Sete Vidas (Seven Pounds)

poster-7-vidas

Sete Vidas (Seven Pounds: EUA, 2008 – 118 min)

Direção: Gabriele Muccino.
Roteiro: Grant Nieporte.
Elenco: Will Smith, Rosario Dawson, Woody Harrelson, Barry Pepper.
Gênero: Drama.

Sinopse: Ben Thomas é um homem que foge de uma culpa do passado salvando vidas de completos desconhecidos. Seus planos sofrem mudanças quando conhece a frágil Emily, encontro que vai resultar na maior redenção de Ben.

O diretor do belo e emocionante “A Procura da Felicidade Gabriele Muccino voltou a fazer ‘parceria’ com o ator Will Smith em mais um drama. Em “Sete Vidas (Seven Pounds)” temos um filme menos ‘mastigado’ e novamente com uma bela atuação de Smith, ainda assim achei bem monótono. O roteiro do filme é daqueles que não seguem uma ordem cronológica certinha e deixa a trama se desenrolar aos poucos, até o final altamente dramático que pode fazer os mais fracos cairem em lágrimas.

seven-pounds-sete-vidas-cena

A trama nos traz Ben Thomas (Will Smith) um agente da receita federal que está disposto a encontrar sete pessoas dignas de serem ajudadas. Alguns flashs e tomadas rápidas nos mostram que algo de muito trágico aconteceu no passado em sua vida, e nessa sua incessante busca em ajudar estas sete pessoas, ele procura sua redenção. Seus problemas começam quando ele conhece Emily Posa (Rosario Dawson).

Emily se mostra uma mulher frágil e com problemas sérios de coração. Ao contrário de seus trabalhos anteriores que sempre buscaram mostrar apenas a sua sensualidade, aqui vemos uma bela atuação de Dawson, que pode até dar uma guinada em sua carreira. Wil Smith, para o desgosto de alguns, continua mandando bem em filmes dramáticos. Até mesmo os personagens secundários trabalham direitinho no filme.

seven-pounds-sete-vidas-cena2

O grande problema que encontrei ao assistí-lo não está no elenco e sim na chata história. O filme é bem arrastado, apesar de todo o roteiro ‘teoricamente’ bem bolado. Para mim as motivações de Ben e até mesmo algumas passagens, como a das medusas, mais me pareceu uma tentativa de forçar a barra e de se mostrar como um filme “maduro“. Eu particulamente não engoli e não gostei muito desta história.

Para mim “Sete Vidas” é mais um exemplo de que nem mesmo com bons ingredientes como a bela atuação do elenco e um bom diretor, necessariamente teremos um filme de destaque. O roteiro e o desenvolvimento bastante arrastado e monótono não ajudam muito. Para alguns o final foi emocionate e não faltaram lágrimas, para mim mais pareceu uma tentativa exagerada de querer elevar esta obra a algo que ela não conseguiu alcançar, em minha opinião um filme fraco.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

12 Comments

  1. Tenha muito medo desse filme, tive coragem não.
    Chega de Will Smith na minha lista de piores filmes.
    ehehehehehe

    Post a Reply
  2. Vi esse filme ontem, achei um roteiro tosco, buscando a emoção barata, com uma direção tentando dar um ar de filme de arte pra um filme trash.
    Gostei da atuação da Rosario Dawson apenas.

    Post a Reply
  3. Bom Maína, você sintetizou em seu comentário tudo o que achei do filme também.

    E Ramon como sempre com 2 pés atrás com Will Smith. Me lembro como se fosse hj de você reclamando no filme “Eu, Robô” até por causa dele estar usando All Star hahahaha

    Post a Reply
  4. O filme é bem mais ou menos. Sentimentalismo barato.

    Post a Reply
  5. Muito bom esse filme…Will Smith, como sempre um otimo ator! Essa é uma verdadeira historia de vida. Os que nao souberam apreciar dessa historia, sinceramente sao uns sem cultura msm!

    Post a Reply
  6. Eu gostei do filme a primeira parte e um pouco chata , mas o filme esta bom e se fosse emoçao tão barata como dizem na sala não ia estar ninguem a chorar ou muito pouca gente . Will Smith podia estar melhor é verdade mas o filme tem uma optima história tem falat de alguns engredientes apenas.

    Post a Reply
  7. Porra man!

    Genial esse filme. O melhor filme que eu ja vi.

    Post a Reply
  8. SEM DÚVIDAS O MELHOR FILME QUE JÀ VI…NÃO SEI O QUE ESSE PESSOAL AE RECLAMA.

    Post a Reply
  9. Sim senhora Vanessa, sua opinião está muito bem registrada!

    Grande abraço 🙂

    Post a Reply
  10. Maravilhoso filme, de maneira geral, e não cheguei a perceber problemas de roteiro ou excesso de clichês – como vários críticos apontaram. Sim, é uma bela estória, de se emocionar bastante, com final surpresa muitíssimo bem bolado e de tirar o fôlego! Recomendadíssimo!

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Homens de Preto 3 (Men in Black 3) | Porra, man! - [...] no tempo para matar o seu captor. É aí então que entra em ação o agente J (Will Smith,…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.