Percy Jackson e o Ladrão de Raios
(Percy Jackson & The Olympians: The Lightning Thief, 2010 – Aventura, Fantasia: 119 min)

Dirigido por Chris Columbus com roteiro de Craig Titley adaptando livro de Rick Riordan. Estrelando: Logan Lerman, Sean Bean, Kevin McKidd, Steve Coogan, Catherine Keener, Pierce Brosnan, Uma Thurman, Rosario Dawson, Brandon T. Jackson, Alexandra Daddario.

 

A série de livros de Rick RiordanPercy Jackson e os Olimpianos” vinha sendo dada como uma grande aposta para suceder a saga de Harry Potter nos cinemas, por conta disto fui conferir o primeiro filme “Percy Jackson e o Ladrão de Raios“. Outro fator que desperta interesse nessa nova franquia que nasce nos cinemas foi a direção por parte de Chris Columbus, que fez os dois primeiros filmes do bruxinho de Hogwarts e também grandes sucessos como “Esqueceram de Mim” e “Gremlins“. Ainda que seja um filme divertido e tendo como tema a mitologia grega (que por si só já é interessante), o que posso dizer é que falta muito para chegar perto de ser um sucerror a altura do que Harry Potter representa.

Na trama somos apresentados primeiramente ao jovem Percy Jackson (Logan Lerman), que logo descobre ser um semideus (filho de Poseidon com uma mortal) e enfrentará diversas aventuras e monstros mitológicos numa jornada parecida com a de Perseu (agora entendeu o Percy não?) da mitologia grega.  Ele precisa na verdade devolver a Zeus o raio que foi roubado e provar a sua inocência, já que muitos acham que foi ele quem roubou.

 

Percy e Zé Ramalho

 

A idéia é até interessante, trazer para a atualidade (e claro, para os Estados Unidos) as histórias da mitologia grega, atualizando um pouco as coisas. No lugar de espelhos um celular, uma caneta que vira uma espada, um all star com asinhas para sair voando e por aí vai. Em alguns momentos o filme realmente funciona e consegue entreter.

O grande problema de Percy Jackson e o Ladrão de Raios é a sucessão de clichês e cenas manjadíssimas, sem contar ainda alguns furos de roteiro e saídas fáceis e pouco plausíveis em algumas situações. E tem mais, na linha de frente temos Percy o “predestinado herói“, uma garota inteligente e um fiel companheiro responsável por fazer todos rirem, será que já vimos isso em algum lugar?

A escolha do elenco se mostrou bastante satisfatória, com muitos nomes conhecidos como Uma Thurman (Marido Por Acaso), Rosario Dawson (Sete Vidas), o ex 007 Pierce Brosnan (Mamma Mia!), dentre outros. Os novatos Logan Lerman, a bonita Alexandra Daddario e também o cômico Brandon T. Jackson fazem um bom trabalho.

 

O Sátiro, o Semideus e a Semideusa

 

Ainda que falte muita coisa para chegar a ser uma franquia digna de ser dada como “sucessora” de Harry Potter por exemplo, Percy Jackson promete entreter principalmente os mais jovens que vão ao cinema apenas a fim de se divertir, sem ficar querendo analisar nuances ou se preocupando com a enxurrada de clichês e saídas fáceis que Columbus enxertou“. Com muita boa vontade eu vou classifcá-lo como um bom filme, pois, apesar de todos os defeitos e principalmente daquela “enorme” vergonha alheia na cena final (quem assitiu sabe do que estou falando), consegui me divertir com os Olimpianos.

Related Posts with Thumbnails