confissoes-de-uma-garota-de-programa-poster

Confissões de uma Garota de Programa (The Girlfriend Experience, 2009 – 78 min)
Direção: Steven Soderbergh.
Roteiro: David Levien, Brian Koppelman.
Elenco: Sasha Grey, Chris Santos.
Gênero: Drama.

Sinopse: Christine é uma prostituta de luxo de 22 anos que cobra caro por cada programa. Sua história é ambientada nas eleições de 2008 (que resultariam na vitória de Obama) e ela tem de lidar com os clientes que buscam mais que um programa, além de conciliar os dilemas de seu namorado.

Duas coisas chamam a atenção para “Confissões de uma Garota de Programa (The Girlfriend Experience)“, o filme é dirigido pelo grande cineasta vencedor de Oscar Steven Soderbergh e a atriz principal, que representa a garota de programa é uma atriz pornô, estou falando de Sasha Grey. Não fossem estes dois grandes fatos acredito que o filme poderia passar facilmente desapercebido, afinal ele trata de uma história até certo ponto banal. Só que nas mãos de Soderbergh tudo mudo de figura.

confissoes-de-uma-garota-de-programa

Sasha Grey atua muito bem no filme

O filme acompanha a vida de uma jovem acompanhante de luxo que cobra um preço elevado por seus programas. A história é ambientada durante o período das eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2008. Durante toda a crise financeira e o reboliço eleitoral que o país se encontrava, Christine (Sasha Grey) tem que lidar com seus clientes e conciliar os dilemas com seu namorado (Chris Santos).

Confissões de Uma Garota de Programa é um filme bem diferente e um pouco complexo, já que ele não segue a linha do tempo de forma linear. Possui “ares” de documentário em certos pontos e o vai e vem da trama pode confundir os menos atentos. E para quem vai atrás de cenas picantes pode acabar se decepcionando, apesar da habilidade e currículo da atriz o filme não entra nesse mérito, mostra de longe uma ou duas cenas de nudez e nada mais.

confissoes-de-uma-garota-de-programa-sasha-grey-nude

Sasha Grey exibindo seus atributos. Momento raro no filme.

Acredito que não seja um filme fácil de recomendar e definitivamente não deve agradar a todos. A forma não linear em que os fatos são narrados pode deixar muita gente perdida e sem entender pra que lado tudo está indo. É mais um projeto experimental de Soderbergh que talvez tenha faltado um pouco de emoção. É um pouco chato, arrastado e para mim um filme apenas regular, não vi nele nada de imperdível que valha a pena você correr atrás para assistí-lo.

Related Posts with Thumbnails