Um Namorado para Minha Esposa (Um Novio para mi Mujer, 2008/2009 – 100 min)

Direção: Juan Taratuto.
Roteiro: Pablo Solarz.
Elenco: Valeria Bertuccelli, Adrián Suar, Gabriel Goity.
Gênero: Comédia, Romance, Drama.

 

Sinopse: Marido resolve arranjar um novo namorado para sua esposa, para que, com isso, provoque a separação dos dois.

 

Sucesso de público na argentina em 2008, “Um Namorado para Minha Esposa (Un Novio para mi Mujer)” chegou aos cinemas nacionais ano passado e, ao contrário do que o título possa deixar a entender, trata-se de um filme bastante divertido. E mesmo tendo seus tons de comédia bem estampados, ele ainda passeia entre drama e romance, e se torna um filme além de engraçado bastante sincero.

A trama segue a vida de Tenso (Adrián Suar) que é casado com Tana (Valeria Bertuccelli) a um certo tempo. O grande problema é que sua esposa possui um terrível mau humor, e vive reclamando de tudo e de todos. Sem coragem de pedir a separação para ela, Tenso resolve então contratar os serviços de um sujeito chamado ‘Cuervo Flores’ (Gabriel Goity) para seduzí-la.

Não temos aqui uma simples comédia, o filme mescla momentos dramáticos com romance também. Tem muitas cenas engraçadíssimas e momentos que fazem todos que já vivenciaram relacionamentos amorosos e já passaram por algum tipo de crise se identificarem. E a habilidade de lhe fazer refletir e rir (às vezes ao mesmo tempo) é que dá o tom durante quase todo o filme.

Com um trabalho direitinho do elenco aliado a uma trama bem divertida, “Um Namorado para Minha Mulher” se trata de uma boa pedida para casais cansados de tantos romances rasos e idiotas. Mesmo numa história sem muitas surpresas e originalidades, fazer você rir de forma inteligente é o suficiente. E o melhor, depois dos créditos tem algumas cenas extras hilárias.

 

Related Posts with Thumbnails