Por Amor (Personal Affects)

Por Amor (Personal Affects, 2009)
por-amor-poster
Direção: David Hollander.
Roteiro: David Hollander.
Elenco: Ashton Kutcher, Michelle Pfeiffer, Kathy Bates, Rob LaBelle, Anna Mae Routledge.
Gênero: Drama.

Sinopse: Andrew e Linda têm tragédias familiares em comum. Por isso, eles acabam se apegando um no outro emocionalmente a fim de superar seus traumas e, quem sabe, terem um destino juntos ao começarem um romance.

Para que servem afinal os dias e horários promocionais no cinema se não para você encarar alguns filmes que dificilmente você teria coragem de ver? De cara já torcendo o nariz pelo título de novela da Globo e imaginando já a armadilha que esperava por mim, fui conferir “Por Amor (Personal Affects)” sem muito contestar, afinal não era minha vez de escolher o filme.

Esperar uma comédia romântica de mais baixo nível com o queridinho da mulherada em Hollywood Ashton Kutcher junto com Michelle Pfeiffer e encontrar na verdade um filme dramático já foi um ponto positivo para mim. Não ia ter na tela só o velho “separados, juntos, separados, juntos e felizes para sempre”. Pena que o romance forçado e sem qualquer química dos dois tenha jogado tudo por água abaixo.

por-amor-kutcher-pfeiffer

Andrew (Ashton KutcherJogos de Amor em Las Vegas) perdeu a irmã tragicamente violentada e assassinada. Em um grupo de ajuda ele conhece Linda (Michelle Pfeiffer) colega de sua mãe que perdeu o marido assassinado por um amigo. Linda ainda tem que lidar com o seu filho surdo/mudo e problemático, que quer vingar a morte de seu pai a qualquer custo.

Ao inserir numa trama que já tinha gás suficiente para dar um bom filme um romance tão imbecil, o diretor e roteirista David Hollander terminou por destruir seu filme. A cena do primeiro beijo dos dois então é uma das “PEORES” que já vi no cinema, química igual a zero.

por-amor-561-11

O personagem de Ashton Kutcher exigia uma interpretação muito melhor. Precisava ir muito além de se fantasiar de frango e fazer carinha triste e jeito de abestalhado. Fraquíssimo, me desculpem garotas, não o acho um ator ruim, ele sabe muito bem atuar em comédias e romances, mas aqui foi realmente deprimente. O que melhor desempenhou seu papel foi o do ator que vive o filho ‘problemático’ de Linda.

Ainda que muita gente seja levada pelo carisma dos protagonistas e pela história “emotiva” da trama a achar que é um bom filme, “Por Amor” é uma trama mal organizada e estragada tanto pelo fraquíssimo desempenho dos protagonistas quanto pelo romance inserido goela abaixo só para atrair público. Infelizmente tem gente que gosta deste tipo de mesmice e definitivamente aqui tínhamos uma boa história que não precisava de nada disso.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

10 Comments

  1. Tenha medo desse filme, nem estreou lá nos EUA ainda.

    Post a Reply
  2. Este filme é daqueles que você (não) espera para ver em Supercine. Nem pagando 2 Reais eu encaro este.

    p.s: Se tem “amor” no título, você já desconfia.

    Post a Reply
  3. só confirmando… Kathy Bates não pode ser filho de Michelle Pfeiffer nem que ela quisesse. 😉

    Post a Reply
  4. Tem razão Dmitry, copiei errado o nome do sujeito, em fim.

    Kathy Bates fez a mão de Kutcher e também Tomates Verdes Fritos 🙂

    Post a Reply
  5. Um dos piores filmes que vi no últimos tempos.

    Post a Reply
  6. O filme é bom, o critico é ruim … É daqueles que estão esperando o prequel do Cidadão Kane ..

    Post a Reply
  7. Ou talvez Alexandre seu comentário e sua percepção de um filme bom que seja ruim. Nunca se sabe

    []´s

    Post a Reply
  8. Eu amo assistir filme surdos, adorei ver filme e só q não gostei q surdos fico preso por causa tinha raiva alguém matou pai dele q amava mt…Tem mais filme surdos e gostaria saber nome..

    Post a Reply
  9. obrigada pela opnião, bom eu ja baixei por isso vou me arriscar– mas com o pezinho la atras!!!

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Lições que aprendi com o Cinema em 2009 | Porra, man! - [...] - Nunca mais assistirei filmes com Michelle Pfeiffer. [...]
  2. Stardust - O Mistério da Estrela - Crítica do Filme | Porra, man! - [...] recheado’, que mistura jovens talentos com atores bastante consagrados como Michelle Pfeiffer (Por Amor) e Robert De Niro, este…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.