Deixe Ela Entrar (Let the Right One in)

Deixe Ela Entrar (Låt den Rätte Komma In – Suécia, 2007 – 110 min)poster-deixe-ela-entrar

Direção: Tomas Alfredson.
Roteiro: John Ajvide Lindqvist.
Elenco: Kåre Hedebrant, Lina Leandersson, Per Ragnar, Henrik Dahl, Karin Bergquist, Peter Carlberg.
Gênero: Suspense, Drama.

Sinopse: Oskar, um garoto de 12 anos, é perseguido diariamente pelos colegas da escola e sonha com vingança. Ele conhece e se apaixona por Eli – sua nova vizinha- , uma vampira que aparenta ter sua idade e que o instiga a lutar contra seus opressores.

Recebi uma indicação de um leitor tempos atrás para conferir este filme, que já vinha recebendo execelentes críticas mundo a fora. O filme é sueco e foi lançado por lá em 2007, chegando aos EUA e em alguns festivais de cinema aqui no Brasil em 2008. De longe um dos melhores filmes de ‘vampiro‘ que já vi e um dos melhores do ano passado sem dúvida alguma. Sabe-se lá quando será lançado em nosso circuito comercial ou se vai aparecer direto para DVD, eu acabei baixando e se fosse você faria o mesmo.

poster-deixe-ela-entrar-cena2

A trama nos apresenta Oskar ( Kåre Hedebrant) , um garoto de 12 anos que vive apanhando dos colegas no colégio e vive imaginando e sonhando em um dia se vingar deles, mas só faz mesmo é continuar apanhando. Sua vida começa a mudar quando ele conhece e se apaixona por Eli (Lina Leandersson), sua nova vizinha que acaba de se mudar para seu prédio. Não demora muito e Oskar descobre que Eli é na verdade uma vampira.

O interessante do filme é que vemos claramente um parelelo entra a estória contada com os dramas da adolência. Os dois tem 12 anos, sendo que Eli tem 12 anos a bastante tempo, e possuem seus problemas. Enquanto Oskar sonha em ver o sangue dos colegas que tanto lhe maltratam e humilham, Eli precisa dele para sobreviver. A trama e a atuação dos 2 jovens protagonistas é realmente bastante cativante.

poster-deixe-ela-entrar-cena

O filme consegue lhe prender a atenção do início ao fim. O título nacional “Deixe Ela Entrar” não é muito belo, mas o filme sueco ‘Låt den Rätte Komma In’ – ‘Let The Right One In, no inglês’ é um grande e excelente filme. Se você gosta de filmes do gênero ‘vampiro’ não pode deixar de assistir.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

44 Comments

  1. Eu ainda tinha esperança de ver esse no cinema.

    Post a Reply
  2. É praticamente uma unanimidade na net. Todo mundo ama este filme. Por isso vou dar um jeito de assistir. Pena que não vai pintar nos cinemas de Salvador.

    Post a Reply
  3. Esse é bala e vocês só assistem na DownloadTV. Tratem de baixar hehehe

    Post a Reply
  4. Eu sou o dono da comunidade desse file no orkut. Quem quiser la nos temos varias opções de downloads e uma legenda caprichadissima feita pela equipe lah…

    Um otimo filme mesmo, pra mim soh fica abaixo de Dracula de Bran Stocker.

    Post a Reply
  5. Felipe, excelente dica. Agora quem quiser é só entrar na comunidade e baixar.

    Abração!

    Post a Reply
  6. Passa o link da comu

    Post a Reply
  7. Porra, man, esse filme é foda!!

    Tem meme pro c lah no blog

    Post a Reply
  8. esse filme saiu em dvd?

    Post a Reply
  9. Bom… Eu já assisti e digo que o filme “não” é literal!
    Abram suas mentes, assistam ao filme e interpretem cada cena.
    Não é um simples filme de vampiro… tem muuuito mais nas entrelinhas.
    Observem 😉

    Post a Reply

    • Renata:

      Bom… Eu já assisti e digo que o filme “não” é literal!
      Abram suas mentes, assistam ao filme e interpretem cada cena.
      Não é um simples filme de vampiro… tem muuuito mais nas entrelinhas.
      Observem

      Haha, acho q só quem leu o livro ou tiver uma mente muuuito aberta vai entender sobre oq vc estava falando ^^

      Post a Reply
      • Também é fogo né… o vampiro só fica falando ‘eu não sou uma garota’ ao invés de dizer logo a real. Fora que a única cena que poderia deixar claro o que ele quis dizer, é muito rápida para qualquer um entender.

        Post a Reply
        • Não Rafael, quem tem mais costume de sempre assistir filme e é uma pessoa mais atenta enxerga com certa facilidade as nuances dessa obra. Mas não abomino que assiste apenas pra se divertir com uma historinha de vampiro, afinal, o filme é bom independente do seu nível de “visão” crítica.

          Post a Reply

    • Marcio Melo:

      Não Rafael, quem tem mais costume de sempre assistir filme e é uma pessoa mais atenta enxerga com certa facilidade as nuances dessa obra. Mas não abomino que assiste apenas pra se divertir com uma historinha de vampiro, afinal, o filme é bom independente do seu nível de “visão” crítica.

      Concordo, mesmo pra quem não percebeu, ou até mesmo por isso, deve ter sido uma ótima experiencia =)

      Post a Reply
  10. Um filme singelo com ótimas interpretações. Ele não glamouriza os vampiros e ainda coloca em pauta a questão da violência. Vale muito a pena!

    Post a Reply
  11. O filme tem muitas metáforas e ele faz um paralelo de como é difícil ser adolescente.

    Post a Reply
  12. Não entendi pq vc não achou o titulo nacional interessante, primeiro pq não difere em praticamente nada do original, o sentido é o mesmo! e é uma homenagem ao genero, já que nas historias de vampiros, ele só podem entrar em algum luga, se forem convidados!

    realmente um filme porreta!!!!!!!!!! muito bom.

    Post a Reply
  13. O sentido está correto no título, só ficou um pouco “pornográfico” não acha? 🙂

    Filmaço

    Post a Reply
  14. o filme coloca os vampiros em seu lugar de refugiados sem glamour, cujo desejo pelos demais vem do instinto de alimentar-se ou de obter amor. Deixá-la entrar não significa perder a vida para uma menina com sede de sangue nem tornar-se um vampiro. A escolha de Oskar é quase um libelo contra as novas histórias de vampiros: aceitá-los como eles são.
    Bom Filme!

    Post a Reply
  15. Eu o assisti em 2008 quando ainda não tinha sido lançado no Brasil, ano passado ele apreceu nos cinemas nacionais.

    Se ainda não o assistiu vá que é muito bom

    Post a Reply
  16. Só tenho que elogiar.
    Esse é um daqueles filmes que são unicos, que agora faz parte da minha videoteka.

    Post a Reply
  17. AHAHAH Um filme tao bom que até fiz questao de o passar ao meu professor de geografia! Arrepiante. Não tem muito mais a dizer. Quer dizer, ter tem! Mas se tentasse descrever iria estragar a magia. Um filme que mexe com as emoçoes das pessoas. Tem momentos que nos gela, outros que nos faz deixar de pestanejar…

    Post a Reply
  18. valeu pela recomendação aí!
    eu tava sem filme pra assisti!

    Post a Reply
  19. Hey, Marcelo, ou alguém mais .. possuem o link para que posso baixar o filme com legendas em portugues? Já procurei em tudo quanto é lugar e não acho :/

    Post a Reply
    • Como eu disse em um comentário mais acima eu vi o filme em 2008, não tenho mais nem rastro de links…

      Post a Reply
  20. Vi esse filme hoje e gostei muito.
    Mas uma coisa que é difícil notar no filme e que só vi depois de pesquisar um pouco, é que Eli (a vampira) é, na verdade, um menino que foi castrado.

    Há alguns sinais disso, como quando ela pergunta a Oskar se ele gostaria dela caso fosse um menino, quando (na cama) diz que não é uma menina e também na cena em que troca de roupa, quando aparece uma cicatriz.

    O filme é adaptado de um livro e lá fica bem claro que é um menino castrado.

    Post a Reply
    • Pois é Otto, como já diria o jovem nerd “minha cabeça explodiu” quando soube disso através de você.

      Não tinha mesmo reparado, mas faz realmente sentido. De qualque forma, apesar de ser uma informação bastante curiosa, não muda minha opinião em relação ao filme.

      Continuo achando ele excelente, e você?

      Post a Reply
      • Pois é. Acho que foi o primeiro filme sueco que vi.
        É bom ver o que os outros países têm a oferecer de vez em quando.

        Post a Reply
        • Tem um filme alemão de vampiras, We Are The Night, que não chega nem aos pés de Let The Right One In, mas ainda assim é diferente dos filmes de hollywood.

          Post a Reply
          • Bom saber, valeu pela dica!

  21. Muito bom!!!!
    Inteligente, simples e cativante do início ao fim.
    abço

    Post a Reply
  22. o filme é perfeito !! as personagens tem uma certa melancolia,uma obscuridade,que combinam muito bem com o estilo sombrio do filme,que mescla terror,suspense,drama e romance com maestria. vale a pena ver

    Post a Reply
  23. Assisti esse filme num festival de cinema no Marrocos e adorei, tinha esquecido o nome e só agora, quando vi propaganda do remake americano feito que acabei resgatando o nome original! =] Vou baixar!

    Sobre esse remake, “Deixe-me entrar”, alguem tem algo a dizer??

    Post a Reply
    • Eu nem cheguei a ver a adaptação americana não, fiquei só com o sueco já que me disseram que era basicamente a mesma coisa.

      Post a Reply
  24. esse filme é muito show ! um dos melhores filmes que já vi,quem viu o filme e entendeu a historia por completo sabe que esse filme é foda d+

    Post a Reply
  25. O Título nacional é meio que uma propaganda enganosa haha, se fosse pra traduzir assim, deveriam traduzir como “Deixe Ele Entrar” e não “Deixe Ela Entrar”. Em inglês fica perfeito porque não entrega o gênero do personagem.

    Post a Reply
  26. Sem falar a excelente trilha sonora.

    Post a Reply
  27. ótimo filme…eu tinha assistido primeiro a Segunda versão..pra depois assistir essa e comparar…bem eu cheguei a uma conclusão…que essa versão é mil vezes melhor…tem muito mais coisas que a segunda…muito mais tenso e muito mais aterrorizante..eu prefiro essa..a outra foi boa também..mais não se compara com esta!!!

    Post a Reply
  28. Alguém tem um link legal aí para baixar este filme? Torrent, skydrive, dropbox…

    Post a Reply
  29. Onde acho a versão dublada?

    Post a Reply
    • Cara, não sei se tem na Netflix ou em outro serviço desses de streaming. Vi em 2009 acho que pesquisando no Google encontra fácil.

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Marcio via Rec6 - Deixe Ela Entrar (Let the Right One in) | Porra, man!... De longe um dos melhores filmes de %8vampiro%8…
  2. Crítica do filme A Estrada (The Road) | Porra, man! - [...] Anéis) e um filho (Kodi Smit-McPhee, que vai aparecer futuramente no remake americano do sueco “Deixa Ela Entrar”) sobrevivendo,…
  3. Destaques do cinema em 2010 - [...] Cage, em seu melhor papel no ano. Cholë Moretz também é a protagonista do remake de “Deixe ela entrar“, que…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.