Anticristo (Antichrist)

Anticristo2009_poster

Anticristo (Antichrist, 2009 – 109 min)

Direção: Lars Von Trier.
Roteiro: Lars Von Trier.
Elenco: Willem Dafoe, Charlotte Gainsbourg.
Gênero: Terror

Sinopse: Anticristo conta a a história de um casal que se muda para um lugar isolado após a morte do seu filho. Após algum tempo coisas muito estranhas começam a acontecer no local e a vida do casal poderá ficar ainda pior do que estava.

Extramamente chocante e sem pudor, poderia resumir assim o mais novo filme do cineasta dinamarquês Lars Von Trier (Dogville, Manderlay). Mas quem sou eu para diminuir em duas palavras uma obra tão polêmica e apavorante como “Anticristo (Antichrist)“. Este filme mexeu tanto comigo que confesso não saber nem como classificá-lo.

Anticristo mostra a história de um casal que decide se mudar para uma cabana isolada, no meio do nada, após a morte de seu filho. Enquanto ele tenta usar psicologia para ajudar a esposa que está se entregando a dor e ao desespero, coisas estranhas começam a acontecer.

Um trabalho extramamente corajoso da dupla de protagonistas

Um trabalho extramamente corajoso da dupla de protagonistas

Se o início já é digamos ‘diferente’, onde vemos cenas em preto e branco, câmera lenta e uma fotografia belíssima (com direito a sexo explícito e tudo mais), o que dizer quando começam a ser exibidas cenas de tortura pornô? E vou admitir que tiveram partes que foram muito complicadas de se ver, em uma delas eu confesso não ter tido coragem de olhar. Com o perdão da palavra é foda!

O trabalho dos dois atores Willem Dafoe (O Duende Verde de O Homem Aranha) e da Charlotte Gainsbourg (21 Gramas) é corajoso ao extremo. Definitivamente é um filme complexo e totalmente fora dos padrões comerciais do cinema. Muita gente saiu abismada ao ver este filme em Cannes e mundo afora. E não é pra menos, tem algumas passagens que ficaram cravadas aqui em minha mente, e imagino que essa era a intenção.

O Caos Reina (Desespero)

O Caos Reina (Desespero)

E o que mais me deixou com medo é imaginar que existem pessoas com pensamentos tão insanos e sádicos como Lars Von Trier por aí. Se eu o ver qualquer dia desses passando na rua eu atravesso pro outro lado. Lars é fã do livro homônimo de Friedrich Nietzsche e escreveu o roteiro num momento que estava imerso em angústias e depressão profunda.

Se eu soubesse exatamente o que me esperava pela frente (ou tivesse uma máquina do tempo) eu preferia não ter assistido Anticristo. E não digo isso por não ter gostado do filme ou por ter visto defeitos nele. Na verdade eu nem sei classificar se é um filme bom ou ruim. Só posso dizer que é uma obra incrivelmente corajosa e sem nenhum resquício de pudor, chocar é sua palavra de ordem. Comigo funcionou, eu tenho medo de Lars Von Trier.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

17 Comments

  1. É. Vou esperar o script “sair” na net pra saber o que acontece na história. Cenas fortes costumam ficar na minha cabeça por muito tempo e acabam me incomodando.

    Post a Reply
  2. Porra man, sem classificação é foda.
    ehehehheheeh
    Esse tá aqui no meu hd, mas eu to enrolando pra ver. Ainda estou com esperança de ver no cinema. A experiência de ver no cinema com a reação das pessoas deve ser mais legal.
    eheheheh

    Post a Reply
  3. Eu vi, gostei, mas é chocante mesmo! nem todo mundo gosta, nem todo mundo tá preparado pra entender ou mesmo aprecia lo – é um filme de dificil entendimento, pra certos momentos.

    Post a Reply
  4. Ramon, esperar passar no cinema ta complicado. Boa sorte

    Cristiano, estou ainda em estado de choque heheh. Na maior parte do filme eu gostei, mas algumas passagens me deixaram com muito medo de Lars Von Trier

    Post a Reply
  5. Mermão, depois do seu post fiquei com mais dúvidas se confiro ou não o filme 😛

    Para não receber classificação deve ser realmente diferente.

    Post a Reply
  6. O filme parece muito interessante, mas ainda não tive a oportunidade de assisitir.

    Só não gostei foi do Lars Von Trier dizer em Cannes durante a coletiva de imprensa que ele deu para divulgar AntiChrist, pretensiosamente, que ele é o melhor diretor? do mundo. Se ele realmente fosse ele estaria ouvindo isso e não afirmando. Ele é um gênio, mas não “o gênio de sua época”.

    Ando decepcionado demais com o cinema, mal tenho ânimo para ver coisas novas, passo o tempo todo revisitando os velhos mestres, Fellini, Ingmar Bergman, Orson Welles…

    Vivemos uma época pobre de gênios, as pessoas aceitam demasiadamente rápido a mediocridade, apostava muito no Tarantino, Aronofsky, mas essa geração está perdida…

    Post a Reply
  7. Se você ficar esperando por novos gênios do cinema como estes realmente complica um pouco.

    Mesmo assim tenho visto coisas boas este ano, basta se permitir um pouco mais.

    Post a Reply
  8. Estava com vontade de ver, mas agora depois do seu post estou pensando se realmente vale a pena…

    Post a Reply
  9. Confesso que estava curioso em assistir ao filmea antes de ler seu post. Agora já não quero mais.

    =]

    Post a Reply
  10. Tatiana,
    o script não vai te ajudar muito … tudo de forte do filme estão nas imagens.

    Fui !

    Post a Reply
  11. O filme até parece um drama normal, mas está fora de ser um “filme” normal, a essência da trama é relativo ao drama emocional de uma jovem que perdeu o filho, mas está um filme muito “chocante” e tem muitas cenas que irão certamente impressionar o espectador. O filme impressiona, os actores tiveram uma prestação muito boa, mas não gostei. Dou nota 3/5, porque realmente não sei que nota hei-de dar, não consigo perceber se está um filme muito bom ou se está um filme mau, a história é demasiado “estranho” e “chocante”. É sem dúvida um filme que não é adequado a todos os públicos, especialmente os mais jovens e pessoas sensíveis. Provavelmente está um filme genial, mas não gostei. Não irei aconselhar este filme a ninguém, porque tanto podem gostar muito e acharem o filme muito bom como podem detestar, será um filme bastante polémico. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

    Post a Reply
    • Jomirife, está é sem dúvidas um filme difícil de indicar mesmo. Eu achei ele muito chocante e confesso ter ficado “apavorado” em certos momentos.

      Poucas obras me deixam assim, portanto, deixo para cada um a escolha em assistí-lo ou não!

      Grande abraço pelo excelente comentário

      Post a Reply
      • Marcelo, concordo, eu só digo uma coisa, não tenho mais coragem nem vontade de assistílo novamente… mas falar a verdade é preciso, aquele prologo, o menino subindo na janela, que seguencias… e que fotografia… um poema assustador.
        e a segunda metade do filme para os finalmentes… nossa chocante. incrivelmente realista e surreal ao mesmo tempo… loucura. uma viagem.
        o filme é bom, sim, dar para classificar. mas recomendar já são outros quinhentos.

        Post a Reply
        • A cena a qual você se referiu é mesmo excelente, mas toda a segunda parte chocante ao extremo realmente me deixou impressionado.

          Post a Reply
  12. eu só tenho uma palavra pra esse filme!

    PORCARIA!

    Post a Reply
  13. Gostei do pau entrando, muito artístico!

    Post a Reply
  14. o filme realmente é apavorante e sem pudor,eu o classificaria como terror psicologico com porno cruel,pois o filme também conseguiu mexer comigo,e até então só o exorcista e o iluminado haviam feito tal façanha.mas pra quem gosta de terror e não se ofende facilmente,esse filme é imperdível !!!!

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Marcio via Rec6 - Critica: Anticristo - Um filme chocante, corajoso e sem pudor... Extramamente chocante e sem pudor, poderia resumir assim o…
  2. Os filmes mais esperados de 2009 (2º Semestre) | Porra, man! - [...] Anticristo (Antichrist) [...]
  3. Ninfomaníaca (Nymphomaniac) - Porra, man! - […] da “Trilogia da Depressão” dirigida por Lars Von Trier. Os filmes anteriores foram Anticristo (2009) e Melancolia […]
  4. Ninfomaníaca - Parte 2 (Nymphomaniac - Volume II) | Porra, man! - […] mais alguns capítulos (os últimos) da história da Ninfomaníaca Joe (Charlotte Gainsbourg, “Anticristo”) com um apelo maior ainda às…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.