Quebrando a Banca (21)

4: Muito Bom!Poster 21

Quebrando a Banca (21)

Direção: Robert Luketic
Roteiro: Peter Steinfeld, Allan Loeb adaptando livro de Allan Loeb.
Lançamento: 2008.
Elenco: Jim Sturgess, Kevin Spacey, Kate Bosworth, Aaron Yoo, Liza Lapira, Jacob Pitts, Jimmy Fisher, Laurence Fishburne, Jack McGee, Josh Gad, Sam Golzari.
Gênero: Drama.
Tempo: 123 min.

Sinopse: Baseado em fatos reais, o filme conta a história de um grupo de jovens “gênios” do M.I.T. (uma conceituada universidade de Massachusetts) que se especializam na contagem de cartas do jogo 21 (também conhecido como BlackJack) para faturarem alto em Las Vegas. Ben Campbell (Jim Sturgess) entra no grupo com o intuito de conseguir U$ 300,00 para pagar os estudos de seu curso de medicina em Harvard.

Fiquei muito tempo sem saber como classificar este filme. Acabei o classificando um pouco abaixo do que gostaria, diria que se fosse à risca o filme estaria com “3 controles e meio”, algo como uma nota 7 entre 0 a 10. É melhor do que os demais filmes que classifiquei como 3 controles e um pouquinho abaixo dos que classifiquei com 4. O filme é muito legal, divertido e me surpreendeu em alguns pontos.

A trama começa nos mostrando Ben Campbell (Jim Sturgess) tentando conseguir uma bolsa de estudos em Harvard, já que seu curso de medicina lá irá lhe custar algo em torno de 300 mil doláres. Um garoto bastante inteligente e nerd que acaba chamando a atenção de seu professor Micky Rosa (Kevin Spacey). Micky certa noite o convida para participar de um grupo de jovens que ele comanda, especializados em contar cartas no jogo 21, também conhecido como Blackjack. Com intuito de conseguir apenas o dinheiro para seu curso e depois deixar o grupo, Ben acaba entrando no mundo de Las Vegas para faturar alto e viver uma vida que jamais teve.

O filme é baseado em fatos reais de uma história muito interessante que ocorreu entre a década de 80 até o final da década de 90, onde um grupo de jovens ‘super-gênios‘ ganhou milhões nos cassinos contando cartas. Para quem não sabe (eu não sabia), esta prática não é ilegal, mas claro que os cassinos não gostam nem um pouco disso e tem digamos seus próprios métodos para impedir tal prática. Não sei se como mostrado no filme de forma tão violenta, mas os jogadores que utilzam tal prática são expulsos das casas de apostas.

A trama vai se desenrolando e Ben vai caminhando para o lado negro da força, ao faturar cada vez mais. Temos também a bela atriz Kate Bosworth (a “nova” Lois de Superman o Retorno) que interpreta uma das jovens do grupo, que acaba deixando Ben doidinho. No grupo ainda temos um típico “menino invejoso“, um japonês meio doido, uma japa e no comando o professor Micky (Kevin Spacey). Contando ainda com a atuação de Laurence Fishburne (Morpheus da trilogia Matrix) comandando o grupo da turminha que toma conta dos cassinos – em declínio por estar perdendo campo para os computadores – o filme tem um elenco interessante.

Com doses certas de humor e algumas sacadas legais que utiliza algumas referências com outros filmes clássicos (não vou contar pra não perder a graça), o filme começa muito bem. Vida de Nerds, Cassinos, Las Vegas, belas mulheres, muito dinheiro rolando, suites de alto luxo, tudo acaba lhe deixando bastante fascinado. O problema começa quando vamos chegando ao desfecho da história, eu mesmo presumi 95% do final do filme. Faltou pouco para ser um ótimo filme, muito pouco.

Apesar do seu desfecho previsível e até um pouco bobo é um filme que vale a pena ser assistido para quem quer se divertir, curtir uma história sem muitos mistérios mas que não é tão idiota quanto as dezenas de filmes que temos em cartaz atualmente. Ele é engraçado quando deve ser, é sério quando deve ser e acaba cumprindo muito bem o seu papel: entretenimento. Não assista apenas se você for uma pessoa chata que se irrita ao ver algumas cenas clichês ou ainda se você for daqueles que deseja que o final do filme sempre lhe surpreenda. Eu particulamente achei o filme muito legal e divertido e fiquei até um pouco frustado de não poder quebrar um controle no meio e dar uma nota 3,5 de 5 pra ele. 😀

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

7 Comments

  1. Na minha concepção esse filme se perdeu nas subtramas. Elas nunca foram suficientemente importantes que valesse a pena assistir. A trama principal, sim, muito interessante. As vezes você tava empolgado com uma cena, ai corta para outra de um subtrama sem graça e você perde todo o tesão. Fora que o desfecho é pífio e previzível, mas vale a pena ver

    Post a Reply
  2. No jornal falaram que era bem fraco. Agora estou em duvida.Pelo jeito nao e tao ruim assim.

    Abraços.

    Post a Reply
  3. Porra man, continuo não empolgado em ver esse filme.
    Se fosse pelo menos poquer, 21 é sem graça.
    eheheheheh

    Cinema agora só na quarta pra ver “Homem de Ferro”.
    E aí, vai querer ir?
    A gente pode pegar uma sessão depois da aula na pós.

    Post a Reply
  4. O filme é apenas divertido, até valeria a pena se vc tivesse sem opções pra ir.

    Aguarde o Homem de ferro mesmo. Eu vou contigo!

    Post a Reply
  5. valeu pela dica eu estava sem filme pra assistir!

    Post a Reply
  6. muito bom o filme!
    é bem inteligente!
    entrou na minha lista dos melhores que eu já vi!

    Post a Reply
  7. É divertido Thiago, mas não entraria em nenhuma lista minha de melhores filmes

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Siga as celebridades do cinema no Twitter. | Porra, man! - [...] O grande e conceituado ator Kevin Spacey já fez filmes como “Beleza Americana”, “Quebrando a Banca“, “Superman Returns” dentre…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.