Obrigado por fumar (Thank you for smoking)
Direção: Jason Reitman
Roteiro: Jason Reitman, adaptação em livro de Christopher Buckley
Lançamento: 2005 Estados Unidos, 2006 Brasil
Elenco: Aaron Eckhart, Katie Holmes, William H. Macy, Maria Bello, Robert Duvall, Rob Lowe, Adam Brody, Sam Elliott, Cameron Bright, David Koechner.
Gênero: Comédia/Drama
Duração: 92 min.

Sinopse: Adaptação do romance best-seller de Christopher Buckley, Obrigado Por Fumar, conta a história de Nick Taylor um lobista da indústria tabagista. Com um talento incrível de argumentação, além de defender o cigarro, Nick precisa educar bem seu filho, que vive com a mãe.

Uma das melhores coisas que fiz ao começar escrever este blog foi a minha lista de filmes a assistir. Sempre deixava passar vários alguns filmes no cinema sem conferir. É a melhor aliada na hora de ir na casa de alguém pegar um filme emprestado ou numa locadora, você quase nunca fica perdido e correndo o risco de pegar alguma bomba.


Obrigado por Fumar já vinha tendo ótimas críticas na época em que foi lançado e agora finalmente eu posso dizer que o filme é muito bom. Aaron Eckhart interpreta Nick Taylor perfeitamente, um sujeito com uma argumentação fantástica. O filme tem um tom bastante sarcástico e que deixa você às vezes sem saber se ele está realmente ao lado da industria tabagista ou se apenas tirando sarro da situação que envolve o cigarro.


Nick Taylor é um lobista da Academia de Estudos do Tabaco. Seu talento falando e discursando a favor do cigarro, quer dizer, do poder de escolha ‘imparcial‘ é invejável. Mesmo nas situações mais difíceis (uma inclusive ao lado de um menino com câncer) ele consegue se sair muito bem. Ele tem como grandes amigos a representante do conselho dos negócios de bebidas alcóolicas e o representante da indústria das armas. Eles se denominam os mercadores da morte. Ficam disputando nestes encontros alegremente quem consegue matar mais pessoas, é incrível, pois parece muito divertido esse absurdo.

Aliado a seu difícil emprego Nick tem outra missão bastante complicada, educar bem seu filho. Separado de sua mulher ele tem apenas os finais de semana para se encontrar com ele. São nesses momentos que ele tenta passar alguns valores que acham importante para o filho, inclusive ele tenta mostrar a ele que o importante não é estar certo, é ter argumento suficiente para mostrar que o outro está errado.


O filme todo é muito bom, as atuações são boas também, contamos ainda com Katie Holmes como uma repórter que tenta conseguir uma boa matéria se envolvendo com Nick Taylor. Se você ainda não o viu recomendo bastante. Menos um filme na minha interminável lista!

Related Posts with Thumbnails