Arquivo X: Eu Quero Acreditar (The X-Files: I Want Believe)

Poster Arquivo X 2

Arquivo X – Eu Quero Acreditar (The X-Files – I Want Believe)

Direção: Chris Carter.
Roteiro: Frank Spotnitz e Chris Carter.
Elenco: David Duchovny, Gillian Anderson, Amanda Peet, Billy Connolly, Xzibit e Mitch Pillegg.
Ano: 2008.
Gênero: Drama, Mistério.
Tempo: 104 min.

Sinopse: Mulder e Scully são chamados novamente pelo FBI para ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de uma agente. Um padre com visões sobre a desapericida aparece para ajudar na investigação.

Eu devo confessar duas coisas antes de começar a comentar sobre o segundo filme de Arquivo X nos cinemas, “Eu Quero Acreditar”. Primeiro que eu nunca fui um fã fervoroso da série, assistia às vezes na Record e simpatizava com o seriado. Segunda confissão é que não estava com tanta vontade de ir conferir o filme nos cinemas, grande parte devido ao primeiro que foi muito fraco.

O filme, ao contrário do que imaginava, é muito bom. Um suspense/mistério onde a trama não tem nada de muito mirabolante, mas lhe prende a atenção e vai deixando as revelações pro final. Um filme que não trata o espectador como idiota eu diria. Todo o clima dos melhores tempos da série aparece aqui, como se fosse um grande episódio.

Na história vemos o que aconteceu nas vidas de Mulder e Scully. Ela segue levando sua vida como médica e ele está isolado em casa pesquisando casos estranhos e sem explicação. Quando o chamado do FBI surge solicitando ajuda deles, os vemos sendo trazidos de volta ao que sabiam fazer de melhor. O ‘tempero‘ de mistério na trama fica por conta de um padre que diz ter visões sobre a agente do FBI desaparecida que eles estão investigando.

Não vou me estender muito nos comentários para não estragar a surpresa de quem ainda não assistiu. Só posso dizer que vale a pena, até mesmo para quem nunca foi muito fã da série, pois é um ótimo suspense. Eu fui agradavelmente surpreendido no cinema.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

8 Comments

  1. O pior é que o filme ficou devendo exatamente aos fãs fervorosos da série. Na verdade eu achei a qualidade do filme próxima aos episódios de TV, mas nada que justificasse um filme nos cinemas, pareceu mais um especial comemorativo.

    Chris Carter disse que já está com o roteiro de um novo filme escrito e que este foi mais simples porque o filme tinha que ser iniciado antes da greve dos roteiristas começar.

    O pior foi não ter nem gostado nem odiado o filme. Só esperava um pouquinho mais… inclusive do relacionamento amoroso dos personagens principais.

    Post a Reply
  2. Sim, o flme é bem legal mesmo, eu tb curti bastante.

    Post a Reply
  3. Esse eu ainda não vi. Não sei se é pelo fato de não ser tão fã ou se é pelas críticas que andei lendo. O engraçado é que todo mundo fala que não é nem ruim nem boa, mas ficou devendo… Tenho medo desse “devendo” =D

    Post a Reply
  4. Gostei do estilo dos posts, da resenha dos filmes… quanto a este filme, nunca assisti mas já li boas críticas a respeito.

    Post a Reply
  5. Excelente filme. Excelente. Prova que muitas pessoas realmente se deixam induzir/sugestionar pela opinião dos outros ao ir assistir filmes. Com a mais absoluta (ABSOLUTA) certeza, se todos fossem ao cinema sem ter lido ou sabido NADA sobre o filme, teriam adorado. É suspense dos bons, intenso, inteligente, com elenco carismático. Bela despedida. Lembro que fiquei puto quando soube da trama do primeiro filme, envolvendo aquela mitologia chata de doer. Sempre quis Arquivo X no cinema como alguma coisa na linha Seven do Finch ou Silêncio dos Inocentes etc. Com esse segundo filme, tive isso, finalmente. Palmas pro Chris Carter.

    Post a Reply
  6. Não tem o que argumentar, Arquixo X – Eu Quero Acreditar é um filme péssimo.

    Ora, a série criada por Chris Carter é um programa de ficção-científica com acentuadas pitadas de terror. Neste novo filme não vemos nada disso. É, na verdade, um filme policial, de suspense, ou coisa que o valha. Mas não é um Arquivo X, de jeito nenhum! Aliás, quem é fã verdadeiro da série quer mesmo é ver roteiros mirabolantes, sim; com seres estranhos, doenças bizarras, monstros que se esgueiram nas trevas; É esse o ingrediente que tornou a série classica e inesquicível: os agentes Scully e Mulder lutando contra forças sobrenaturais ou extra-terrestres assustadores e mortíferos. É isso o que deveria ter sido mostrado.

    Infelizmente os produtores optaram por fazer mum filme sem sal, sem emoção onde até mesmo os atores principais parecem apenas imitar seus proprios personagens, como se tivessem desaprendido tudo.

    Para mim, que sou um fã purista e aficcionado, foi uma tremenda frustração. Espero que venha logo um outro para limpar a barra que este sujou!

    Post a Reply
  7. filme de suspense? veja “A chave mestra”. Estou aguardando sua análise 😉

    Post a Reply
  8. Romer, eu já assisti “A Chave Mestra” mas tem tempo e foi antes de ter o blog. Daí eu so faço as resenhas dos filmes que estou assistindo por agora

    Mesmo assim, valeu pela dica

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Californication: Muito Sexo e Pouco Drama! | Porra, man! - [...] picantes onde o garanhão escritor interpretado por David Duchovny o eterno  Fox Mulder de Arquivo X sai pegando todas.…
  2. Sister (L'enfant d'en haut) - Um drama suíço | Porra, man! - [...] uma mulher no resort de ski – que é interpretada por Gillian Anderson, aquela mesmo de “Arquivo X” –…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.