Poster Homem de Ferro

Homem de Ferro (Iron Man)

Direção: Jon Favreau.
Roteiro: Mark Fergus, Hawk Ostby, Art Marcum, Matt Holloway adaptação dos quadrinhos de Stan Lee, Don Heck, Larry Lieber, Jack Kirby.
Lançamento: 2008.
Elenco: Robert Downey Jr., Terrence Howard, Jeff Bridges, Gwyneth Paltrow, Leslie Bibb, Shaun Toub, Faran Tahir, Sayed Badreya, Bill Smitrovich, Clark Gregg.
Gênero: Ação.
Tempo: 126 min.

Sinopse: Adaptação da série de quadrinhos da Marvel que conta a história de Tony Stark, um bilionário das indústrias que um dia é sequestrado e obrigado a construir uma arma devastadora. Usando sua inteligência e genialidade ele acaba construindo uma armadura de alta-tecnologia que o ajuda a escapar do cativeiro. Durante o seu retorno ele descobre um plano com implicações globais, e é aí que ele decide proteger o mundo como o Homem de Ferro.

Conferi ontem um dos maiores lançamentos para ano de 2008, sem dúvidas o Homem de Ferro (Iron Man) é o melhor filme de ação que assisti este ano. A adaptação da história dos quadrinhos está realmente sensacional. Os efeitos especiais são muito bons e bem usados. Robert Downey Jr. interpretando o bilionário Tony Stark (o homem de ferro) ficou muito legal, com muito carisma o que acaba prendendo sua atenção durante toda a trama. O filme tem ótimas doses de humor, sarcasmos e algumas sacadas geniais também. O que faltou para ser um excelente filme? Acho que faltou algo nos vilões.

Como todo primeiro filme de super-herói, primeiro precisamos conhecer sua vida antes de se tornar um herói, e também o que o motivou a fazer isso. O filme nos mostra isso de uma forma muito boa, gastando um bom tempo da trama para nos apresentar o personagem e nos aproximarmos dele. Pode parecer um pouco “grande demais” este tempo, mas ele é necessário. A história foi feita de forma fiel aos quadrinhos, claro que com algumas adaptações e atualizações, como mostrar os Estados Unidos ocupando o Oriente Médio, o que acaba nos deixando próximo da trama.

Depois de uma intervenção de um grupo terrorista, que quer uma potente arma desenvolvida por Tony Stark, ele acorda em uma caverna e descobre que alguns estilhaçoes penetraram no seu peito. Vivendo com a ajuda de uma bateria e um aparato tecnológico que evita que os estilhaços cheguem ao seu coração, ele é obrigado a produzir o “Jerico“, um potente míssil. Ao invés disso, e com a ajuda de um cientista Yinsen (Shaun Toub), ele constrói uma poderosa armadura altamente mortal, que o faz conseguir escapar do cativeiro e destruir os demais terroristas.

Quando consegue voltar para sua casa ele então decide aperfeiçoar sua armadura – e também o aparato que o mantém vivo – e acaba indo contra tudo o que fez na vida, ele decide proteger as pessoas e se torna o Homem de Ferro. Temos ainda a participação não tão brilhante de Gwyneth Paltrow como Pepper Potts (que no gibi deve ter uma relevância maior do que no filme).

As cenas de ação são muito boas, a trilha sonora “rock” também é ótima, sendo que o ápice deixaram para os créditos finais com a música “Iron Man” do Black Sabbath. Agora o vilão, ou os vilões se considerarmos também os primeiros terroristas que não possuiram chance alguma contra a pontente armadura de Tony Stark, são muito irrelevantes e fracos. Em nenhum momento parecia que eles podiam fazer frente. O tal Monge deixa o final do filme parecendo na verdade uma luta de robôs sem muitas emoções.

Tivemos ótimas deixas para continuações, algumas não tão visíveis para quem não conhece muito da história do personagem, sem contar ainda com a sempre presente e cômica participação de Stan Lee (o criador da história em quadrinhos do Homem de Ferro e de muitas outras). Tudo muito bem produzido e uma verdadeira aula de como se deve ser feito um filme de super-herói, e também um filme de ação.

Posso dizer apenas que faltou muito pouco para eu achar o filme excelente mas tenho certeza que o filme vai agradar muita gente, as primeiras críticas estão sendo ótimas e vale totalmente a sua ida ao cinema. Um dos melhores, se não o melhor, filme que vi este ano. Deve aparecer no meu top 10 em Dezembro. Recomendadíssimo, não deixe passar a oportunidade de vê-lo nas telonas. Assisti o filme com Ramonaldo e ele deixou um belo comentário no fim: “A cena final é altamente nerd“. Confiram, porquê o filme vale cada um dos 126 minutos da trama.

Related Posts with Thumbnails