Mary e Max (Mary and Max , Animação, Drama: 2009/2010 – 92 min)

Direção e roteiro por Adam Elliot com vozes de Toni Collette, Philip Seymour Hoffman, Eric Bana e Barry Humphries.

 

Vencedor do Oscar de melhor curta animado do ano de 2003, o australiano Adam Elliot criou uma daquelas pequenas obras a serem colecionadas. Quando se fala em animação a primeira coisa que vem a mente é algum filme infantil ou daqueles feitos para adultos rirem como criança, vide os clássicos “para todas as idades” da Pixar. Diferente deste ‘padrão’, “Mary e Max (Mary and Max)” trata-se de uma animação adulta capaz de fazer você rir e chorar.

A trama é baseada em uma história real e segue a pequena Mary, ela tem 8 anos é gordinha, desajeitada e vive na austrália sem nenhum amigo. Certo dia ela resolve escrever a um desconhecido que mora em Nova York chamado Max, ele tem 44 anos e, devido a alguns problemas pessoais e mentais até, também não possui amigos. A partir daí surge uma inusitava e incrível amizade.

Utilizando a técnica de Stop-Motion com bonequinhos de massa altamente caricatos e, em certo ponto, até feios de tão simples, tudo começa parecendo ser apenas mais um filme clichê com lições de moral e de vida batidas. Ao decorrer da trama vemos que na verdade se trata de uma linda e cativante história, daquelas bastante emocionantes.

Além de toda as questões filosóficas sobre amizade, sexo, amor, paixão e vida que as trocas de correspondência entre Mary e Max nos trazem, temos aqui um trabalho que é também feito nos pequenos detalhes. Enquanto temos Max vivendo numa cinzenta Nova York, acompanhamos a pequena Mary numa austráila em tons cor de terra. Apesar do visual ser altamente simplório ele é rico em informações e deixam diversos e pertinantes questionamentos no ar.

Alguns atores importantes e reconhecidos como Philip Seymour Hoffman, Eric Bana e Toni Collette emprestam suas vozes a divertidos e, ao mesmo tempo, melancólicos e tristes personagens. E é este conjunto de pequenas e importantes coisas que fazem de Mary e Max um excelente filme, capaz de lhe fazer rir e também derramar aquela pequenina lágrima escondida bem no canto do seu olho.

Related Posts with Thumbnails