its complicated

Simplesmente Complicado (It’s Complicated, 2009 – Romance, Comédia: 120 min)

Direção e roteiro por Nancy Meyers Estrelando: Meryl Streep, Alec Baldwin, Steve Martin, John Krasinski, Lake Bell, Hunter Parrish, Zoe Kazan e Caitlin Fitzgerald.

De todos os gêneros de filmes, o mais manjado, sem dúvida alguma, é o de romance (ou comédia romântica). E num filão do cinema que já tem o seu público bem definido, Nancy Meyers conseguiu imprimir um estilo de trabalho que, por sua vez, tem também o seu público cativo. Numa carreira que se baseou em obras que mostram o amor na meia idade (excetuando ai trabalhos como “O Amor não Tira Férias”), “Simplesmente Complicado” segue esta mesma linha e se mostra um bom entretenimento.

A trama segue a história de Jane (Meryl Streep, Dúvida, Mamma Mia!) que após dez anos de divorciada com seu ex-marido Jake (Alec Baldwin, Amigos ,Amigos, Mulheres à Parte) está com a vida (segundo ela) bem resolvida. Na festa de formatura de seu filho os dois acabam se envolvendo e começando um caso (ele agora está casado com uma mulher bem mais jovem). Não bastasse a estranha situação Jane ainda, no meio de tantas dúvidas, começa a se interessar pelo seu arquiteto (Steve Martin, A Pantera Cor de Rosa), um sentimento que é bastante recíproco.

Na mesma ‘pegada’ de outros filmes seus como “Alguém tem que Ceder”, Nancy Meyers não foge nem um pouco de seu estilo, ou seja, algumas situações dramáticas acabam se estendendo um pouco mais do que mereciam. O que conta a favor dela é que o elenco está afiadíssimo e, mesmo tendo algumas piadas já exibidas no trailer, o filme reserva momentos hilários e divertidíssimos.

its-complicated-meryl-streep-martin-baldwin-bell

Só para variar um pouco, Meryl Streep está muito bem em seu papel, convence em todos os momentos que atua. Ao seu lado temos um impagável Alec Baldwin, com seus trejeitos e caras de cafajeste e ainda Steve Martin, fugindo um pouco de seus trabalhos espalhafatosos e fazendo um personagem muito carismático. Mas a grata surpresa fica com John Krasinski (que participa do engraçadíssimo seriado “The Office”) e seu tempo (timing) perfeito para a comédia.

Se você é daqueles que se estremece todo quando é o dia de seu par escolher o filme e já teme por “qualquer porra do amor”, torça com todas as forças para que ela (ou ele quem sabe) escolha “Simplesmente Complicado”. Não tem nada de outro mundo, entretanto, é uma boa pedida para pessoas que querem apenas assistir algo simples e divertido no cinema, e convenhamos, você já viu algum filme ruim com a Meryl Streep?

Related Posts with Thumbnails