Street Fighter: A Lenda de Chun-Li (The Legend of Chun-Li)

street-fighter-the-legend-of-chun-li-poster

Street Fighter: A Lenda de Chun-Li (Street Fighter: The Legend of Chun-Li, 2009 – 97 min)

Direção: Andrzej Bartkowiak
Roteiro: Justin Marks
Elenco: Kristin Kreuk, Taboo, Edmund Chen, Cheng Pei-Pei, Michael Clarke Duncan, Chris Klein, Moon Bloodgood, Robin Shou.
Gênero: Ação.

Sinopse: Adaptação para o cinema do popular jogo que traz a lutadora Chun Li, jovem mestre em artes marciais que embarca numa jornada pela justiça.

Antes de começar a denigrir esta obra cinematográfica até que não me restem mais adjetivos pejorativos para tal façanha, começarei com uma indagação: Será que é possível realizar uma boa adaptação de um game para as telonas de nosso querido cinema? Se existe uma boa forma de se adaptar um game, Street Fighter: A Lenda de Chun-Li (The Legend of Chun-Li) trata-se de uma excelente aula do que não se fazer em um filme do gênero.

Geralmente você percebe que as vezes alguns diretores e roteiristas deixam a trama um pouco de lado e partem para ação desenfreada, sem tempo para respirar. Estratégia essa que desagrada geralmente os críticos, mas às vezes, acerta em cheio o gosto do público que em sua maioria sequer entende o que eles tem a dizer. Por outro lado existem os que abdicam um pouco desse balé de lutas e correria em detrimento a uma história mais concisa e bem feita.

chunli

Aqui em Street Fighter: A Lenda de Chun-Li não se vê nem uma coisa nem outra. É incrível mas conseguiram juntar um péssimo roteiro e linha narrativa ridícula, com lutas muito mal feitas e cenas de ação sofríveis. Kristin Kreuk (a Lana Leng de Smallville) por mais incrível que pareça é a única em que se vê algum esforço para se fazer levar a sério o filme, mas é muito pouco.

O restante do elenco, além de não se assemelharem muito com os personagens do jogo, atuam de forma simplesmente vergonhosa. Neal McDonough faz um péssimo Bison, Michael Clarke Duncan faz do boxel Balrog um mordomo, Taboo (cantor do Black Eyed Peas) faz um Vega risível e ainda temos uma dupla de agentes com o Chris Klein e a bonitona Moon Bloodgood que não passam de uma das piores piadas do cinema.

chun_li_kreuk

Cheio de pistolas e furos históricos incríveis, além dos nomes de alguns personagens não se vê quase nada do universo do game nesta trama, que é sofrível. Não foi nenhuma surpresa o tremendo fracasso nas bilheterias, sequer aconteceu uma apresentação para a imprensa. Trata-se de um filme estúpido, imbecil, ridículo, medonho, tenebroso, tosco, sem alma e vergonhoso. É uma afronta aos milhares de fãs de um dos maiores e mais clássicos jogos da história.

No ano de 1994 o mundo foi presentado com uma pérola, Street Fighter: A Batalha Final, que trazia a frente Jean-Claude Van Damme como Guille, que se comparado aqui com “A Lenda de Chun-Li” é uma obra prima da sétima arte. Pior caros leitores, fizeram uma “deixa” na cena final para uma possível continuação. Só que as críticas horríveis (4% de aprovação no RottenTomatoes por exemplo) e a péssima arrecadação nas salas pode dar um “K.O.” nessa história.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

14 Comments

  1. Putzzz….
    Desde que vi a rimeira noticia sobre esse filme, ja imaginava que seria uma bomba!!!
    Agora entao que você falou aí mesmo que eu nem quero assisitr…

    =]

    abraços..

    Post a Reply
  2. Eu já assisti e não achei bom…
    Muito forçado, sem graça…
    Não iria ao cinema pra ver um filme desses…

    Post a Reply
  3. Pior que para gente que é fã de Street Fighter infelizmente não tem como deixar de assistir.

    Ao menos você já vai preparado, boa sorte Miguel!

    Post a Reply
  4. Assisti este filme faz alguns dias.
    Pra quem nunca viu o game e seus personagens,é assistível…Mas como fã fiel ao game,decidi espiar…
    Fiquei estático com a porcaria da história.Onde estão os poders psíquicos do Bison?Por que o Vega é o Taboo?Ele é chinês!!Quando foi que a Chun-li matou o chefão da Shadallo??Nem fizeram questão de fazer com que Chun-li desse os seus famosos chutes na velocidade do som!!
    Desde quando kristin Kreuk é chinesa(apesar de q no filme estar aceitável sua aparencia).
    Ou as adaptações melhoram ou param de produzir…(alguém aí assistiu “DragonBall evolution”?)

    Post a Reply
  5. achei uma porcaria.,esperava mais do filmesó tive decepção!

    Post a Reply
    • É mesmo decepcionante Edilanio, consegue ser pior do que aquele outro Street Fitghter com Van Damme!

      Post a Reply
  6. Tenho vontade de dar um Hadouken nesse povo que faz isso com um jogo que foi que ainda é sucesso nos fliperamas o filme mereceria no minimo um otimo roteiro.

    Post a Reply
  7. Tiago, tá pra surgir uma adaptação decente de games para o cinema.

    Tem um tal de Tekken que vai sair ano que vem que parece não ser ruim. Vamos aguardar.

    E quanto ao povo que fez esse Street Fighter só mesmo meia lua e todos os botões de murro 🙂

    Post a Reply
  8. asisti o filme e axo q esse filme veio para disputa o osca!!!!!!dos piores filmes do mundo!!! q vergonha o primeiro filme foi dão bom!!! nota: 0000000000000000000000000000000000000000000!!!

    Post a Reply
  9. o filme é uma merda boiando!

    Post a Reply
  10. Lixo é no Lixo.

    – O pior é que eles ainda insistem ¬_¬

    Post a Reply
  11. Qualquer pessoa que tivesse vivido um pouco da saga do street figther, saberia produzir este filme muito melhor do que foi apresentado!

    Post a Reply
  12. CONCORDO COM A CRITICA,SÓ SE SAFOU REALMENTE FOI A KRISTIN KREUK QUE FEZ UMA CHUN-LI BACANA.

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Marcio via Rec6 - Street Fighter: A Lenda de Chun-Li - Crítica do Filme ... Facilmente é uma das piores adaptações de games…
  2. Top 10 Piores Adaptações de Games para o Cinema | Porra, man! - [...] – Street Fighter – A Lenda de Chun-Li (2009) Confira a crítica clicando na imagem Lutas ruins, história…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.