Entre os Muros da Escola
(Entre les Murs – França, 2008 / Brasil 2009 – 128 min)entre_les_murs-poster

Direção: Laurent Cantet.
Roteiro: Robin Campillo, Laurent Cantet, François Bégaudeau.
Elenco: François Bégaudeau, Laura Baquela, Nassim Amrabt, Cherif Bounaïdja Rachedi, Juliette Demaille, Damien Gomes, Arthur Fogel, Dalla Doucoure.
Gênero: Drama.

Sinopse: Baseado em livro homônimo de François Bégaudeau, em que relata sua experiência como professor de francês em uma escola de ensino médio na periferia parisiense, lugar de mistura étnica e social, um microcosmo da França contemporânea.

Vencedor da Palma de Ouro em Cannes ano passado, “Entre os Muros da Escola (Entre les Murs)” é um filme que fala da relação professor-aluno ao mesmo tempo em que nos mostra o contexto social e político da França e suas colônias. Não é definitivamente um filme fácil uma vez que nem tudo fica bastante claro para todos que o assistem, é preciso ter um olhar mais amplo para compreender o que nos é apresentado.

Toda a trama se passa dentro de um colégio da periferia de Paris, basicamente dentro da sala de aula. É lá que François – interpretado por ele mesmo, ou seja, é quase uma autobiografia ou documentário de suas experiências na sala de aula – tenta lidar com a difícil relação de poder que os professores possuem sobre os alunos, a hierarquia de nossas instituições de ensino.

entre_les_murs-cena
François na verdade tenta ser um pouco mais que apenas o mestre, ele tenta conseguir uma cumplicidade e respeito dos alunos se aproximando deles, mas o filme nos apresenta como toda essa relação é bastante complicada. Na sala de aula temos uma diversidade enorme com imigrantes, cidadãos ‘franceses’ oriundos das (ex)colônias e até um chinês.

Problemas familiares, diversidades culturais e muitas contestações dos alunos em sala de aula. Por parte do corpo de professores temos as questões administrativas de uma escola, e nos é apresentado que eles também sofrem bastante com tudo isso. François fica meio que intermediando os dois lados e fica difícil separar no filme o que é ficção do que seria documental.

entre_les_murs-cena2
Definitivamente “Entre os Muros da Escola” é uma obra diferenciada por nos deixar muitas brechas e metáforas no ar. Talvez por isso não seja um filme indicado para qualquer um, é daqueles que quando termina você ainda fica digerindo o que viu. É um bom filme sem dúvidas e que ganhou bastante as críticas especializadas, entretanto, como eu disse no início, se você não tiver uma visão mais ampla e literalmente não ‘viajar nas metáforas e deixas‘ pode ficar meio “no ar” quando vir os créditos finais subindo a tela. Confesso que não consegui ser tão ‘maduro‘ quanto precisava para idolatrar esta obra.

Related Posts with Thumbnails