9_poster_web

9 – A Salvação (9, 2009 – 79 min)
Direção: Shane Acker.
Roteiro: Shane Acker, Pamela Pettler.
Elenco (vozes no original): Elijah Wood, Jennifer Connelly, John C. Reilly, Crispin Glover, Martin Landau, Christopher Plummer, Fred Tatasciore.
Gênero: Aventura, Animação.

Sinopse: Quando o boneco 9 ganha vida, ele se encontra num mundo pós-apocalíptico em que os humanos foram dizimados. Por acaso, encontra uma pequena comunidade de outros como ele, que estão escondidos das terríveis máquinas que vagam pela Terra com a intenção de exterminá-los.

Praticamente toda a atenção dispensada para a animação “9 – A Salvação” se deu pelo fato de ser um filme com o apoio de Tim Burton. O trabalho de conclusão de faculdade Shane Acker, o curta que deu origem ao filme, possuía vários elementos que agradaram bastante a Burton como o visual sombrio. Além do apadrinhamento de Tim Burton, filmes com futuro pós-apocalíptico também me agradam, e foi mais um ‘plus’ que me deu forças para conferir “9“.

9 e A Máquina

9 e A Máquina

A trama começa com o mundo destruído pela guerra entre humanos e máquinas. Neste cenário de destuição um ‘bonequinho’ acorda e toma consciência. Não tarda muito e logo ele conhece outros como ele. Ao mesmo tempo que tentam se proteger das terríveis máquinas, 9 tenta encorajar os demais a partirem com ele em uma aventura para descobrir o propósito deles naquele mundo e exterminar as máquinas de uma vez por todas.

Cada um dos bonequinhos tem uma personalidade, tem o fortão, o chefe medroso, o maluco, a aventureira destemida e por aí vai. O visual do filme com os bonequinhos de pano é realmente espetacular, me lembrou até o bonequinho do jogo do PS3 “The Little Big Planet“. Tudo é feito de forma bem cuidadosa e nos mínimos detalhes.

9, 7 e 5

9, 7 e 5

O maior problema de “9” é mesmo sua história. Sabe aquela sensação que você fica de já ter visto tudo aquilo inúmeras vezes? E infelizmente não se faz um filme apenas com um bom visual, precisa-se sempre de um “algo mais“, e este ficou devendo um pouco. Trata-se de uma boa aventura, mas é daqueles filmes que possivelmente cairão no esquecimento com o passar dos anos.

Related Posts with Thumbnails