Garota-Infernal_poster

Garota Infernal (Jennifer´s Body, 2009 – 103 min)

Direção: Karyn Kusama
Roteiro: Diablo Cody
Elenco: Megan Fox, Amy Sedaris (Toni Lesnicky), Amanda Seyfried (Needy), Kyle Gallner (Colin Gray), Johnny Simmons (Chip Dove), J.K. Simmons (Sr. Wroblewski), Adam Brody (I) (Nikolai)
Gênero: Terror, Suspense, Comédia.

Sinopse: Ao ficar possuída, líder de torcida começa a matar os rapazes de uma pequena cidade.

São dois os pontos que chamam a atenção para este filme: o roteiro escrito pela Diablo Cody e a atriz Megan Fox. Enquanto a roteirista levou diversos prêmios, incluindo o Oscar, como roteirista de Juno, a senhorita Fox é a “hot girl” do momento. Na verdade, “Garota Infernal (Jennifer´s Body)” não é tão assustador e sensual quanto se esperava, entretanto, trata-se de um filme bem divertido e com boas piadas.

Megan Fox muito quente

Megan Fox muito quente

Na trama Jennifer Check (Megan Fox, Transformers 1 e 2, Um Louco Apaixonado) é uma garota bastante popular e desejada entre os garotos do colégio e de sua pequena cidade. Quando uma banda de rock vem tocar na sua cidade ela chama sua melhor amiga, Needy (Amanda Seyfried, Mamma Mia!), para ir pro show ver os rapazes da “cidade grande”. E é a partir deste evento que as coisas acontecem (não vou comentar para não perder a graça da história), e pouco depois ela volta para matar (comer seria melhor) os rapazes de sua cidade.

Se Megan Fox não demonstra tanto talento para carregar um filme nas costas (não pensem maldades), aqui pelo menos ela usou muito bem os seus atributos para manter o espectador (masculino é verdade) ligado durante toda a trama. Só que quem acaba roubando a cena é a Amanda Seyfried que, apesar de estereotipada como nerd apagada sensualmente, é uma bela atriz e atuou muito bem, mesmo ela tendo uma cena terrível que me remeteu ao Dalsin do Street Fighter, seu papel foi fundamental para manter a história interessante e não deixar “Garota Infernal” ser apenas um apanhado de boas piadas.

Megan Fox e Amanda Seyfried

Megan Fox e Amanda Seyfried

Comparando-se com outros filmes do gênero, pode-se afirmar que “Garota Infernal” trata-se de uma obra acima da média. Megan Fox mostra como tratar um emo, temos uma cena bastante quente entre as duas protagonistas e o tom irônico em que a trama é levada vale a sua diversão.

Eu poderia dizer para quem não assistiu não criar muitas expectativas em relação ao filme, mas sinceramente, quão alta pode ser a expectativa em relação a uma trama onde uma líder de torcida devora garotos? Se vale de algo minha opinião, posso dizer que gostei simplesmente por ter me feito dar boas risadas. Para quem está interessado em se divertir, sem se preocupar com bobagens técnicas ou querer apenas ver mulheres nuas sangrando na tela, vale a ida ao cinema.

*Agradecimentos especiais a Ramon que me convidou para a pré-estréia do filme.

Related Posts with Thumbnails