[Lista de Filmes] Billy Elliot

Poster do filme Billy Elliot

Billy Elliot (Billy Elliot, 2000 – 110 min)

Direção: Stephen Daldry.
Roteiro: Lee Hall.
Elenco: Jamie Bell, Julie Walters, Jean Heywood, Jamie Draven, Gary Lewis, Stuart Wells, Mike Elliot, Billy Fane, Joe Renton.
Gênero: Drama, Comédia.

Sinopse: Billy Elliot é um menino de apenas onze anos que é treinado pelo pai para lutar boxe, mas durante os treinos, ele tem contato com as danças clássicas, se encantando com a magia do balé. Incentivado pela professora, que o vê como um talento nato, Billy enfrenta a família para se dedicar ao mundo da dança.

Este foi um dos primeiros filmes a figurarem em minha famosa lista. Lançado no ano de 2000, o meu interesse em assistí-lo se deu pelo fato dele ter sido muito bem recomendado pelas pessoas que transmitiam e noticiavam sobre o Oscar da época. Apesar de ter sido indicado apenas a 2 prêmios – melhor diretor para Stephen Daldry e melhor roteiro adaptado – todos afirmavam que “Billy Elliot” era uma grande obra merecedora de um maior reconhecimento da academia.

A trama toca num assunto que para muitos é um axioma (a Wikipedia lhe explica o significado), homem fazendo balé não é homem. Meninos jogam futebol, boxe (na estória deste filme é o esporte que o pai do jovem protagonista incentiva-o a fazer), ou qualquer coisa do tipo. Dançar Balé? Jamais! Isso é coisa de menina.

Cena do filme Billy Elliot

O pequeno Billy Elliot (Jamie BellJumper) tem 11 anos e mora numa pequena cidade do interior da Inglaterra com seu pai, irmão e sua vó (que já não está muito boa da mente). Enquanto seu pai e irmão enfrentam problemas com trabalho nas minas de carvão, participando ativamente de uma greve e vários protestos, o pequeno Billy precisa enfrentar o preconceito de fazer o que descobriu gostar muito que é dançar, ao invés de estar trocando uns bons socos num ringue.

E o preconceito não vem só de casa, com seu pai indignado e seu irmão deveras decepcionado, vem de várias outras pessoas, o mundo é assim mesmo ou não? Billy encontra numa professora de dança a sua principal motivação para seguir com o seu sonho.

billy elliot cena2

A fato de curiosidade, o ator Jamie Bell teve uma história de vida bastante parecida. Ele também enfrentou muitas pessoas para concorrer ao papel, assim como seu personagem para passar nos testes de uma academia de balé e para deixar os preconceituosos pasmos, ‘ambos’ gostam de jogar futebol.

Se na premiação do Oscar o filme talvez não tenha tido seu merecido reconhecimento, garanto que muitos que o assistiram gostaram do que viu. Pode até ter alguns pequenos problemas, mas que passaram por mim desapercebidos. Trata-se de um filme bonito, em alguns momentos engraçado e muito emocionante. Só não chorei porque a regra é clara: macho que é macho não chora!

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

16 Comments

  1. Porra man, sua lista de filmes a assistir deveria ter um espaço para indicações.

    Tenho assistido todos os Filmes de Seth Rogen. Vi que você já assistiu 2 com participação dele que foram Donnie Darko e Ligeiramente grávidos. Recomendo vocÊ colocar em sua lista em ordem de preferencia: Superbad, O âncora (inclusive vai passar hoje no intercine), Segurando as pontas, Fanboys, Quase Irmãos e Pagando bem que mal tem?, o Virgem de 40 anos.

    Tem dois que ainda não vi que é Observe and report e o novo Funny People.

    Não viu a trilogia (de dois filmes) de Lars von trier ainda? Dogville é o melhor .

    Um filme que eu assisti recente e achei muito fóda foi A queda ( http://www.imdb.com/title/tt0460791/ ) muito fóda man.

    Outro filme que achei muito fóda foi o argentino Valentin ( http://www.imdb.com/title/tt0296915/ ) porra man, não vou negar que me emocionei.

    Tenho todos os que já assisti comigo versão de um olho só e perna de pau, mas funfa que é uma beleza. Tenho um case com mais de 400 filmes. Acho que vi 2/3.
    Abraço.

    #pegaleão

    Post a Reply
  2. Acabei de ver em crítica de filmes (todos) que alguns que citei você já assistiu.

    Outro filme que recomendo que não está na sua lista e o tenho original é Cães de Aluguel De tarantino. porra man. muito bom.

    Jogos trapaças e dois canos fumegantes de Guy Ritchie também é muito bom além de RocknRolla que é fóda tb. Porra man. Qualquer coisa é nóise, só não empresto DVD, porque quem empresta não presta, mas faço cópia. hehee

    Post a Reply
  3. Pois é Uraí, boa dica mesmo.

    Estou trabalhando num novo template e uma das coisas que vou implementar é uma caixinha com sugestões. Hoje as pessoas que querem sugerir algo ou comentam em algum post como você ou então manda uma mensagem na página de Contato.

    Quanto aos filmes que você indicou, alguns eu já vi:

    Superbad, Fanboys e Pagando bem que mal tem? e o Virgem de 40 anos. Todos muito bons.

    Nessa página tem todos os filmes que comentei no blog: http://www.porraman.com/critica-de-filmes-todos-comentados/

    Adicionei na minha lista de filmes a assistir:
    – O âncora
    – Segurando as pontas
    – Quase Irmãos
    – A Queda
    – Valentin

    Dogville já está lá!

    Valeu mesmo pela dica meu velho. E esse seu case é arrasador, tenha medo!

    Tenho uma lista aqui com 25 filmes que já vi (alguns dessa minha lista) e que falta eu comentar e mais uns 10 aqui no PC.

    Preciso de tempo hehehe

    []´s

    Post a Reply
  4. Adicionei também “Jogos trapaças e dois canos fumegantes”.

    Cães de Aluguel eu já vi e dos 10 filmes que tenho aqui no meu pc um é RocknRolla 🙂

    Post a Reply
  5. Porra man! Vou ter de discordar! Eu me emocionei! O menino conquistou o pai e o irmao que no final das contas ficaram super satisfeitos e contentes com a conquista do filho. Todos ali passaram por muitas dificuldades e conseguirem vencer. Filme nota 10.

    Post a Reply
  6. este filme e muintobom…….

    Post a Reply
  7. filme massinha!

    Post a Reply
  8. Arrá, este eu assiti meu cumpadi. Gostei muito, até meu lado feminino que é sapatão tambem gostou. Brincadeiras à parte, eu gostei do filme. Ele trabalha com a natureza humana, e quem trabalha este tema com sensibilidade tem tudo para acertar. É uma história que está por aí, em vários pontos da terra. Meninos que querem dançar, meninas que querem andar de skate, e pais que a princípio não compreendem. E quando a vontade é forte, como no caso de Billy, a verdade final vem á tona, em forma de triunfo.
    Em tempo… Houve um certo cabeludo que queria tocar guitarra e cantar e ouviu da tia que a guitarra não levaria ele a lugar nenhum. Mas então ele encontrou três outras rapazes também de Liverpool…e o resto é história.

    Inté

    Post a Reply
  9. esse filme é bem uma lição de vida, encorajante e uma bonita história sem dúvida. Achei que tivesse sido lançado no início dos anos 90 mas é de 2000 neh??

    Post a Reply
  10. Adorei o filme. Ficou como um dos filmes da minha vida. Indiquei a um amigo e agora ele saiu pelas ruas pulando…em busca dos sonhos dele…

    Tenho uma história parecida com a do personagem. Com a diferena que eu não tive uma professora que me ajudasse. Pelo contrário.(nem vale a pena falar)
    Vou descordar em relação a “macho que é macho não chora” – Macho que é macho chora sim, mas não na frente dos outros né? Eu chorei no filme, mas se alguém disser que eu chorei eu nego…(rsrsrs)

    Post a Reply
    • As vezes lanço algum comentário “engraçadinho” e a máxima de “macho não chora” de tanto ser difundida por ai a gente acaba adotando a expressão, mas em tom mais humorado mesmo.

      Outro dia participei de um podcast falando sobre filmes que me fizeram chorar, não tinha Billy Eliot (é lindo e é emocionante, mas dá pra segurar o choro facinho), mas tinha Rei Leão, Sempre ao Seu Lado e até o “Último Americano Virgem” hehehe.

      Post a Reply
  11. Achei uma verdadeira lição de vida.
    Adoraria que muitos adolecentes valorizassem suas regalias nesta vida.

    Post a Reply
  12. Eu adoraria ter visto o filme Billy Ellit mas no dia em que a professora troxe o filme para a classe assistir me aconteceu um probleminha e eu tive que ir embora.Mas com certeza vou compra-lo

    Post a Reply
  13. Filmaço!!! nota dez!!!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.