“Mulher nota 1000”

Título Original: Weird Science (1985)
Com: Anthony Michael Hall, Ilan Mitchell-Smith, Kelly LeBrock, Bill Paxton, Suzanne Snyder, Judie Aronson e Robert Downey, Jr.
Direção e Roteiro: John Hughes
Duração: 94 minutos

Por Ramon Prates (http://turminhadoramon.blogspot.com)

Aqui estou eu escrevendo especialmente para o blog “Porra Man!” para a seção “Esse era bala”.

Quem viveu os anos 80 com certeza deve lembrar desse “clássico” da Sessão da Tarde chamado “Mulher nota 1000”. Esse filme foi obra de um expert em filmes para jovens dessa época chamado John Hughes. Vocês devem lembrar dele de outros filmes tão conhecidos como esse tipo “Curtindo a vida adoidado”, “Clube dos 5”, entre outros.

Apesar de nunca ter conseguido boas críticas, Hughes conseguiu transformar seus filmes em verdadeiros clássicos dos anos 80. Quem precisa da crítica quando você consegue conquistar o público?

“Se você não consegue arrumar uma garota, faça uma!”. Essa é a premissa do filme. Dois adolescentes que são os perdedores do colégio conseguem uma incrível façanha, criar uma mulher perfeita no computador. O resultado é Lisa, que irá transformar a vida deles para sempre.

Posso citar várias cenas como clássicas, como por exemplo a cena em que os adolescentes tomam banho junto com sua nova criação. Mas para isso eu teria praticamente que contar e narrar quase todas as cenas.

Alguns nomes do elenco chamam a atenção no filme. O protagonista Anthony Michael Hall esteve em filmes como “Clube dos 5” e “Edward mãos de tesoura”. Mas o mais curioso é ver gente como Robert Downey Jr. (sim, ele mesmo, o Homem de Ferro) em início de carreira como um bad boy ou Bill Paxton (“Twister”, “Titanic”), também bem novo como o irmão mais velho e pentelho Chet.

Outra coisa que vale a pena ser citada é a música tema “Weird Science” cantada pelo grupo Oingo Boingo. Para quem não sabe, o vocalista da banda era ninguém menos que Danny Elfman, famoso por boa parte das trilhas dos filmes de Tim Burton e do tema do desenho Os Simpsons. Essa música também é um clássico dos anos 80.

Em 1994 resolveram ressuscitar o filme em formato de série de TV. O show ficou no ar até 1998 e teve ao todo 88 episódios. A série foi também exibida pela rede Globo, muitos devem lembrar.

Sem dúvidas esse é um dos grandes clássicos da Sessão da Tarde e assisti-lo sempre traz boas recordações, além é claro de ser um filme bem bacana e divertido.

Algo que eu sempre me pergunto é, quais são os clássicos da Sessão da Tarde da atualidade? É algo a se pensar. Quem sabe isso não pode ser tema de uma futura postagem.

Ótima lembrança de Ramon, e bela contribuição aqui pro “Porra, man!”, agradeço muito (também pelo empréstimo do DVD para eu rever este grande clássico). Quem também tiver interesse em participar, quiser escrever ou comentar sobre algum filme, entra em contato.

Related Posts with Thumbnails