Admirável Mundo Novo (Brave New World) – Filme

1: Péssimo

Admirável Mundo Novo (Brave New World)

Direção: Leslie Libman e Larry Williams.
Roteiro: Dan Mazur e David Tausik adpatando livro de Aldous Huxley.
Lançamento: 1998.
Elenco: Peter Gallagher, Leonard Nimoy, Tim Guinee, Rya Kihlstedt, Sally Kirkland, Patrick J. Dancy, Daniel Dae Kim, Miguel Ferrer.
Gênero: Ficção Científica.
Tempo: 87 min.

Sinopse: Numa sociedade futura totalitarista, as pessoas não tem controle sobre suas vidas e seus destinos. Depois de Bernad Marx (Peter Gallagher) conhecer um “selvagem” – uma pessoa que vive fora da civilização e dessa sociedade “perfeita”, ele resolve o levar para a sua cidade a fim de realizar algumas pesquisas sobre condiciomento humano. O conflito entre estes dois “mundos” gera bastante adversidades.

Depois de ter lido e adorado o livro “Admirável Mundo Novo (Brave New World)” de Aldous Huxley fiquei procurando algumas referências e comentários a respeito da história. Incrivelmente, em alguns destes milhares de sites de downloads de filmes, descobri que tinha uma versão feita para televisão de 1998. Um livro tão famoso, com tantas referências ‘pop‘ no mundo (Iron Maiden e Pitty por exemplo), fiquei até surpreso por nunca ter sabido a respeito de tal filme.

Depois que comecei a assistí-lo descobri o porquê dele não ser muito comentado. Claro que um filme de ficção científica “antigo” pode parecer um pouco “feio” para quem assiste os filmes atuais, entretanto isso não é nem de longe o problema. A adaptação é péssima e do livro só se aproveita o contexto da sociedade apresentada na trama de Aldous e também o nome dos personagens, o restante é totalmente diferente. E diferente para muito pior.

Longe de mim exigir que as adaptações sejam fiéis aos livros, mas pelo menos se é pra fazer outra “linha” vamos fazer bem feito. As atuações são medonhas e da excelente idéia de uma sociedade produzida em laboratório, dividida em castas, tudo o mais que citei no meu post sobre o livro, só aproveitaram o tema do “sexo sem compromisso“. Afinal neste mundo o certo é ser promiscuo, usar bastante Soma (uma droga) para controlar as emoções ruins e no mais seguir o que lhe é destinado. As pessoas não tem nenhum controle sobre suas vidas.

Pra quem não leu o livro, em um dado momento existe um “selvagem“, que seria como se fosse um pessoa de nossa sociedade atual, que vive fora da tal “sociedade perfeita” – ele e muitas outras pessoas – que é levado para a “civilização“, por Bernard Marx, a fim de ser pesquisado. É simplesmente ridículo, o cara me põe um chapéu de cowboy com um rabo de cavalo. Tenebroso.

O filme tem um desenvolvimento horrível e um final medonho. Para quem não leu o livro então, fica boiando no sistema da sociedade “perfeita” e produzida em laboratório. Tudo lhe é apresentado sem mais nem menos e se quer é citado que toda essa “sociedade” deste “admirável mundo novo” foi inspirada em Ford, que criou a produção em escala de automóveis.

De curioso temos a participação de Daniel Dae Kim, o Jin do seriado Lost. Temos também uma ou outra carinha conhecida, mas nada que faça o filme valer a pena.

Um filme sofrível e lamentável. Se já leu o livro nem procure saber onde baixei, eu mesmo não lembro e nem vou procurar para lhe indicar. Se não leu o livro corra, é uma ótima leitura principalmente para quem gosta de histórias de ficção e também sobre futuros “alternativos“, sistemas sociais totalitaristas. E é bom lembrar que o livro foi lançado em 1932, por uma mente que mais parece que viveu em nosso tempo.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

40 Comments

  1. Porra man, tenha muito medo desse filme.
    Quanto ao elenco, faltou vc citar Leonard Nimoy, o famoso Dr. Spock de Jornada nas Estrelas. Será que ele está tão irreconhecível assim no filme q vc não conseguiu identificá-lo?
    eheheheheheh

    Post a Reply
  2. Eu não consegui ver o Dr. Spock não man. Acho que ele deve estar altamente irreconhecível ou numa papel insignificante. Se bem que todos os atores fizeram atuações insignificantes hahaha

    Post a Reply
  3. Porra, man,é verdade, só quem leu o livro para entender alguma coisa, a adaptação foi terrível. Mas, Porra, man, existe uma versão, dos anos 1970, com Keir Dullea, o astronauta de “2001” de Kubrick, que é literal em relação à história. Mas, a boa notícia, Porra, man, para os “discípulos”, do “Admirável…”, é que Leo Di Caprio comprou os direitos de filmagem do livro e pretende produzí-lo em breve… Brave, new world.

    Post a Reply
  4. Luís Alberto, ótima notícia essa que de Leonardo di Caprio ter comprado os direitos de filmagem do livro.

    Tomara que resolvam fazer logo um novo filme, que faça jus ao excelente livro.

    Depois vou pesquisar mais sobre isso.

    []´s

    Post a Reply
  5. As avaliações a respeito do livro e do filme estão na linha do que eu penso. Mas, na falta de algo decente como filme eu fico feliz em ver o camarada Nimoy no papel do Controle. Mesmo quem não leu o livro tem muito a refletir sobre o papel da Ideologia, vendo o filme. De qualquer forma, a notícia sobre uma possível nova produção sobre o texto de Huxley é muito animadora, embora eu não acredite que possa vir daí nada que reproduza o livro. Mas, vale a pena torcer.

    Post a Reply
  6. PS- Quem desejar ver uma versão documentário da ficção de Huxley, dê uma olhadinha no Sicko, do Michael Moore. A parte sobre Ideologia é uma verdadeira tese.

    Post a Reply
  7. Valeu pela dica Ramírez, vou colocar o Sicko na minha lista de filmes à assistir

    Post a Reply
  8. Eu assisti na TV quando criança a versão de 1980 do Brave New World (http://www.imdb.com/title/tt0080468/)e lembro te ficado fascinado com a história. Baixei no Ares e só veio essa versão péssima de 1998 que nem consegui ver até a metade.

    Alguém saberia como conseguir a versão de 1980??

    Post a Reply
  9. Bom meu velho, se você conseguir a versão de 80, ou laguém conseguir me passa o link

    []´s MArcelo

    Post a Reply
  10. Olá,

    A versão de 1980 tem disponível no GoogleVideo… video.google.com/videoplay?docid=-3536993421073315692
    Quero esse filme para baixare em avi, rmvb… mas tá difícil de conseguir!

    Abraço,

    Alexandre

    Post a Reply
  11. Alexandre, valeu pela ótima dica, vou conferir depois qdo tiver um tempinho.

    Acho que para achar em rmvb vai ser complicadíssimo mesmo, talvez você dê mais sorte em alguma locadora especializada.

    Post a Reply
  12. Pessoal, há mais ou menos 20 anos, passou na rede globo “O admirável mundo novo” em 5 capítulos,hiper fiel ao livro, uma produção muito boa; pra quem leu o livro e gostou, com certeza iria querer ter uma cópia (assim como eu). Na mesma época passou “Sybil”, com a Sally Field, também em capítulos, história de uma jovem que desenvolve 16 personalidades. Sybil eu encontrei no emule, versão muito boa, mas sem legenda. Contudo essa produção do “Admirável mundo novo” nunca mais vi. Encontrei somente esta versão indecente de 1998. Se alguém souber como conseguir me avise por favor!

    Post a Reply
    • Olá senhoras, senhores,
      “Admirável mundo novo” de 1980, muito melhor que este postado aqui:
      http://www.youtube.com/watch?v=ek5vse2_Aq0&feature=related

      O mais atual eu nem quis ver o resto, uma vista ligeira pelo youtube deu-me até nauseas de tão ruim, “Brave New World” para espectadores de “Brave New World”, quem vê-lo deve nem sequer entender a ideia por detrás. Como quando eu via “Idiocracy” com os amigos de minha irmã, eles acharam as piadas mais estúpidas interessantes, como se fossem mesmo personagens do filme. Dá-me náuseas imaginar de modo tão interessante por meio da leitura, quando um filme mostra-se tão infiel!

      http://www.huxley.net/bnw/bravenewworld.html

      Download da versão cinematográfica de 1980: http://www.torrentalot.com/p2p/50314CFBBFCE6C7BA86F15B17C26177F440B457A/Sci-Fi_Brave_New_World_UK_1980.torrent

      Crianças, a legenda não encontrei, se a encontrar faço-lhes a gentileza de postá-lo bem aqui. Ou, se alguém anteceder-me, sentir-me-ei honrado.
      Ironia postarem algo do gênero em um blog como este.

      Att. ~S. R.

      Post a Reply
  13. Célia você disse tudo, versão indecente. É horripilante mesmo essa versão de 98

    Post a Reply
  14. Olá Célia Leite, tb estou procurando a legenda do filme Brave New World 1980, se encontrar primeiro, me avise… me envie um e-mail, se por ventura eu conseguir antes.
    Grato André

    Post a Reply
  15. Concordo que as obras literárias sempre estão acima das ilustrações cinematográficas mas, o filme de 98 não é de total desclassificação. Para leigos, eu concordo que nunca irá sanar à necessidade mas para um existencialista, ou psicólogos, filósofos é de grande valia afim de exteriorizar o condicionamento no qual vivemo. O behaviorismo é uma abordagem excelente mas não me limito a tal,
    abra a cabeça….rsrs

    Post a Reply
  16. Wellington, nem é questão de “abrir a mente”. Adorei o livro e recomendo a todos (http://www.porraman.com/2008/02/livro-admiravel-mundo-novo/) e até fiz o post quando li.

    Eu fiz apenas a crítica do filme e não da filosofia por trás disso, o lance aqui no blog é algo mais nesse nível mesmo.

    E como filme posso lhe afirmar sem receio que este é um dos piores que já vi. É lamentável e chega até a manchar o livro.

    Post a Reply
  17. Andam publicando por aí que vai sair (não sei quando) uma adaptação pra Admirável Mundo Novo, novamente… Cujo o selvagem seria interpretado pelo Leonardo DiCaprio… acho isso uma utopia, mas creio que Jhonny Depp seria perfeito pro papel…

    Post a Reply
  18. Na verdade Georgie, os direitos do filme foram comprados por Leonardo Di Caprio realmente.

    Vamos aguardar novidades a respeito deste projeto, se realmente vai sair do papel e fazer jus ao excelente livro, pois este filme que foi feito aí, tenebroso!

    Post a Reply
  19. Porra Man, eu acabei de ler o livro e o adorei pela atualidade de uma mente que nasceu no final do século 19 e viveu no início do século passado. Ele conseguiu enxergar o futuro e com isso criou uma grande identificação dos dramas existenciais atuais com uma sociedade cada vez mais escrava das novas tecnologias, pela estupidez cada vez mais presente na mente das pessoas que não querem pensar e acham esquisito quem pensa, pela ironia dos sobrenomes dos personagens, Marx, Engels, Trotski, Lenina, Hoover, e da invocação do Deus Ford. Por isso procurei saber do filme e vc me joga um balde de água fria. Se for essa bosta que vc diz eu não vou nem perder meu tempo. Valeu.

    Sales Neto – Aracaju

    Post a Reply
  20. Sales meu caro, este filme 1998 é horroroso mesmo, jamais assista. Não sei se tem outras versões melhores.

    O que sei é que Leonardo Di Caprio (ou seria Brad Pitt?) comprou os direitos do livro para fazer um novo filme. Mas por enquanto sem previsão sequer para iniciar.

    É uma pena, pois “Admirável Mundo Novo” é um livro fantástico, um dos meus favoritos.

    Abraços

    Post a Reply
  21. OLá Poaha Man, eu assisti a versão da década de 80 e até hoje procuro esta versão para assistir novamente e infelismente sem sucesso, mas posso dizer que foi fiel ao livro, que por sinal é impressionante de fato. Valeu pelo Post, e me sinto feliz em saber que há vida inteligente sim nesta terra..rsrsr..valeu.

    Post a Reply
  22. Grande Luiz, muito obrigado pelos elogios, me deixam bastante contentes em continuar evoluindo sempre.

    Supostamente Leonardo DiCaprio comprou os direitos de filmagem deste sensacional livro. Irei pesquisar um pouco mais, averiguar os fatos e lançar um post a respeito deste assunto em breve.

    Abração

    Post a Reply
  23. Porra, o filme é péssimo! Foram horas tristes assistindo… Fora o happy end ridículo, eu tinha perdido a motivação de ler o livro achando que o filme teria sido fiel… Ainda bem que não…

    Post a Reply
  24. Pode ler o livro Denise, é sensacional. O filme esqueça que um dia ele existiu porque é puro lixo, nada se salva

    Post a Reply
  25. Tem uma outra adaptação do livro, feita pela BBC em 1980 e dirigida por Burt Brinckerhoff – mais no gênero de outras distopias como Soylent Green e Logan’s Run, acredito que é melhor que essa versão de 1998.

    Vale ao menos como curiosidade…

    Uma “palhina’ no Youtube;

    Post a Reply
  26. Parece que o autor viveu no nosso tempo porque a essência das pessoas não muda, seja a sociedade mais ou menos liberal, saibamos ou não das coisas “proibidas” que as pessoas façam… no fundo somos selvagens e de tempos em tempos isso vem à tona, em qualquer sociedade.

    Post a Reply
    • Isso estamos falando do livro e da obra do grande Aldous, e não desse lixo de filme produzido para a tv

      Post a Reply
  27. O livro é muito bom, o Aldous prevê o futuro, só pode! haha’

    Vocês do ‘porraman’ já fizeram uma crítica do filme ‘Os coletores’, com a Alice Braga? Um filme gringo até que interessante.

    Post a Reply
    • Esta obra de Aldous é realmente atemporal.

      Quanto a Coletores com Alice Braga ainda não vi, mas vou colocar na lista de filmes a assistir entao.
      []´s

      Post a Reply
  28. Li o livro (ainda na decada de 80) e o achei fascinante, além de amedrontador em tempos de guerra fria e que tais que assombravam nossa linda juventude. Ainda não tive coragem de assistir a versão cinematográfica, ainda mais depois dos comentários aqui postados. Gostaria de citar uma outra obra igualmente fascinante, que é “1984” de George Orwell, o livro, assim como o filme, são soberbos.

    Post a Reply
    • Lisboa, sua dica realmente procede, eu já estou com 1984 na fila a tempo pra ler, deve ser minha proxima leitura.

      Esse filme que fizeram pra TV não representa nem 1% da maravilha que é o livro “Admirável Mundo Novo”, um dos meus livros favoritos!

      []´s

      Post a Reply
  29. Eu não entendí o final do livro “Passava da meia-noite quando o último helicóptero levantou vôo. Entorpecido pelo
    soma e esgotado por um prolongado frenesi de sensualidade, o Selvagem jazia adormecido sobre as urzes. O sol já ia alto no céu quando ele acordou. Ficou imóvel um momento, os olhos piscando à luz, numa incompreensão de mocho; depois,repentinamente, lembrou-se -— de tudo.
    —Oh! Meu Deus, meu Deus! — cobriu os olhos com as mãos. Naquela tarde, o enxame de helicópteros que vinham zumbindo por sobre a crista de Hog’s Back era uma nuvem escura de dez quilômetros de comprimento. A descrição da orgia de comunhão da noite anterior fora publicada em todos os jornais. — Selvagem! — gritaram os primeiros a chegar, enquanto desciam dos aparelhos. — Sr. Selvagem! Não tiveram resposta.
    A porta do farol estava entreaberta. Empurraram-na e/entraram numa penumbra de janelas fechadas. Por um arco na outra extremidade da peça viam-se os primeiros degraus da escada que levava aos andares superiores. Exatamente sob o fecho do arco pendiam dois pés.
    — Sr. Selvagem! Lentamente, muito lentamente, como duas agulhas de bússola sem pressa, os pés voltaram-se para a direita: norte, nordeste, leste, sudeste, sul, sul-sudoeste; depois detiveram-se e, passados alguns segundos, recomeçaram a girar, com a mesma lentidão,para a esquerda. Sul-sudoeste, sul, sudeste, leste. . .

    O selvagem morreu? E o que aconteceu com o Bernard e Watson? Ficaram pra sempre lá naquela ilha? Ah poxa, não entendi. ):

    Post a Reply
    • Tem muito tempo que li o livro, mas acho que ficar se prendendo a história superficial (se ele morreu, o que aconteceu depois) é perder a mensagem que o livro quis passar.

      Talvez alguém mais entendido no assunto “literatura” possa lhe ajudar, aqui eu falo de cinema, filmes e tal.

      Abração querida

      Post a Reply
  30. Porra man, cadê o link pro torrent, man?!

    Post a Reply
    • Porra man, aqui infelizmente não é um site de downloads e links de torrent, mas pesquisando pelo nome original em inglês e colocando “+ torrent” no google você deve encontrar sem muita dificuldade

      Post a Reply
  31. Vejam também como construir da Utopia de Thomas More com computadores:

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.