Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland)

Bom: Classificação 3 de 5

Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland, Aventura, Fantasia: 2010 – 108 min)

Dirigido por Tim Burton com roteiro de Linda Wolverton. Estrelando: Johnny Depp, Anne Hathaway, Helena Bonham-Carter, Crispin Glover, Alan Rickman, Mia Wasilkowska, Stephen Fry, Michael Sheen e Timothy Spall.

Cercado de grande expectativa desde que foi anunciado, “Alice no País das Maravilhas” de Tim Burton era certamente um dos filmes mais esperados do ano. Não é pra menos, nas mãos de tão inventivo e idolatrado cineasta e contando com Johnny Depp e sua esposa Helena Bonham-Carter (figurinhas certas em seus trabalhos) não tinha como dar errado, ou tinha?

A clássica história de Lewis Carol, tida por muitos como o conto mais ‘drogado’ de todos os tempos, foi adaptada por Tim Burton de uma maneira até interessante. Aqui conhecemos Alice (interpretada pela sem sal Mia Wasikowska) já aos 19 anos que está em uma festa e descobre que será pedida em casamento por um insosso e chato sujeito. Seguindo um coelho branco ela foge e vai parar novamente no “País das Maravilhas”, mas sem lembranças que já havia visitado aquele local.

Sem revelar muitos detalhes a respeito da trama o que posso dizer é que achei ela um pouco sem graça. Em nenhum momento do filme eu me senti ‘empolgado’ com toda a aventura, muito menos compelido em em ‘torcer’ por Alice.

O que dá vida mesmo a tudo são alguns fantásticos personagens como o gato risonho (um dos meus preferidos) ou chapeleiro maluco de Johnny Depp (Inimigos Públicos) que, se não entra pra lista dos melhores personagens que ele ja fez, está num nível ao menos decente. Agora o melhor de “Alice no País das Maravilhas” é a rainha vermelha interpretada sensacionalmente por Helena Bonham-Carter: “Cortem-lhe a cabeeeçaaa!!!”. Demais!

Por sua vez Anne Hathaway (Idas e Vindas do Amor) está parecendo uma árvore andando de um lado pro outro com aqueles braços arqueados, me desculpem quem achou isto interessante. Junta-se a ela, como falei no início, a atriz que interpreta a personagem principal Mia Wasikowska, muito fraca.

Outra coisa que não me deixou muito satisfeito foram os efeitos 3d. Realmente o trabalho no visual e em todo cenário é impressionante e era o mínimo que podería-se esperar de Tim Burton, agora me expliquem se realmente havia necessidade de pagarmos um ingresso caro e colocar aqueles ridículos óculos (supostamente higienizados) para ver algumas cenas deprimentes com objetos jogados na sua cara? Talvez eu tenha ficado um pouco exigente depois de assistir Avatar, não sei, mas sinceramente para mim foi tão ruim que até pareceu que os trailers estavam mais bem feitos do que o próprio filme (no quesito 3d).

Um trabalho que tanto prometia poderia ter um roteiro mais interessante do que o que foi apresentado. O fato de ser 3d por sua vez inspira uma certa expectativa que também não é correspondida. Só que não dá para negar que seja mesmo um bom filme. No conjunto da obra alguns atores e personagens acabam fazendo tudo valer a pena.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

23 Comments

  1. Tive a mesma impressão que você ao assistir esse filme. O visual me agradou bastante, porém as atuações foram bem mornas principalmente a de Depp que mais parece um transformista louco nesse filme. Antigas parcerias entre Depp e Burton deram mais resultado, a história não me prendeu mas valeu pelo entretenimento.

    Isabel Lima – Mosaicultual
    http://migre.me/zApY

    Post a Reply
  2. Estou rindo muito com sua comparação de Anne Hathaway a uma árvore andante, hehehe. Eu também odiei aquilo. E achei Depp caricato demais.

    O 3D foi totalmente desnecessário mesmo. Agora, apesar de tudo, eu até gostei e me diverti com o filme. Não sei, aquela mistura oníria, as paisagens, me envolveram.

    Post a Reply
  3. quero ver ainda esse final de semana! tou muito curioso.

    Post a Reply
  4. Eu me diverti e dei várias risadas, mas o filme realmente não é o máximo. A história é meio fraca mesmo.

    Post a Reply
  5. Eu fui ver no sábado, tava louca pra ver esse filme desde q eu soube do lançamento, mas não vi em 3D, vi normal mesmo. Realmente eu esperava muitooo mais do filme, achei a história bem fraquinha, o Johnny Deep e a Helena Bonham salvam o filme com ótimas atuações, diferente da atriz principal, Mia Wasikowska e de Anne Hathaway. O gato foi o meu personagem preferido tb, muito fofo. Eu daria nota 6, vai ser um ótimo filme de sessão da tarde.

    Post a Reply
  6. Isabel tivemos visões semelhantes e gostei do seu blog!

    Amanda e Ramon, eu também me diverti muito, dei boas risadas mas esperava muito mais do filme. É bom, mas esperava que fosse excelente.

    Uraí, apesar de tudo é um bom filme e vale a pena. Vá com as expectativas baixas que tem tudo pra gostar mais do que eu até.

    Valéria, o gato risonho é realmente sensacional e você não ter visto em 3D não perdeu nada mesmo, uma lástima.

    Post a Reply
  7. Gosto de Tim Burton, mas não coloco todo hype que colocam nele. Não mesmo. Ele é bom, mas nem tanto. E 3D mesmo só Avatar, o resto foi pura pirotecnia

    Post a Reply
  8. Aqui na minha cidade não tem cinema 3D, então obviamente não o vi em 3D, mas mesmo se tivesse não veria, pois todos que viram em 3D reclamaram, ainda mais da qualidade que não estava lá grande coisa….
    Falando em “Alice” , comentei sobre o longa hoje no meu blog. Mia é mesmo uma sem sal, é como a K. Stewart, ela tem uma expressão facial para tudo se tiver alegre ou com dor de barriga é a msm cara…
    Depp estava ótimo em minha opinião, mas é verdade, o chapeleiro maluco parecia um drogado. E Helena B. Carter, SIMPLESMENTE sensacional !
    Ela é mesmo demais.
    O visual o do filme estava deslumbrante, mais vendo agora, se você notar não está muito diferente do desenho original da Disney ou é impressão minha ?!
    Bem, Anne Hathaway, adoro ela, mesmo ela fazendo uma coisa estranha e branca eu gosto dela, mas acho que teve uma certa ironia criada por Burton, a Princesa estava meio doida robótica no automático, slah….
    Ótima crítica !
    Abs.

    Post a Reply
  9. Eu confesso Rodrigo que ainda crio expectativas com Tim Burton, mas infelizmente é isso mesmo aí que você disse.

    Alan, não perdeu nada por não ser em 3D, sinceramente muito fraco. Pelo visto concordamos com as atuações do elenco.

    E essa ‘sacada’ de sarcasmo é realmente interessando por parte da Anne Hathaway, ainda sim, achei triste 😛

    []´s

    Post a Reply
  10. Também achei que o filme deixou a desejar. Esperava um filme um pouco mais doido. Achei mediano. Visualmente é muito bom. Gostei muito da caracterização dos personagens (o gato realmente é muito doido).

    Achei que a trilha também não acrescentou em nada ao filme. Como alguém disse ai em cima, vai ser um ótimo filme pra Sessão da tarde. Valeu a pena ter visto, realmente não chega a surpreender, mas não dá pra se arrepender pelo ingresso.

    Quanto às comparações com Avatar no quesito 3d (por mais que possam me crucificar aqui) eu achei os dois igualmente pirotécnicos, pra mim o mérito de avatar fica pelo pioneirismo, pela revolução tecnológica. Mas como são dois filmes muito visuais, o 3D acrescenta sim em alguns momentos, mas realmente nada de mais.

    Minhas únicas experiências com 3D foram Avatar e Alice e tirando por esses dois, eu acho que a galera ainda não sabe o que fazer com 3D de verdade, ou talvez essa ainda não seja a tecnologia definitiva, mas isso é questão de tempo.

    Post a Reply
  11. Assisti o filme e achei uma porcaria, não daria 3 controles. Tem alguns bons personagens como o noivo da Alice, os gemeos, a Rainha Vermelha e o Gato, mas o Depp por exemplo, está horrivel, e o pior, assisti dublado e o cara fez uma voz com lingua presa lastimavel…

    A cena que mais gostei foi a dos sapos, e a pior foi todo o final do filme.

    Post a Reply
  12. Igor, não sei como você não se impressionou com o 3d de Avatar, sinceramente. Porque não tem nem comparação com Alice que é tosco e mal feito.

    Cinema 3d não é ficar jogando e apontando objetos na nossa frente, e foi isso que Alice tentou fazer em poucas cenas.

    Cinema 3d é imersão, é você se sentir dentro da história ao lado dos personagens, ver a profundidade das coisas (lá ele) de forma “real” e isto Avatar fez como ninguém até hoje.

    Quanto ao restante do seu comentário concordo plenamente, inclusive quando você me perguntou sobre o filme eu fiz questão de não comentar nada para não prejudicar o seu julgamento. E mesmo assim tivemos visões semelhantes 🙂

    Rafael, eu acho que, como um todo, o filme merece os 3 controles. Ele, apesar de tudo, é divertido, vale umas risadas e alguns personagens são interessantes, não é tão execrável assim.

    Post a Reply
  13. É isso, eu acho que Avatar tem sim vários meritos técnicos, inclusive por ter sido pensado para ser 3D desde o início. Quando vc falou que os efeitos de Alice são toscos fui ler sobre o processo de conversão, pelo qual Alice passou, já que ele foi filmado a princípio em 2D. É claro que eu defendo a primeira proposta, pensar em 3D é completamente diferente de pensar em 2D. Mas confesso que no aspécto técnico, eu n percebi diferença entre um 3D e outro (talvez eu deva assistir mais a filmes feitos tanto de uma forma quanto de outra, pra perceber), acredito que devam existir outros filmes convertidos que ficaram realmente bem toscos, principalmente no caso de filmes mais antigos, mas n percebi isso em Alice (mas concordo plenamente c vc quanto ao recurso de jogar objetos na nossa frente).

    Agora, tecnicamente Avatar é mesmo superior a Alice, até pq ele basicamente é só isso. E quando eu falo que eu acho os dois pirotecnia é pq eu ainda acho q esta por vir um filme que una um roteiro ducaralho, pensado exclusivamente pra 3D, com bons efeitos e uma proposta realmente diferente, onde o 3D seja essencial e não uma alegoria ou exibicionismo. Eu sei que eu sou do contra, mas independente de Alice ou Avatar o 3D ainda não mostrou a que veio 🙂 .

    Quando eu te perguntei o que vc achou e vc disse que n ia contar pra n estragar eu achei que era pq era ducaralho e vc n ia antecipar rs, ai nem li a sua crítica, esperei pra ver depois de assistir e realmente concordei c tudo e essa visão tem sido meio unânime.

    Post a Reply
  14. Bom, de fato ainda falta surgir mesmo um filme “completo” em 3d. Que seja bom em todos os aspectos não só no visual.

    Avatar foi o melhor até aqui. Vi outros filmes em 3d e depois de Alice estou praticamente desistindo de ver outros daqui pra frente.

    Guerra de Titãs e até Harry Potter que sou fã vou ver em 2D porque nã está valendo a pena pagar caro pra ficar vendo nego rumando pedrinhas na sua direção.

    Hoje em dia está cada vez mais difícil fugir das informações e spoilers dos filmes, eu tento contar o mínimo possível deles em minhas resenhas pra não estragar as surpresas, e quando alguém comenta que está indo assistir procuro fazer o mesmo. Só falo algo se me for solicitado.

    De qualquer forma ao menos a maioria das pessoas está concordando com o que achei de Alice, deixou a desejar, apesar de ser um bom filme

    Post a Reply
  15. Também fiquei bastante decepcionada com o filme, até porque eu estava esperando um filmaço. As atuações achei ruins, inclusive a de Depp, com exceção apenas de Helena Bonham Carter. A Alice achei muita fraca, não entendi porque colocaram ela como protagonista. E me acabei de rir com seu comentário sobre Anne Hathaway, quando vi a atuação dela juro que lembrei quando eu tinha 5 anos e fingia que era uma fada fazendo movimentos semelhantes. Quanto ao 3D, achei muito mal feito, só me lembro de ter tido alguma sensação quando ela cai no buraco e jogam as xícaras. Eu até esqueci que estava usando óculos…

    Post a Reply
  16. Muita gente saiu decepcionada mesmo Lena e realmente, eu também até me esquecia que estava de óculos vendo um filme em 3D

    Post a Reply
  17. muito bom esse filme!
    só era pra ter mais coisas!
    como ela arruma um namorado!

    Post a Reply
    • Curte um romance ein Thiago? Mas a história é um clássico da literatura e acho que Tim Burton já mudou ela o suficiente, colocar um interesse romântico não ia ficar nada “condizente” com a obra.

      []´s

      Post a Reply
  18. eu num goto é de filme de romance, mais um romance numa aventura, Ação, ficção e etc………….cairia bem!!!

    Post a Reply

    • thiAgoVI:

      eu num gosto é de filme de romance, mais um romance numa aventura, Ação, ficção e etc………….cairia bem!!!

      Post a Reply
      • Tem um filme com Tom Cruise e Cameron Diaz nesse estilo que você curte nos cinemas.

        Post a Reply
  19. Eu acho que sou a única que não gosta da estória da Alice no país das maravilhas, desde pequena eu nunca gostei, aquele coelho era irritante.

    Mas é claro, que eu sou fã de carteirinha do Tim burton fui conferir, como previsto, achei tosco… mas valeu a pena pelo figurino (que foi barbaro). Como dizia meu amigo “Alice é viajado, tem que fumar muito para curtir essa vibe”

    Post a Reply
  20. Que maravilha que Johnny Depp irá refazer o papel Sombrrero Loco, porque não posso imaginar outro ator! Finalmente! Obrigado pela informação!

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Os filmes mais esperados de 2010 | Porra, man! - [...] Confira a Crítica do Filme ] Tim Burton traz a adaptação da clássica história de Alice no País das…
  2. 10 Curiosidades sobre o cinema 3D que você nunca imaginou. | Porra, man! - [...] O filme “Alice no País das Maravilhas” de Tim Burton, lançado neste ano de 2010, arrecadou mais que Avatar…
  3. Oscar 2011, vencedores! | Porra, man! - [...] Alice no País das Maravilhas foi o primeiro vencedor da noite com o prêmio de Direção de Arte. Depois…
  4. Sombras da Noite (Dark Shadows) | Porra, man! - [...] história acompanha então a vida de Barnabás Collins (Johnny Depp, “Alice no País das Maravilhas”), herdeiro de uma rica…
  5. Crítica: Os Infratores (Lawless) | Porra, man! - [...] algumas barreiras. Fora eles ainda temos Gary Oldman (“O Livro de Eli”), Mia Wasikowska (“Alice no País das Maravilhas”),…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.