Na Natureza Selvagem (Into the Wild)

Direção: Sean Penn.
Roteiro: Sean Penn adaptando livro de Jon Krakauer.
Elenco: Emile Hirsch, Marcia Gay Harden, William Hurt, Jena Malone, Catherine Keener, Vince Vaughn, Kristen Stewart, Hal Holbrook.
Ano: 2007 (EUA) / 2008 (BRA).
Gênero: Biografia, Drama.
Tempo: 140 min.

Sinopse: Depois de se graduar na Universidade de Emory em 1992, Christopher McCandless (Hirsch), estudante de topo e atleta, abandona as suas posses, oferecendo as suas poupanças de 24 mil dólares à caridade, para ir viver para o Alasca. Ao longo do seu caminho, Christopher encontra uma série de personagens que dão forma e sentido à sua vida. Baseado numa história verídica e no bestselling literário de Jon Krakauer.

Tive que me deslocar até a um cinema de arte aqui em Salvador para poder conferir “Na Natureza Selvagem (Into the Wild)“, e tenho que dizer que valeu extramamente a pena, pois o filme é simplesmente fabuloso, pura arte (vale a redundância). Muito bonito e um trabalho excelente de Sean Penn, mais conhecido por seus trabalhos como ator.

O filme é baseado em uma história real escrita em um livro de mesmo nome por Jon Krakauer. O escritor contou em seu livro a história e trajetória do jovem Chris McCandless, que andou pelos mais remotos locais dos Estados Unidos, atrás de liberdade e respostas, ou seria também uma fuga? Se fosse para analisar a história deste jovem eu poderia dizer que em alguns momentos ele era na verdade um pouco alucinado, lunático, afinal queimar dinheiro não é coisa de gente normal.

Chris largou sua vida bastante estável, abandonou tudo e foi em busca de liberdade, respostas e aventura. Com o Alasca como seu longiquo e selvagem destino fixo na mente, ele passou por diversos locais em seu pais. Deixou para trás inclusive sua identidade, passando a ser Alex Supertramp. Durante sua trajetória ele conheceu diversas pessoas, com quem pode aprender e ensinar também um pouco sobre a vida.

O elenco está muito bem no filme, o jovem Chris/Alex Supertramp é interpretado espetacularmente por Emile Hirsch (Speed Raver, Show de Vizinha). Jena Malone (Donnie Darko) faz sua irmã, que na maior parte do tempo está narrando algumas passagens da trajetória de seu irmão. Seus pais, que são um dos motivos dele abondar tudo, são interpretados por Marcia Gay Harden (O Nevoeiro) e William Hurt (O Incrível Hulk). Temos ainda uma pequena e divertida participação de Vince Vaughn (Separados pelo Casamento), uma passagem rápida e estonteante da jovem Kristen Stewart (Jumper) e uma linda atuação de Hal Holbrook, que foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante.

Hirsch, para fazer algumas cenas, perdeu muito peso para interpretar Chris McCandless. Ficou pele e osso. Inclusive ele não permitiu a participação de dublês, fazendo todas as cenas. Se entregou mesmo ao personagem. O filme conta ainda com belas fotografias, como não podia deixar de ser, da natureza e dos locais em que ele foi passando. A história de McCandles é conhecida por muitas pessoas e eu posso até falar que não concordo 100% com seus pensamentos, ou seus atos, mas posso afirmar que o filme é bastante comovente.

A trilha sonora composta por Eddie Vedder do Pearl Jam (que trabalhou solo neste filme) é fantástica. Assim como Sean Penn ele também tem seu forte lado político, e se Penn nos mostra isso no filme Eddie Vedder nos presenteia com excelentes canções que também afirmam sua forma de pensar. Um filme completo para quem gosta do gênero e que além da indicação a dois Oscars, foi indicado e também venceu diversos prêmios.

Há quem não goste de filmes biográficos e de drama, acredito que para essas pessoas ele possa parecer um pouco “parado“. Para mim foi excelente e com certeza um dos melhores que vi este ano. A história é muito comovente, a dedicação de Hirsch e sua atuação são sensacionais, assim como a de Hal Holbrook (que me emocionou demais em duas passagens), a fotografia do filme é linda, a trilha sonora é bacana e Sean Penn mandou muito bem. O resultado não podia ser outro, 5 controles com toda a certeza!

Related Posts with Thumbnails