A Mulher Invisível (2009)invisivel2-poster

Direção: Cláudio Torres
Roteiro: Cláudio Torres
Elenco: Fernanda Torres (Lucia), Maria Luisa Mendonça (Marina), Lúcio Mauro (Governador), Luana Piovani (Amanda), Paulo Betti (Nogueira), Selton Mello (Pedro), Maria Manoella (Vitória), Vladimir Brichta (Carlos)
Gênero: Comédia.

Sinopse: Em plena crise por ter sido abandonado pela esposa, um homem recebe a visita da mulher ideal. Dirigido por Cláudio Torres (Redentor) e com Selton Mello, Luana Piovani, Vladimir Brichta, Maria Luísa Mendonça, Fernanda Torres e Paulo Betti no elenco.

Existem certos filmes que só a presença de algum ator já é motivo suficiente para me levar ao cinema, um deles é Selton Mello. “A Mulher Invisível” já mostra nos trailers ao que se destina, mesmo assim levei um pouco de fé. Contando ainda com Luana Piovani semi-nua e diversas vezes aparecendo só de lingerie, acredito que o filme até caia no gosto do público mais “geral” de nossas salas. Mesmo eu tendo rido algumas vezes e ainda levado uns tapas por causa de minha atenção na “atuação” de Piovani, não tenho como negar que o filme é fraco.

a-mulher-invisivel

A trama conta a estória de Pedro (Selton Mello) que é daqueles românticos à moda antiga. Depois de levar um belo pé na bunda do amor de sua vida, ele até tenta procurar outra mulher ‘perfeita’, mas acaba não consigo logo. Um certo dia bate à sua porta uma ‘vizinha’ sua, Amanda (Luana Piovani) pedindo um pouco de açúcar ;). Amante insaciável, sensível, inteligente, não reclama de seu futebol e nem é ciumenta. Seus problemas começam quando ele tenta apresentá-la ao seu melhor amigo.

Selton ainda consegue arrancar alguns risos, mas sem dúvidas não é um trabalho muito inspirado. Quem sempre rouba a cena quando surge é Fernanda Torres, mesmo num papel pequeno ela consegue deixar sua marca bem presente. Luana Piovani faz apenas o papel mesmo de gostosa, sua atuação (interpretativamente falando caros leitores) é sofrível. Vladimir Britcha e os outros até que não estão mal também.

a-mulher-invisivel-luana

O maior problema do filme não está no elenco e sim no roteiro. Parece que a boa ‘sacada’ da estória termina em uns 45 minutos. Depois fica aquele lance forçado de sair empurrando com a barriga até terminar no padrão dos romances que já estamos acostumados a ver direto por aí nas telonas.

Para mim A Mulher Invisível” é um filme fraco e que ficou devendo, só que não acho que fizeram errado não. Se Hollywood pode nos empurrar goela abaixo diversos enlatados de romances e comédias sempre iguais porque também não podemos explorar esse nicho de mercado? Tenho certeza que o público mais “geral” e “esporádico” dos cinemas irá gostar mais do que eu e até encher as salas.

Related Posts with Thumbnails